Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316160
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Ocorrencia de cães domesticos (canis familiaris) em fragmentos de mata atlantica em zona rural e urbana e sua relação com a ocupação humana do entorno
Title Alternative: Domestic dogs (canis familiaris) in atlantic forest fragments in rural and urban areas and their relationship with the surrounding human occupation
Author: Torres, Patricia Carignano
Advisor: Prado, Paulo Inácio, 1968-
Abstract: Resumo: O cão doméstico tem atuado como espécie exótica invasora, perturbando e modificando ecossistemas nativos de diferentes maneiras. Porém, pouco se sabe sobre o tamanho da população de cães que habitam locais próximos a áreas de interesse ambiental e se isso pode influenciar a chance de entrada desses animais em tais áreas. Além disso, apesar de sua estreita ligação com a população humana, pouco se sabe sobre a relação desta com a população de cães. Sendo assim, o presente estudo teve como objetivos estimar o tamanho de populações de cães, em área urbana e rural próximas a fragmentos florestais, entender de que modo a população humana dessas áreas maneja seus cães e qual a freqüência de ocorrência de cães nos fragmentos florestais. Assim, foram feitas entrevistas com os residentes de modo a obter informações sobre o número de cães com dono e o regime de manejo dado a eles, censos de cães soltos nas áreas e foram montadas parcelas de areia dentro dos fragmentos, a distâncias crescentes da borda, para verificar a freqüência de ocorrência dos cães e se ela diferia da borda para o interior. Os resultados indicaram que ter cães é mais comum em área rural, bem como deixá-los soltos fora da propriedade. Apesar disso, o tamanho da população de cães é maior nas áreas urbanas estudadas, devido a grande densidade populacional humana. Também nessas áreas há cães sem dono, algo raro nas áreas rurais estudadas. O tamanho da população de cães no entorno não influencia a freqüência de ocorrência desses animais dentro dos fragmentos e em ambos os ambientes (rural e urbano), os cães parecem ser um efeito de borda nos fragmentos florestais. Apesar de serem pouco freqüentes a distâncias maiores da borda, esses animais foram marcadamente muito mais freqüentes que carnívoros silvestres, podendo ser mais um impacto importante causado pela presença humana nessas áreas. Assim, o efeito direto que os cães domésticos exercem sobre a fauna local é algo que ainda precisa ser estudado no Brasil

Abstract: Domestic dogs (Canis familiaris) have been acting as invasive exotic species in many instances, disturbing and modifying natural ecosystems in many ways. Still, little is know about the dogs population size near areas of conservation interest and if that can influence dog¿s chance of using those areas. In addiction, despite their close relationship with humans, little is know about the people¿s attitudes towards the dog population. Thus, this study intends to estimate dog populations sizes in urban and rural areas near forest patches, to investigate the people¿s attitudes towards dogs in those areas and to quantify dog frequencies inside forest patches. For that purpose, questionnaires with local residents were conducted to obtain information about dogs¿ number and the owners¿ attitudes towards caring for their dogs. Censuses on the areas were conducted to estimate numbers of unrestricted and stray dogs. Scent-stations were installed inside the forest patches, at different distances from the edge, to evaluate the frequency of those animals and see if it differed between patches¿ edge and their interior. Having a dog is more common in the rural area, as well as keeping them unrestricted. Yet, dogs¿ population is larger in the urban areas studied, due to high human densities. Also, in those areas there are stray dogs, which is uncommon in the rural areas studied. The dogs¿ population size in the surroundings don¿t influence their presence inside the forest patches and in both landscapes (rural and urban), dogs seems to be an edge effect. Despite not being very common inside the patches other than in its edge, these animals seem to occur more frequently than wild carnivores. For that reason they can represent another important negative impact cause by the human presence in those areas. Domestic dogs¿ direct effects on wildlife still have to be studied in Brazil, nonetheless these potential impacts can be minored by preventing dogs from entering the forest patches. To do so, the residents¿ attitudes towards dogs, in the surrounding areas, are of extreme importance
Subject: Canis familiaris
Efeito de borda
Fragmentação florestal
Animais - População
Parque Estadual da Cantareira (SP)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: TORRES, Patricia Carignano. Ocorrencia de cães domesticos (canis familiaris) em fragmentos de mata atlantica em zona rural e urbana e sua relação com a ocupação humana do entorno. 2008. 92p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/316160>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Torres_PatriciaCarignano_M.pdf971.51 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.