Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316467
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Caracterização de populações naturais de Rhizophora spp. (Rhizophoraceae) de manguezais do litoral brasileiro e análise de zona de hibridação utilizando marcadores microssatélites = Characterization of natural populations of Rhizophora spp. (Rhizophoraceae) from mangroves forests along the Brazilian coast and analysis of a hybridization zone using microsatellite markers
Title Alternative: Characterization of natural populations of Rhizophora spp. (Rhizophoraceae) from mangroves forests along the Brazilian coast and analysis of a hybridization zone using microsatellite markers
Author: Francisco, Patrícia Mara, 1984-
Advisor: Souza, Anete Pereira de, 1962-
Abstract: Resumo: Manguezais são ecossistemas com uma variedade incomum de animais e plantas adaptados às condições de alta salinidade, inundações frequentes e solo lodoso e anaeróbico. Ocorrem em locais onde há o encontro de águas de rios com a do mar. Diversos fatores bióticos e abióticos influenciam os padrões de diversidade de espécies de manguezais, como oceanografia, clima, topografia e condições do solo. A diversidade de plantas de mangue é muito reduzida, quando comparada com outros ecossistemas tropicais. O Brasil possui uma das maiores areas de manguezal do mundo e apresenta três gêneros de angiospermas de mangue. Um deles é Rhizophora, composto pelas espécies Rhizophora mangle, Rhizophora racemosa e, um possível híbrido, Rhizophora harrisonii. O objetivo da presente tese foi isolar e caracterizar locos microssatélites para essas espécies e estimar parâmetros populacionais como fluxo gênico, estruturação populacional, diversidade gênica e tamanho efetivo de população, além de estudar outros aspectos da biologia de Rhizophora, como uma possível zona de hibridação na região norte do país, taxa de cruzamento e o sistema reprodutivo. Com este propósito, foram coletados 318 indivíduos de R. mangle de 11 localidades ao longo da costa brasileira, e 33 indivíduos de R. racemosa e 37 indivíduos de R. harrisonii ambas coletadas de duas localidades no litoral brasileiro. Para identificar e caracterizar locos de microssatélites foram desenvolvidas bibliotecas enriquecidas em microssatélites para as três espécies. Utilizando os marcadores desenvolvidos na presente tese, bem como outros que já publicados, observou-se uma diferença significativa entre as populações no padrão de variação genética. A riqueza de alelos, heterozigosidades esperada e observada foram maiores na região norte. Os resultados sugerem que as espécies de Rhizophora não compõe apenas uma população panmítica ao longo do litoral brasileiro, devido à diferenciação existente entre as regiões norte e sul da costa. A análise do sistema reprodutivo de R. mangle de uma população do estado do Pará, encontramos valores que indicariam um sistema de reprodução misto. Em relação à hibridação contínua, não foram encontradas evidências de hibridação introgressiva entre as espécies de Rhizophora. Concluímos que com os resultados obtidos na presente tese foi possível contribuir para o maior conhecimento genético das espécies de Rhizophora spp. do litoral brasileiro

Abstract: Mangrove are ecosystems with an unusual variety of animals and plants adapted to conditions of high salinity and frequent floods and muddy anaerobic soil. Several abiotic factors influence the patterns of mangrove species diversity, such as oceanography, climate, topographic and soil conditions. The number of mangrove plant species is much reduced compared with other tropical ecosystems. Brazil has the second largest mangrove area in the world and has three genera of mangrove angiosperms. One genera is Rhizophora, composed of Rhizophora mangle, Rhizophora racemosa and a possible hybrid, Rhizophora harrisonii. The aim of this thesis was to isolate and characterize microsatellite loci for these species and estimate population parameters such as gene flow, population structure, genetic diversity and effective population size, and study other aspects of Rhizophora biology, as a possible hybrid zone in the north region of the Brazilian coast, crossing rate and the reproductive system. For this purpose, 318 individuals of R. mangle of 11 locations along the Brazilian coast, 33 individuals of R. racemosa and 37 individuals of R. harrisonii from two locations were collected. To identify and characterize the microsatellite loci, enriched microsatellite libraries for the three species were developed. Using the developed markers, and some others already published, we observed a significant difference between the populations in the pattern of genetic variation. Alleles richness, expected and observed heterozygosity were higher in the north. The results suggest that the species of R. mangle is not only composed of a single panmitic population due to differentiation found among the population from locales north and south of the Brazilian Coast. The reproductive system was evaluated studing a population of R. mangle from the state of Pará and we find values that would indicate a mixed mating system. Regarding the ongoing hybridization, we found no evidence of introgressive hybridization among the species leading to a hybrid species. We concluded that with this results it was possible to contribute to further genetic knowledge of Rhizophora spp. from the Brazilian coast
Subject: Genética de populações
Manguezais
Hibridação
Rhizophora
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Francisco_PatriciaMara_D.pdf7.73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.