Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316007
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Agregação de ovos como estrategia reprodutiva de Hypothyris euclea barii (Lepedoptera, Nymphalidae: Ithomunae) na regiãode Manaus, Amazonas
Author: Lemes, Maristerra Rodrigues
Advisor: Vasconcellos-Neto, João, 1952-
Abstract: Resumo: Foram estudados aspectos da interação entre a borboleta ithomiineo Hvoothvris auclea barii e sua planta hospedeira Solanum asperum (Solanaceae), em áreas situadas ao norte de Hanaus, Amazonas, Brasil. H. euclea barii coloca ovos agrupados na superfície das folhas de S. asoerum, e usam preferencialmente folhas jovens da planta. A população de juvenis de S. euclea barii variou sazonalmente em abundância. As maiores densidades populacionais de imaturos ocorreram no final da estação chuvosa e início da estação seca de 1989. Após, houve uma acentuada redução na oviposição e conseqüentemente no tamanho da população de juvenis. Predação por artrópodes foi freqüentemente observada e é talvez o fator biótico de maior importância na dinâmica populacional de juvenis de fi. euclea barii. Os predadores de ovos e larvas de fi. euclea barii mais comumente observados foram formigas (Ectatomma, Pseudomyrmex e Pheidole) e vespas (Vespidae). Grupos de ovos e larvas quando encontrados pelos predadores, em geral, são massivamente atacados. Formigas e homópteros associados a ~. asoerum foram mais abundantes durante a estação chuvosa, coincidindo em 1989, com o período de maiores densidades de imaturos de ti. euclea barii nas plantas. Em seu habitat original (clareiras naturais no interior da floresta primária), a população de ~. asperum é pequena e muito dispersa. Entretanto, em grandes áreas abertas na floresta pela ação humana, apresenta-se abundante e agregada. Testou-se experimentalmente a hipótese que considera o grau de agrupamento de ovos e larvas como uma estratégia reprodutiva selecionada em K. euclea barii, em função do padrão de distribuição de sua planta hospedeira e da pressão exercida por seus inimigos naturais. Os resultados experimentais corroboraram a hipótese testada. As taxas de sobrevivência de larvas agrupadas foram maiores em plantas isoladas nas clareiras que em plantas agregadas em borda de mata. Larvas isoladas sobreviveram melhor que larvas agrupadas em plantas isoladas nas clareiras. E sugerido que o efeito de duplo isolamento (da planta e larva) dificulta a localização das larvas pelos predadores e por isso larvas isoladas sobreviveram melhor nas clareiras. Conclui-se que a alta pressão exercida por predadores de ovos e larvas de ti. euclea barii, em plantas agregadas em borda de mata, pode tornar a estratégia de isolamento de ovos mais vantajosa ao ithomiineo nesta situação

Abstract: This study examines aspects af the interaction between the ithamiine butterfly Hvpathvris euclea barii and its host plant Solanum asperum (Solanaceae) in areas north Df Hanaus, Amazonas, Brazil. ~. euclea barii deposits egg clusters on the lower leaf surfaces Df its host planto The adult females preferably places eggs on young leaves rather than mature ones. The juvenile population Df li. euclea barii varied seasonally in abundance. Higher population densities Df immatures occurred at the end of th~ rainy and begining Df the dry season. Afterwards there was a sharp reduction in the oviposition and consequently juvenile population size. Predation by arthropods had been frequently observed and seems to be important in the populational dynamics Df li. Euclea barii juveniles. The most common predators Df li. euclea barii eggs and caterpillarS were ants (Ectatomma, Pseudomyrmex and Pheidole) and wasps (Vespidae). Generally, eggs and caterpillars clusters were vigorously attacked when found by predators. Ants and homopterans associated with ~. asoerum were most abundant during the rainy season. In 1989, this period coincided with the higher densities of the li. euclea euclea immatures on plants. In its original habitats (natural clearings on primary forest), the ~. asperum population is small and very dispersed. Therefore, in great areas opened in the forest by human action it presents agregated and abundant. Was experimentally tested the hypothesis that degree of eggs and caterpillars clustering are reproductive strategy selected in fi. euclea in function to host plant distribution pattern and by pressure exerted by natural enemies. The results corroborated the hypothesis tested. The survival rates of clustered caterpillars were higher on isolated plants in forest clearings than on aggegated ones on edge forest. Isolated caterpillars show better survival rather than clustered ones on isolated plants in forest clearings. These results suggest that the effect of double isolation (plant and caterpillar) makes it difficult for predators to find caterpillars and then isolated caterpillars show better survival rather than clustered ones in clearings. In conclusion, intense predation on eggs and caterpillars of K. euclea barii, in clustered plants on the edge of the forest, appears to make isolated egg laying more effective strategy rather than clustered one, in this situation
Subject: Inseto - População
Ecologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: LEMES, Maristerra Rodrigues. Agregação de ovos como estrategia reprodutiva de Hypothyris euclea barii (Lepedoptera, Nymphalidae: Ithomunae) na regiãode Manaus, Amazonas. 1991. [94]f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/316007>. Acesso em: 13 jul. 2018.
Date Issue: 1991
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lemes_MaristerraRodrigues_M.pdf4.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.