Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316179
Type: TESE
Title: Ação protetora da N-acetilcisteína sobre efeitos persistentes do trióxido de arsênio no sistema genital de camundongos Swiss
Title Alternative: Protective action of N-acetylcysteine on the persistent effects of arsenic trioxide in genital system of Swiss male mouse
Author: Silva, Raquel Frenedoso, 1988-
Advisor: Kempinas, Wilma De Grava
Abstract: Resumo: O trióxido de arsênio (As2O3) tem se mostrado altamente eficaz e muito utilizado no tratamento para diminuir ou eliminar a leucemia promielocítica aguda. Estudos mostram relação entre exposição a este composto e inibição da espermatogênese ou desenvolvimento do espermatozoide, uma vez que exerce efeito inibitório nos testículos. Diante da crescente utilização do As2O3 no tratamento da leucemia e da escassez de resultados sobre os seus efeitos adversos na reprodução masculina, justifica-se a realização do presente estudo, pelo qual se avaliou os efeitos imediatos e tardios do tratamento com As2O3 sobre fisiologia reprodutiva de camundongos Swiss adultos e se a co-administração de N-acetilcisteína (NAC), previne esses efeitos. Em um primeiro experimento, camundongos Swiss adultos foram tratados com veículo, 0,3 ou 3,0 mg/Kg/dia de As2O3, via subcutânea, em 25 aplicações. No final do tratamento, metade dos animais foram eutanasiados para avaliação dos efeitos pós-tratamento e a outra metade foi mantida sem a droga por período de 50 dias, até que se procedeu a eutanasia para avaliação da possível reversibilidade dos efeitos. Foram investigados: peso dos órgãos vitais, reprodutores e glândulas sexuais acessórias, quantidade e qualidade espermáticas, dosagem de testosterona e dosagem de arsênio no sangue. Os animais tratados com 3,0 mg/kg de As2O3 e eutanasiados logo após o fim do tratamento mostraram diminuição no peso da vesícula seminal, número de espermatozoides móveis e produção espermática diária. Após período de suspensão do tratamento, os animais tratados com a mesma dose continuaram apresentando redução nos mesmos parâmetros. Em um segundo experimento, foi avaliada a contratilidade do ducto epididimário isolado tanto frente ao tratamento in vivo dos animais (tratados com o veículo ou com a dose de 3,0 mg/kg/dia de As2O3) quanto ao tratamento in vitro do tecido. Essa análise revelou que a contração máxima do ducto epididimário estava significativamente aumentada nos animais tratados com As2O3 in vivo. E em uma terceira etapa os animais foram divididos em Controle, As2O3 (3,0 mg/Kg/dia), NAC na água de beber (40mM) e As2O3 + NAC, tratados por 5 semanas. Após o final do tratamento, os animais foram avaliados quanto aos parâmetros que se apresentaram prejudicados com o tratamento anterior, descrito na etapa um. Quando a NAC foi oferecida aos animais, houve uma melhora significativa nos parâmetros espermáticos antes prejudicados pela administração da droga, i.e., o peso de vesícula seminal, número de espermatozoides móveis e produção espermática diária do grupo As2O3 + NAC foram similares ao grupo controle. Podemos concluir que o As2O3 exerce efeitos tóxicos sobre o sistema genital de camundongos machos, e que esses efeitos podem ser persistentes mesmo após o término do tratamento. Os resultados mostraram, também, que a administração de um antioxidante pode prevenir os efeitos deletérios dessa droga sobre os parâmetros avaliados

Abstract: Arsenic trioxide (As2O3), a trivalent arsenic form has proven highly effective and widely used in the treatment to reduce or eliminate acute promyelocytic leukemia. Studies show a relationship between exposure to this compound and inhibition of spermatogenesis and sperm development since it exerts an inhibitory effect on the testis. Given the growing use of As2O3 on treatment of leukemia and the lack of results about the side effects on male reproduction, it is justified to carry out this study, which evaluated the immediate and late effects of treatment with As2O3 on the structure and reproductive physiology of adult Swiss mice and whether the co-administration of N-acetylcysteine (NAC) prevents these effects. In a first experiment, adult Swiss mice were treated with vehicle, 0.3 or 3.0 mg/Kg/day of As2O3, subcutaneously in 25 applications. At the end of treatment, half of the animals were euthanized for evaluation of the post- treatment effects and the other half was maintained without the drug for 50 days until the euthanasia to evaluate the potential reversibility of the effects. It was evaluated: the vital, reproductive and accessories organ weights, analyzes of sperm quantity and quality, testosterone and arsenic measurements in blood. Animals treated with 3.0 mg/Kg of As2O3 and euthanized immediately after the end of treatment showed a decrease of seminal vesicle weight, in number of motile spermatozoa and daily sperm production. After suspension of treatment, animals treated with this same dose continued to show reduction in these same parameters. In a second experiment, the contractility of the epididymal duct was evaluated both in vivo treatment of animals (treated with vehicle or a 3.0 mg/Kg/day of As2O3) and in vitro treatment of the tissues. This analysis revealed that the maximum contraction of the epididymal duct was significantly increased in in vivo treated animals. And in a third step animals were divided into Control, As2O3 (3.0 mg/Kg/day) NAC in tap water (40 mM) and As2O3 + NAC, treated for 5 weeks. After the end of treatment, animals were assessed for previously impaired parameters described in step one. When NAC was given to the animals, there was a significant improvement in sperm parameters before harmed by the drug administration, i.e. seminal vesicle weight, number of motile sperm and daily sperm production in As2O3 + NAC group were similar to the control group. We conclude that As2O3 exerts toxic effects on the male mice genital system, and that these effects may be persistent even after the end of treatment. Also, the results showed that administration of an antioxidant can prevent the deleterious effects of this drug on the parameters evaluated
Subject: Trióxido de arsênio
Reprodução
Camundongo
N-acetilcisteína
Language: Multilíngua
poreng
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_RaquelFrenedoso_M.pdf3.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.