Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316045
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Estudos macro e microevolutivos nas borboletas Ithomiinae (Nymphalidae)
Author: Motta, Paulo Cesar
Advisor: Brawn Jr., Keith S
Jr., Keith S. Braun
Abstract: Resumo: Este estudo faz uma ligação entre duas abordagens que podem contribuir para uma melhor compreensão da evolução de um grupo de borboletas. A subfamilia Ithomiinae foi investigada nos aspectos macroevolutivos, onde tentou-se estabelecer os eventos cladogenéticos, utilizando-se da morfologia das larvas de primeiro estádio para a geração de hipóteses de relacionamento filogenético entre gêneros e tribos. A quetotaxia (o estudo do arranjo de cerdas em estruturas e corpo da larva) de 35 espécies de Ithomiinae e 3 espécies de Danainae (143 indivíduos), obtida a partir do exame da cápsula cefálica, labro, mandíbula e corpo, foi utilizada para delinear 99 caracteres taxonômicos. As relações filogenéticas dentro de Ithomiinae (usando os programas PAUP e Hennig) foram avaliadas. Os grupos monofiléticos formados não correspondem às tribos reconhecidas atualmente. Os caracteres também foram úteis para discutir a posição filogenética de Te//ervo (o único gênero não Neotropical dos Ithomiinae) com Danainae e Ithomiinae. Na abordagem microevolutiva, foi estudada a variação geográfica (fenotípica) nas populações de Methona do Planalto Central, principalmente das larvas, e as diferenças com relação a outras populações do Brasil. Foram visitadas 82 localidades do Planalto Central, onde 629 plantas (Brunfelsia sp., manacá) foram inspecionadas a procura de larvas, sendo coletados e descritos 614 indivíduos, mapeando-se a distribuição destes organismos. Relata-se a extrema variação fenotípica e sua amplitude geográfica, e compara-se com as outras populações do Sul, Sudeste, Nordeste e Norte. O estudo das larvas das populações do Planalto Central indicam provavelmente uma nova entidade taxonômica para esta que é uma das borboletas urbanas mais comuns em boa parte do território brasileiro

Abstract: The subfamily Ithomünae was investigated from the point of view of macroevolution, in search for cladogenetic events, using the first instar larval morphology for the generation of hypotheses about the phylogenetic relationships between genera and tribes. The chaetotaxy (the study of setal distribution on the body and other structures of larvae) of 35 Ithomünae and 3 Danainae species (143 individuals), derived from examination of the head capsule, labrum, mandible and body was used to delineate 99 taxonomic characters. Phylogenetic relationships in the Ithomiinae were evaluated, using P AUP and Hennig programs. The monophyletic groups do not correspond to tribes generally accepted. Some characters were important in the discussion about the phylogenetic position of Tellervo (the only non-Neotropical Ithomiinae genus). In the microevolutionary approach, geographic (phenotypic) variation was studied in Methona populations of the Central Plateau, mainly of the larvae, and their differences with relation to other populations in Brazil. Caterpillars were sought in 82 localities in Central Brazil; 629 plants (Brunfelsia sp., the "manacá") were inspected. In all, 614 individual larvae were collected, described and their geographic distribuition mapped. The astonishing phenotypic variation and its geographic extent were recorded and compared with that of other populations (South, Southeast, North and Northeast of Brazil). The study of the larvae of the Central Plateau population indicateda probably new taxonomic entity for this species, one of the more common urban butterflies in Brazil
Subject: Larva
Evolução
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Motta_PauloCesar_D.pdf9.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.