Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316187
Type: TESE
Title: Ecologia da interação entre formigas e guayaquila xiphias (homoptera: membracidae) em didymopanax vinosum (araliaceae)
Author: Claro, Kleber del
Advisor: Oliveira, Paulo Sergio Moreira Carvalho de, 1957-
Oliveira, Paulo Sergio
Abstract: Resumo: Durante dois anos estudou-se na vegetação de cerrado da reserva da Estação Ecológico Experimental de Mogi Guaçú, Fazenda Campininha, Estado de São Paulo, Brasil, a associação entre o inseto Guayaquila xiphiaB (Homoptera: Membracidae) e formigas em arbustos de Didymopanax vinoBum (Araliaceae). Foram identificadas 21 espécies de formigas associadas a G. xiphiaB, sendo que foi observada variação na fauna de formigas associadas ao homóptero tanto ao longo do dia quanto durante o ano. As quatro espécies de formigas que mais comumente atendiam a G. xiphiaB foram respectivamente CamponotuB l'ufipeB, C. craBBUB, C. l'enggel'i e Ectatomma edeJ1tatum. Enquanto algumas espécies como C. rufipeB e E. edentatum, permaneciam nas plantas durante as 24hs do dia atendendo aos membracideos, outras espécies como C. craBBuB (diurna) e C. l'engger i (noturna) se alternavam no cuidado a agrupamentos em uma mesma planta. Estas associações foram observadas durante todos os meses do ano, sendo mais abundantes no verão.Um estudo com manipulação experimental no campo, excluindo se formigas de um lote de plantas com G. xiphiaB e mantendo-as em outro, revelou que as formigas protegem estes membracideos da ação de seus inimigos naturais, principalmente aranhas Salticidae, larvas de moscas Syrphidae e himenópteros parasitóides. A proteção das formigas a estes homópteros foi significativa tanto para ninfas, quanto para adultos. Em plantas com formigas houve o aparecimento de um número significativamente maior de novas oviposições do que em plantas onde as formigas foram excluidas. Foi observado também que o beneficio da associação pode variar dependo da espécie de formiga associada e de mudanças fisicas e biológicas no ambiente. Um experimento com a introdução de fontes alternativas de açúcar em D. vinosum com agrupamentos de G. xiphias atendidos por formigas, demonstrou que estas novas fontes alimentares, simulando nectários extraflorais, não conseguem desviar a atenção das formigas dos homópteros. Em plantas onde foram introduzidas fontes alternativas de açúcar os membracideos aumentaram em até cinco vezes sua produção de exsudato, provavelmente sendo uma estratégia para manter a atenção das formigas. Estes resultados enfraquecem a "hipótese da distração de formigas" de Becerra and Venable. Em um último experimento demonstra-se que as gotas de exsudato de G. xiphiss que caem na folhagem e no solo abaixo dos agrupamentos podem servir como pistas para que formigas encontrem mais facilmente os membracideos. Este aspecto parece ter importância especial na fase de estabelecimento de novos agrupamentos, já que oviposições e ninfas são mais vulneráveis a ação de inimigos naturais do que adultos

Abstract: The association between the membracid GU8.Y8.quilB xiphi8.B and ants on shrubs of DidYlJ1op8.nax VinOBUlJ1 (Ara1iaceae) was studied at the cerrado vegetation of the Estação Ecológica Experimental of Mogi Guaçu, Fazenda Campininha, São Paulo state,Brazi1, during two years. In the first part of the study 21 aspecies of ants were identified tending G. xiphiBB. A variation in the associated ant fauna was observed during the day and a1so a10ng the year. The species C8.lJ1ponotusrufipeB, C. Ol'8.BBUB, C. l'enggel' i and Eot8.tO111lJ18. edent8.tUlJ1 were the most common ants observed tending G. xiphi8.B. Ants such as C. rufipes and E. edentBtUlJ1were observed tending G. xiphi8.s during a11 day, whi1e other species 1ike C. Or8.BSUB and C. renggel'i were observed tending membracids at different periods (the first during the day, the second dur ing the night) on the same p1ant. These associations were observed throughout the who1e year, main1y in the summer. An experimental manipu1ation in the fie1d (ants exc1uded from a group of p1ants with G. xiphi8.B and present in another group) showed that ants protect these membracids against their natural enemies: main1y Sa1ticidae spiders, Syrphidae f1ies (larvae) and parasitoids Hymenoptera. Ant protection to the homopterans (ninphs and adu1ts) was very effective. P1ants with ants had significant1y more new ovipositions than p1ants with ants exc1uded. It was a1so observed that the benefit of this association can vary as a function of the ant attendants. An experiment introducing a1ternative sugar sources on D. vinosUlJ1shrubs bearing G. xiphi8.B and ants, showed that thiB new food BOUrCe (Bimulated extrafloral nectarieB) WaB not capable of diBtracting ant attention from the homopteranB.On plantB with alternative Bugar BourceB the membracidB increaBed five timeB their eXBudate production, pOBBibly to maintain ant attention. Finally, it waB Bhown that dropletB of honeydew that falI on the ground and leaveB below G. xipl1iBB groupB, can act aB cueB to would-be tending antB, who end up finding the membracidB on the hOBt plant. ThiB fact could be important in the initial phaBe of new agregrationB, Bince the OvipoBitionB and ninphB are more vulnerable to attackB by natural enemieB than the adult membracidB
Subject: Ecologia
Formigas
Homopteros
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1995
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Claro_Kleberdel_D.pdf6.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.