Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316330
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Ecologia da interação entre formigas invasoras e moscas parasitoides
Author: Seike, Sergio Hayato
Advisor: Benson, Woodruff Whitman, 1942-
Abstract: Resumo: O estabelecimento de espécies exóticas é um importante fator de distúrbio da comunidade nativa. O conhecimento da ecologia dessas espécies invasoras nas regiões de origem é primordial para atenuar esse quadro. A formiga lava-pé, Solenopsis invicta Buren e a formiga argentina, Linepithema humile (Mayr) são espécies que trazem prejuízos ecológicos e econômicos nas regiões em que foram introduzidas. Nativos do Brasil, possuem aqui moscas parasitóides (Diptera: Phoridae) ausentes nas áreas em que são exóticas que, como descobrimos, são capazes de diminuir a superioridade competitiva dessas formigas. Pesquisando em diversas localidades de 4 estados, encontramos moscas forídeas atacando formigas lava-pés em diferentes situações, como ninhos perturbados, revoadas e trilhas de recrutamento. Encontramos um total de 11 espécies de Pseudacteon, 6 delas associadas exclusivamente a S. invicta, 4 a S. saevissima F. Smith e uma a ambas formigas. Nas 9 localidades estudadas, encontramos uma co-ocorrência máxima de 5 espécies. As espécies simpátricas quase sempre diferiram em pelo menos uma característica ecológica: situação de encontro de formigas hospedeiras (trilhas de recrutamento ou ninhos perturbados) ou tamanho da formiga parasitada. Linepithema spp., que apresenta operárias monomórficas em trilhas de recrutamento como única oportunidade de parasitismo, possui apenas uma espécie de Pseudacteon associada em cada localidade. Somando a esses dados fortes indícios de que esses parasitóides competem, concluímos que a partilha de recursos é importante na estruturação de suas comunidades. Assim, a introdução de múltiplas espécies deve trazer os melhores resultados em um programa de controle biológico de S. invicta. Contudo, ao descobrirmos que o sucesso dessa espécie também depende da existência de hábitats abertos, constatamos que é preciso trabalhar em diversas frentes para reverter esse processo

Abstract: The establishment of exotic species is an important disturbing factor of native community. The knowledge of the ecology of these invading species in their native range is fundamental to handle effectively the problem. The red fire ant, Solenopsis invicta Buren, and the Argentine ant, Linepithema humile (Mayr), are invading species in many places, bringing ecological and economicalloss. In Brazil, their native place, they have parasitoids (Diptera: Phoridae) which are absent in places where these ants were introduced. These natural enemies are able to diminish the competitive ability of their host ants. Investigating nine locations in four states of Brazil, we found parasitoid flies attacking fire ants mainly in disturbed mounds and recruitment trails. We found a total of 11 Pseudacteon parasitoid species, six of them exclusively associated to S. invicta, four to S. saevissima F. Smith and one to both ofthem. None ofthe studied places had more than five species of Pseudacteon. The simpatric parasitoid species almost always had different ecological characteristics: strategy to search host ant (in recruitment trai I or disturbed mound) or attacking host ants with different sizes. On the other hand, Linepithema spp., which have monomorfic workers in foraging trails as the only attack opportunity to parasitic flies, had just one Pseudacteon species at each place associated to. Adding strong evidences of competition among parasitoids, we concluded that resource partitioning is important to structure Pseudacteon communities. Therefore, multiple species introduction may be the best biological control strategy. Furthermore, since the deforested areas are S. invicta success requirement, we need to adopt a wider management strategy, including forests protection
Subject: Ecologia
Formigas
Mosca
Partilha de recursos (Ecologia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SEIKE, Sergio Hayato. Ecologia da interação entre formigas invasoras e moscas parasitoides. 2002. 139p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/316330>. Acesso em: 2 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Seike_SergioHayato_D.pdf7.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.