Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316020
Type: TESE
Title: Comunidade de aranhas em capões de mata das sub-regiões Miranda e Abobral no Pantanal Sul-Mato-grossense
Author: Raizer, Josue
Advisor: Vasconcellos-Neto, João, 1952-
Neto, João Vasconcellos
Abstract: Resumo: No presente estudo, a estrutura da comunidade de aranhas em formações de mata, conhecidas regionalmente como capões, no Pantanal sul-mato-grossense das sub-regiões Miranda e Abobral, foi caracterizada e avaliada quanto aos efeitos ambientais relacionados a variações espaciais e temporais. A comunidade de aranhas foi registrada através de cinco métodos de coleta (coleta manual noturna, guarda-chuva entomológico, armadilha de queda, eclector de solo e eclector de tronco). As coletas foram mensais no período de julho de 1998 a novembro de 1999. As variáveis ambientais abióticas analisadas espacialmente foram o tamanho, a complexidade da vegetação e o alagamento dos capões. Ao longo do tempo, as variáveis ambientais abióticas consideradas foram temperatura, pluviosidade e alagamento. Para representar a estrutura da comunidade foram determinadas a distribuição de abundâncias, a riqueza e a composição de espécies. Em ambas as abordagens (espacial e temporal), somente a composição de espécies de aranhas foi significativamente afetada pelas variáveis ambientais. O alagamento dos capões foi a única variável espacial que explicou significativamente a estrutura da comunidade de aranhas quando todos os métodos de coleta foram analisados em conjunto. Tal efeito foi preponderante sobre a composição de espécies de aranhas errantes de chão. Quando somente as aranhas registradas em armadilhas de queda foram consideradas, a relação entre a complexidade da vegetação e a estrutura da comunidade de aranhas foi significativa. Ao longo de um ano, a temperatura e a pluviosidade contribuíram significativamente para as alterações na composição de espécies de aranhas e determinaram um padrão de substituição de espécies. A inundação, determinada pelo nível do Rio Miranda, afetou a composição de espécies de aranhas. As alterações encontradas na distribuição espacial das espécies de aranhas podem ser o resultado de um conjunto de estratégias que minimizaria as conseqüências de um possível incremento na densidade de aranhas provocado pelo alagamento dos campos que contornam os capões

Abstract: In the present study, the spider community structure in vegetated earthmounds locally known as capões, in the Miranda and Abobral sub-regions of the southern Pantanal (Mato Grosso do Sul, Brazil), was characterized and evaluated for environmental effects related to spatial and temporal variations. Records for the spider community were done through five sampling methods (nocturnal hand collecting, beating sheet, pitfall trap, ground eclector, and trunk eclector). Sampling was conducted on a monthly basis, from July 1998 to November 1999. The environmental variables spatially analyzed were size, vegetation complexity, and flood possibility in the capões, whereas temperature, rainfall, and flooding were temporally analyzed. Community structure was represented by the distribution of abundances, species richness, and species composition. For both approaches (spatial and temporal), only the composition of spider species was significantly affected by the environmental variables. Flood possibility in the capões was the only spatial variable to explain significantly the structure of the spider community when all the sampling methods were jointly analyzed. The effect of this variable was predominant on the composition of wandering ground spider species. When pitfall-trap captures alone were taken into account, the relationship between vegetation complexity and spider community structure was found to be significant. During a one-year period, temperature and rainfall contributed significantly to alter the spider species composition, shaping a pattern of species turnover. Flooding, as determined by the level of the Miranda river, affected the composition of spider species. Changes in the spatial distribution of spider species also seemed to be important for the community, as a way of minimizing the consequences of a possible increase in spider density due to the flooding of fields
Subject: Artropode
Comunidades animais
Mato-grossense (MS e MT)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Raizer_Josue_D.pdf831.76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.