Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316364
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Biologia reprodutiva do opilião Acutisoma proximum (Arachnida: Opiliones) : estrategias alternativas de acasalamento em machos e cuidado parental em femeas
Title Alternative: Reproductive biology of the harvestman Acutisoma proximum (Arachnida: Opiliones) : alternatives mating strategies among males and maternal care
Author: Buzatto, Bruno Alves
Advisor: Machado, Glauco
Abstract: Resumo: A presente dissertação investigou a biologia reprodutiva do opilião Acutisoma proximum no Parque Estadual Intervales, sul do estado de São Paulo. No Capítulo 1, o sistema de acasalamento da espécie é descrito em detalhes. Fêmeas depositam seus ovos sob folhas na vegetação que margeia riachos de interior de mata e utilizam preferencialmente determinadas espécies de plantas como sítio de oviposição. No começo da estação reprodutiva, machos lutam entre si pela posse de territórios na vegetação onde fêmeas se reproduzirão. Alguns meses mais tarde, na mesma estação reprodutiva, essa poliginia por defesa qe recursos muda para uma poliginia por defesa de fêmeas, e machos passam a guardar cada fêmea individualmente em seqüência. O opilião A. proximum é o primeiro aracnídeo não-acarino que apresenta uma mudança em seu sistema de acasalamento ao longo da estação reprodutiva. No Capítulo 2, são descritas duas estratégias alternativas de acasalamento entre os machos de A. proximum, e a morfologia.e o comportamento dos machos que adotam cada estratégia é investigado. Os machos de A. proximum se dividem em dois morfos distintos, de acordo com a relação alométrica do comprimento da perna lI, que é também mais longa nos machos do que nas fêmeas. A diferença na morfologia dos dois morfos só é detectável quando muitos machos são medidos e a relação entre o comprimento do segundo par de pernas e o tamanho do corpo são analisados, o que se encaixa na definição de dimorfismo intra-sexual críptico. Machos com pernas II longas defendem territórios na vegetação, brigando e repelindo outros machos que se aproximam das fêmeas dentro desses territórios. Machos com pernas II curtas nunca defendem territórios ou brigam. Eles se deslocam entre os territórios dos machos grandes, invadindo-os e copulando com as fêmeas que estão dentro deles. Este trabalho é o primeiro a descrever, com dados comportamentais e morfológicos, a existência de estratégias alternativas de acasalamento na ordem Opiliones. No Capítulo 3, o enfoque passa a ser as fêmeas e os custos e benefícios do cuidado maternal em A. proximum. Em um experimento de remoção de fêmeas guardiãs, os ovos desprotegidos sobreviveram 75,6% menos que os ovos protegidos pelas fêmeas, revelando a importância da proteção materna. Em outro experimento, as desovas de metade das fêmeas foram removidas e o sucesso reprodutivo delas foi monitorado por dois anos. Fêmeas impedidas de cuidar da prole produziram novas desovas mais frequentemente e tiveram um sucesso reprodutivo 18 % maior que o das fêmeas que cuidaram da prole. Adicionalmente, o estudo de captura-marcação-recaptura não demonstrou nenhuma diferença entre a sobrevivência de fêmeas que foram impedidas de cuidar da prole e fêmeas que cuidaram da prole. Pesando os custos e benefícios do comportamento de guarda de ovos, uma estratégia de abandono da prole implicaria em uma redução média de 73,3% no sucesso reprodutivo total das fêmeas. Apesar dos custos da guarda de ovos para a fecundidade das fêmeas, o cuidado maternal aumenta o seu sucesso reprodutivo devido à crucial proteção aos ovos fornecida pelas fêmeas

Abstract: Not informed.
Subject: Acasalamento de animais
Comportament parental em animais
Poliginia
Competição (Biologia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BUZATTO, Bruno Alves. Biologia reprodutiva do opilião Acutisoma proximum (Arachnida: Opiliones): estrategias alternativas de acasalamento em machos e cuidado parental em femeas. 2008. 115p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/316364>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Buzatto_BrunoAlves_M.pdf2.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.