Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316046
Type: TESE
Title: Obtenção de duas populações precoces de Eimeria maxima Tyzzer, 1929 e sua caracterização
Author: Moretti, Maria Eliane Boock
Advisor: Kawazoe, Urara, 1946-
Abstract: Resumo: Este trabalho teve como objetivos a obtenção de duas populações precoces de Eimeria maxima, sua caracterização quanto a patogenicidade e patologia e o estudo da sensibilidade desses isolados a oito medicamentos anticoccidianos de uso comercial freqüente na indústria avícola. Para a obtenção de isolados precoces, oocistos obtidos no campo (isolados "Cu" e "L") foram inoculados sucessivamente em aves sadias, para a coleta dos primeiros oocistos eliminados. Através desse processo foram feitas 14 passagens para o isolado E. maxima "Cu", obtendo-se a diminuição do período pré-patente para a eliminação dos primeiros oocistos, de 129h 45' para 114h 30'. Para o segundo isolado, foram realizadas 18 passagens, obtendo-se a redução do período pré-patente de 127h para 103h 30'. As gerações parenta I e precoce desses dois isolados foram comparadas quanto a patogenicidade, através da inoculação de oocistos em aves sadias, observando-se o ganho de peso, escore de lesão e produção de oocistos. No isolado "Cu" não foi observada diferença significativa entre as gerações parental e F10 porém, no isolado "L" houve diminuição da patogenicidade entre as gerações parental e F14. O estudo histopatológico não mostrou diferença nas lesões intestinais entre as duas gerações do isolado "Cu", mas houve diminuição das lesões na geração F14 do isolado "L" em relação à geração parenta!. O teste de sensibilidade mostrou que o isolado "Cu" foi sensível a quatro medicamentos e parcialmente resistente a outros quatro, avaliados através do índice anticoccidiano cujos parâmetros usados foram: percentagem de sobrevivência das aves inoculadas, escore de lesão intestinal, ganho de peso e produção de oocistos nas aves. O isolado "L" mostrou-se sensível apenas a um dos medicamentos testados, parcialmente resistente a quatro e resistente a três outros medicamentos. Os oocistos precoces obtidos no presente trabalho, parecem ter atingido uma estabilidade quanto ao período pré-patente no isolado "Cu", ao passo que o isolado "L" parece ainda não ter atingido uma estabilidade. No entanto, ambos os isolados apresentaram uma redução na produção de oocistos, quando comparados às respectivas gerações parentais. A confirmação da atenuação dessas gerações precoces, num estudo futuro, caracterizará os isolados como aceitáveis para o uso como vacinas vivas atenuadas, no controle da coccidiose aviária

Abstract: The objective of the present study was to obtain precocious lines from two field isolates of Eimeria maxima "Cu" and "L" as well as to compare the pathogenicity and pathology between parent and precocious lines of each isolate. Sensitivity tests of these isolates against eight most common anticoccidial drugs were performed to characterise the isolates. The precocious lines were obtained by repeated selection for the first oocysts to appear in the infected chickens. After 14 passages of E. maxima "Cu" oocysts in chickens, the pre-patent period for the first oocysts was reduced from 129h 45' to 114 hours and after 18 passages of E. maxima "L" oocysts in chickens this period was reduced from 127 to 103h 30'. The precocious line F10 was as pathogenic as the parent strain of E. maxima "Cu" while the precocious line F14 was less pathogenic than the parent strain of E. maxima "L" usíng as criteria weight gain, lesion score and oocyst production. The histopathologic observations for both isolates confirmed the degree of patogenicity of the isolates. The evaluation of the sensitivity tests of isolates "Cu" and "L" against eight drugs using the anticoccidial index as a criteria showed that E. maxima "Cu" was sensitive to four drugs and partially resistant to four others while E. maxima "L" was sensitive to one drug, partially resistant to four and resistant to three other drugs. Stability of precocious lines for pre-patent period of first oocysts in chickens seems to be reached for both strains studied by the observation in reduction of oocyst production when compared to the parent strains. The aUenuation of these precocious lines will be studied in future and once this character is confirmed the lines will be used as a vaccine for coccidiosis contraI
Subject: Patogenicidade
Patologia
Testes de sensibilidade
Coccidiose
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1997
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moretti_MariaElianeBoock_M.pdf6.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.