Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316601
Type: TESE
Title: Composição e morfologia de Feijão Gandu, Lab lab e mucuna
Author: Seno, Maria Silvia
Advisor: Cortelazzo, Angelo Luiz, 1954-
Abstract: Resumo: No presente trabalho, foram estudadas três espécies leguminosas: Cajanus cajan, Lab lab purpureum e Mucuna aterrima que pertencem a sub-família Papilionoidae onde se concentram a maioria dos legumes utilizados na alimentação humana. Guandu, Lab lab e Mucuna também são utilizados em forragem e como adubo verde. Pelas análises citoquímicas e bioquímicas foi constatada a presença de duas principais reservas nos cotilédones dessas espécies: amido e proteína. O conteúdo de amido é maior em Guandu com 55,5%, seguido de Lab lab com 53% e Mucuna com 40%, sempre em relaçao a matéria seca (MS). Os métodos citoquímicos e a microscopia de polarização mostraram que os grãos de amido em Lab lab são mais numerosos e apresentam menor tamanho. O material protéico está homogeneamente distribuído ao redor dos grãos de amido, por todo o citoplasma das células. Lab lab foi a espécie com maior conteúdo protéico, com cerca de 25,6% da MS. A análise dos extratos protéicos em SDS-PAGE, revelou inúmeras e muitas diferenças entre as espécies. Guandu apresentou uma proteína característica de 100 KDa e Mucuna pode ser caracterizada pelas proteínas com massa molecular aparente de 36,5, 27,5 e 18,5 KDa. A proteína de 45 KDa foi mais proeminente em Lab lab. Os lipídios eaçúcares livres estão presentes em pequenas quantidades nestas sementes. Através dos cortes citoquímicos e microscopia eletrônica de varredura foi constatado uma estrutura tegumentar lípica, com uma camada paliçadica espessa e com células bastante alongadas. A paliçada apresentou-se metacromática quando corada com AT pH 4,0. devido a presença de substâncias pécticas. Também houve forte coloração com PAS devido à presença de celulose. Nenhuma das espécies apresentou a "Linea Lucida" nas células da testa, caracteristica de sementes impermeáveis à água. A análise cromatográfica revelou um grande conteúdo de glicose, xilose e arabinose nos tegumentos da três espécies. No tegumento de Mucuna, foi detectada a presença de corpos marrons que se tratam possivelmente de taninos. Os dados obtidos na curva de embebição mostraram que Guandu e Lab lab embebem mais rapidamente. Mucuna embebeu mais lentamente e, embora também seja uma espécie com tegumento permeável pode-se aferir que se trata da testa que apresenta maior resistência à entrada de água. Desse modo pode ser sugerido que essa maior resistência seja devida à presença de taninos, que apareceram apenas nessa espécie. Os resultados obtidos foram ainda confrontados com aqueles encontrados em espécies totalmente impermeáveis, cuja anatomia dos tegumentos apresenta inúmeras diferenças com relação as três espécies estudadas

Abstract: In the present work, three leguminous speeies have been sudied: Cajanus eajan, Lab lab purpureum and Mueuna aterrima whieh belong to the sUb-family Papilionoideae where are eoneentrated the most of the legumes used in the human nutrieion. Guanu, Lab lab eMueuna are also used in foragement and as green fertilizer. cioehemieal and bioehemieal analysis have been made and it was find out the presenee of two prineipal reserves in the eotyledons of these speeies: stareh and protein. The eontent of followed by Lab lab with the dry material(DM). The eitoehemieal methods and the polarization mieroseopy indieate that the stareh grains in Lab lab are more numerous and presentes asmaller size. The proteie material presented homogeneously distributed around the stareh grains, in alI the eytoplasm of the eells. Lab lab was the speeie with the major proteie eontent, with about 25,6% of the DM. The proteie extraets analysis in SDS-PAGE revealed inumerable proteins and too mueh diferenees between the speeies. The Guandu presented a earaeteristie protin of 100 KDa and Mueuna may be eharaeterized by the proteins of smaller moleeular weight, like 36,5, 27,5 and 18,5 KDa. The 45 KDa protein was exelusive for Lab lab. The lipidis and free simpler earbohydrates are in low amout in this seeds. Though the eitoehemieal euts and eletronie mieroseopy of sweeping, it was verified one tipieal tegumentar strueture, with a dense layer of palisade and with eells quite elongated. The paliçade beeame metaehromatie when eolored with AT pH 4, O, due to the presenee of peetie substanees. AIso there were a strong eoloration of the PAS due to the presence of celulosys. None of the species showed the "Linea Lucida" in the cells of the testa, caracteristic of water impermeable seeds. The cromografic analisys revealed a great glucose, xylose and arabinose content in the teguments of these three species. In the Mucuna tegument, the presence of brown corps, posibly taninns, was detected. The data obtained in the embibement curve show that Guandu and Lab lab embibes faster. Mucuna embibed more slowly, and although it is also a permeable tegument specie, one can verify that it the testa that presents the major resistence to water entrance. So, it may be sugested that this major resitence is due to the presence of tannins, wich were present in great quantity only in this specie. The obtained results were still confronted with those finded in totaly impermeable species, whose tegument anatomy presents inumerable diferences in relation with the three studied species
Subject: Feijão - Morfologia
Morfologia vegetal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1993
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Seno_MariaSilvia_M.pdf3.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.