Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316373
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Situação atual da ocorrencia do bivalve invasor Isognomon bicolor no litoral norte paulista e variabilidade genetica da especie no sudeste brasileiro
Title Alternative: Current distribution of the invasive mussel isognomon bicolor on the northem coast of São Paulo State and genetic variability of the species
Author: Aranha, Tiago Porto
Advisor: Duarte, Luiz Francisco Lembo, 1951-
Abstract: Resumo: A quantidade de espécies envolvidas, a amplitude geográfica e a freqüência de ocorrência das invasões biológicas não conhecem precedentes. Atualmente as invasões são consideradas um processo composto de múltiplos estágios, dinâmico no espaço e no tempo. As populações invasoras podem estacionar em determinados estágios e até regredir a estágios anteriores antes de atingir a fase de clímax. As invasões são consideradas uma das grandes causas da extinção de espécies no planeta, desta forma, a compreensão dos mecanismos e fatores que influenciam o sucesso das invasões e o entendimento de seus efeitos em comunidades nativas é fundamental. O objeto de estudo do presente trabalho é o bivalve invasor Isognomon bicolor em costões rochosos do sudeste do Brasil. No capítulo I, padrões de distribuição e dominância de populações localizadas no litoral norte de São Paulo foram documentados. A situação atual da invasão de I. bicolor foi avaliada frente às populações de organismos nativos da área. No capítulo II, padrões de variabilidade e estruturação genética de populações de I. bicolor no litoral sudeste foram descritos e comparados com aqueles para populações do bivalve nativo Brachidontes solisianus. A combinação dessas duas abordagens permitiu uma maior compreensão do processo de invasão de I. bicolor e das conseqüências dessa invasão sobre as espécies nativas. Atualmente I. bicolor apresenta-se amplamente distribuído no litoral norte de São Paulo, entretanto, ao contrário de estudos anteriores, suas populações apresentam baixas porcentagens de cobertura nos costões onde ocorre. Tal fato deve-se a um evento de mortaliade em massa pelo qual a espécie passou recentemente. A alta variabilidade e baixa estruturação genética observada, semelhante à encontrada para o bivalve nativo B. solisianus, são indícios de um processo de invasão costituido por múltiplos episódios de introdução e da grande capacidade de dispersão do invasor. Esses resultados são preocupantes pois sugerem que as populações de I. bicolor estão relativamente estáveis e conectadas entre si, tornando sua exitinção na costa sudeste do Brasil improvável, mesmo após a ocorrência do evento de mortalidade em massa

Abstract: The species number, geographic scale and frequency of biological invasions are unparalleled. Currently, invasions are considered as a several stages process, dynamic in space and time. The invasive populations can remain at some stage or return to earlier stages before reaching the invasion climax. Invasions are considered one of the major causes of species extinction on the planet and thus. Understanding mechanisms and factors that influence invasion success and its effects on native communities is of primary imporatance. The present work studied the invasive Isognomon bicolor populations along the southeastern coast of Brazil. In Chapter I, the distribution and the dominance patterns of I. bicolor were documented along the northern coast of São Paulo. The population attributes of the invasive species I. bicolor were evaluated and compared to the population attributes of native organisms in the sampled area. In Chapter II, the genetic variability and the structure patterns of four I. bicolor populations on southeastern Brazilian Coast were analyzed and compared with those of the native Brachidontes solisianus populations. The combination of these two approaches has enabled a better understanding of I. bicolor invasion process and its consequences for native species. Currently, I. bicolor has become widely distributed in the northern coast of São Paulo, however, unlike previous studies, I.bicolor is not dominant in the rocky shores. This fact may be caused by a recent mass mortality event. The high variability and low genetic structure observed, similar to the genetic attibutes of the native bivalve B. solisianus populations, are evidences of an invasion process with multiple introduction events and of the large invader dispersal ability. These results are concerning as they suggest that I.bicolor populations are relatively stable and connected to each other, making its extinction in the southeastern coast of Brazil unlikely, even after the occurrence of a mass mortality event
Subject: Invasões biológicas
Variação genética
Brachidontes solisianus
Bivalve
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Aranha_TiagoPorto_M.pdf831.45 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.