Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316815
Type: TESE
Degree Level: Mestrado
Title: Analise genetica de mutantes morfologicos obtidos com raios ultra-violeta sobre ovos de ceratitis capitata Wied (diptera tephritidae)
Author: Cardoso, Ana Maria Pereira, 1957-
Advisor: Souza, Hebe Myrina Laghi de, 1932-
Abstract: Resumo: Ovos de Ceratitis capitata com várias idades fora irradiados com diferentes dosagens de luz ultra-violeta. O experimento foi composto de dois grupos de ovos, sendo que um grupo permaneceu na presença de luz e o outro permaneceu na ausência de luz. O efeito dos Raios Ultra-violeta sobre a viabilidade de cada estágio de desenvolvimento foi dependente do tempo de exposição e da idade dos ovos. Ovos com 24 horas de desenvolvimento apresentaram maior sensibilidade, com uma taxa de eclosão dos ovos muito mais baixa. As alterações morfológicas mais freqüentes observadas nos adultos originários destes ovos, foram alterações na segmentação do abdômen. Dos cruzamentos feitos entre estes indivíduos foram obtidos cinco mutação que afetaram a forma do olho, cerdas toráxicas, cerda orbital proclinada, cor do olho e forma da pupa, sendo que estas três últimas mutações foram estudadas com maior detalhes. A mutação para cor de olho (OR) é monogênica recessiva, cujos machos apresentam uma capacidade de inseminação baixa. A mutação que afeta a forma da cerda orbital proclinada (CO) é também monogênica recessiva, e a mutação para a forma da pupa (P) é monogênica dominante. Um estudo da musculatura deste mutante, mostrou que os feixes de músculos dos indivíduos mutantes são menores que aqueles dos indivíduos selvagens. No estudo feito da biologia destes mutantes, as linhagens OR e P apresentaram uma baixa eclosão de ovos em relação ao selvagem, sendo que a linhagem P apresentou a menor Taxa Liquida de Reprodução (Ro) e as fêmeas desta linhagem colocou o menor número de ovos. A linhagem OR apresentou Ro próximo à do selvagem e as fêmeas colocaram o maior número de ovos

Abstract: Ceratitis capitata's eggs of different ages were irradiated with Ultra-violet light in different dosages. The experiment was carried out using two groups of eggs. The first was placed in presence of light and the second in absence of it. The effect of Ultra-violet radiation over the viability of each development stage egg was dependant on time of exposure and age of the eggs. Eggs of 24 hours of development showed greater sensibility having a very low eclosion rate. The most frequent morphological alteration found in adults originated from these eggs was on abdomen segmentation. By crossing some of these individuals, five mutations affecting toraxic bristles, eye shape, eye color, the shape of the pupae, and proclinated orbital bristle were obtained and the last three were studied in detail. The mutation affecting the eye color (OR) is monogenic recessive and the males carrying this mutation show a low inseminative ability. The mutation affecting the shape of the orbital bristle (CO) is also monogenic recessive, and the mutation affecting the pupae shape (P) is monogenic dominant. A study of this mutant's muscle showed that the bundle muscles of the mutant are smaller than those of the wild type. Studying these mutants biology we found that: 1) The OR and P showed a low eclosion rate of eggs when compared and wild type. 2) Strains P showed the smallest Ro (Nat Reprodutive Rate) and females laied the smallest number of eggs. 3) Strains OR showed Ro next to that one of the wi1d type and its females laied the number of eggs
Subject: Mosca-das-frutas - Ovos
Genética
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1987
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cardoso_AnaMariaPereira_M.pdf3.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.