Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316564
Type: TESE
Title: Alterações fenotipicas induzidas por matriz ossea desmineralizada (MOD), em cultura de celulas de uma linhagem celular estabelecida
Author: Wada, Maria Lucia Furlan, 1953-
Advisor: Vidal, Benedicto de Campos, 1930-
Abstract: Resumo: É amplamente aceito que as características morfológicas e fisiológicas da célula são resultantes da interação genoma + meio ambiente e, portanto, as diferenças observadas entre tipos celulares seriam o resultado da ação diferencial de genes. Nos últimos anos tem-se estudado o quanto da informação contida na célula é codificada pela seqüência primária dos genes e quanto do ambiente influencia esta expressão gênica. O papel da matriz extracelular íntegra, ou de seus componentes isolados, na regulação da expressão final de uma informação genética tem sido constatada por vários autores tanto ¿in vivo" quanto ¿in vitro". Estes trabalhos evidenciam que a matriz extracelular está envolvida nos processo de diferenciação. No nosso trabalho utilizamos uma matriz óssea desmineralizada (MOD) como substrato para a adesão e crescimento de células Vero, uma linhagem celular estabelecida a partir de células renais de macaco. Com os resultados obtidos através de análises citoquímicas, do índice mitótico, de eletroforese e de microscopia de polarização pudemos concluir que a MOD induz um processo de diferenciação que se caracteriza por alterações na forma e no tamanho das células, por alterações no complexo DNP, por aumento de grânulos de secreção contendo substâncias com radicais livres de D. manopiranose e D. glicopiranose, por alterações de constituição do nucléolo e da membrana plasmática. Desta forma, a utilização de MOD, em cultura de células Vero, as quais normalmente apresentam características epitelióides, induz alteração a nível da expressão gênica das mesmas, que se manifestam através de características morfológicas e fisiológicas, fazendo com que estas se assemelhem à condrócitos. Este processo de diferenciação induzido pela MOD ocorre formando um gradiente, sendo o sinal informacional contido na MOD, transmitido de célula a célula, e, provavelmente, o fato indutor de diferenciação presente na MOD não deve ser solúvel no meio de cultivo

Abstract: We studied the demineralized bane matrix, in vitro, used as a substrate for cell adesion and cell growth. The cells used were Vero cells, which are a call line developed from monkey kidney tissue. From the results obtained through cytochemical analysis, mitotic index, eletroforesis, and polarization microscopy we concluded that demineralized bone matrix induces a differentiation process, which modifies the size and shape of the cells. Modifications may be encontered of the DNP complex, the nucleolus, the plasma membrane, as well as an increase in the number of the secretion granules containing substances with free radicals of a-D, mannopyranosyl and a-D. glucopyranosyl In Vero cells cultures, which normally are epithelial, the use of demineralized bone matrix after their level of gene expression, change their morphological and physiological characteristics to the point that the cells appear to be chondrocytes. This differentiation process induced by the demineralized bone matrix is gradually intensified since the informational signal is contained in this matrix and is transmitted from cell to cell. The diferenciation inducing factor of demineralized bone matrix is probably not soluble in the culture medium
Subject: Células - Cultura e meios de cultura
Diferenciação celular
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1985
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Wada_MariaLuciaFurlan_D.pdf5.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.