Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316969
Type: TESE
Title: Analise de cromossomos de especies da radiação tripunctata de Drosophila
Title Alternative: Chromosome analysis of species of the tripunctata radiation of Drosophila
Author: Brianti, Mitsue Taukeuti
Advisor: Klaczko, Louis Bernard, 1953-
Abstract: Resumo: Acredita-se que no gênero Drosophila, o subgênero Drosophila é procedente do subgênero Sophophora e deu origem a outros gêneros e subgêneros e, particularmente, a duas radiações: virilis-repleta e immigrans-Hirtodrosophila. Esta última teve uma origem paleotropical, onde inicialmente se diversificou e se expandiu, enviando a radiação tripunctata aos Neotrópicos. A radiação tripunctata sofreu uma diversificação neotropical importante e atualmente é composta por 9 grupos de espécies adaptadas a áreas florestais. Este projeto se insere num amplo contexto de compreender a evolução da radiação tripunctata de Drosophila. Para isso foram usadas duas abordagens: a) analisamos a posição do rDNA nos cromossomos mitóticos de 16 espécies da radiação tripunctata; b) e, com cromossomos politênicos, focalizamos nossa atenção no estudo detalhado de um agrupamento monofilético dentro do grupo tripuntata - o agrupamento de espécies relacionadas com D. mediopunctata (D. mediopunctata, D. unipunctata e D. roehrae) - usando métodos de citogenética clássica e molecular. Deste modo os objetivos deste trabalho foram: - Examinar a variação da posição dos genes codificantes do RNA ribossomal (rDNA) em espécies da radiação tripunctata. - Produzir fotomapas de cromossomos politênicos de D. roehrae e D. unipunctata. - Caracterizar as inversões cromossômicas (pontos de quebra) que ocorrem em populações de D. roehrae e D. unipunctata - Identificar os elementos cromossômicos de Muller pela localização, através de hibridação in situ, de genes de cópia única de D. melanogaster em cromossomos politênicos das espécies D. mediopunctata, D. roehrae e D. unipunctata. As conclusões gerais foram: - A presença de uma NOR em cada cromossomo sexual é uma condição ancestral no gênero Drosophila e este caráter é bem conservado neste gênero. - Os cromossomos politênicos das três espécies são bem similares, sendo possível determinar com relativa facilidade a homologia dos cromossomos menos polimórficos. - Existe um padrão de polimorfismo de inversões entres os elementos de Muller nestas espécies: o elemento E é o mais polimórfico, com muitas inversões em cada espécie; o elemento C é o segundo mais polimórfico, enquanto B e D são os menos polimórficos. - Drosophila unipunctata apresenta uma conformação cariotípica singular, a despeito das espécies D. mediopunctata e D. unipunctata serem consideradas filogeneticamente mais próximas que D. roehrae, o que sugere uma rápida evolução cromossômica

Abstract: In the genus Drosophila, the subgenus Drosophila arose from the subgenus Sophophora and subsequently gave rise to various subgenera and genera, and to two particularly important radiations: virilis-repleta and immigrans-Hirtodrosophila. The latter originated in the Paleotropics, where it initially diversified and expanded, taking the tripunctata radiation to the Neotropics. The tripunctata radiation suffered significant Neotropical diversification and, at present, is composed of nine species groups adapted to forest habitats. The ultimate aim underlying this project is to understand the evolution of the tripunctata radiation of Drosophila. To address this matter, two approaches were used: a) we investigated the rDNA position, on mitotic chromosomes, in 16 species of the tripunctata radiation; b) and, with polytene chromosomes, we focused our attention in the detailed study of three closely related species of the tripunctata group. (d. mediopunctata, D. unipunctata and D. roehrae) - using classical and molecular cytogenetic analysis. More specifically, we aimed to: - investigate the rDNA position in species of tripunctata radiation through in situ hybridization on mitotic chromosomes. - prepare photomaps of the polytene chromosome of D. roehrae and D. unipunctata, locating the breaking points of the inversions. - identify Muller's elements, in polytene chromosomes of D. mediopunctata, D. roehrae and D. unipunctata through in situ hybridization using genes of D. melanogaster as probes. Our conclusions were: - The presence of a single nucleolus organizer region (NOR) on each sex chromosome is an ancestral and conserved state in the genus Drosophila. - Drosophila mediopunctata, D. roehrae and D. unipunctata have similar polytene chromosomes, which allowed us to establish the homology of chromosomal elements through the comparison of banding patterns. - In these species, the distribution of breaking points through the Muller's elements is non-random: element E is the most polymorphic, with many inversions in each species; and element C is the second most polymorphic; while B and D are the least polymorphic. - With the help of molecular genetic markers it has been previously established that D. mediopunctata is more closely related to D. unipunctata than to D. roehrae. However, D. unipunctata shows a notably different karyotype configuration, which suggests rapid chromosomal evolution
Subject: Hibridação in situ por fluorescência
Região organizadora do nucleolo
Cromossomos gigantes
Muller, Elementos de
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Brianti_MitsueTaukeuti_D.pdf10.11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.