Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315925
Type: TESE
Title: Comportamento, ecologia e reprodução de caranguejos ermitões (Crustacea, Decapoda, Anomura) no Sudeste brasileiro
Author: Turra, Alexander
Advisor: Leite, Fosca Pedini Pereira, 1947-
Abstract: Resumo: O presente estudo foi realizado com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre a história natural de espécies de caranguejos ermitões (Crustacea, Decapoda, Anomura) com ocorrência no sudeste brasileiro. Para tanto, experimentos foram realizados enfocando aspectos comportamentais, reprodutivos e da ecologia destes animais. Um estudo inicial sobre o período de atividade de algumas espécies (Clibanarius antillensis, C. sclopetarius, C. vittatus e Pagurus criniticornis) mostrou que o padrão de atividade varia entre espécies e pode ser regido por estímulos circadianos e circamereais, embora todas as espécies tenham apresentado alta atividade no período noturno. O comportamento reprodutivo destas espécies também foi avaliado e não revelou alterações marcantes frente a descrições prévias para as espécies, gêneros ou famílias estudados. Entretanto, demonstrou-se a existência de novos comportamentos bem como a possibilidade de indivíduos intersexo das três espécies de Clibanarius, com característica tanto de machos como de fêmeas, copularem com sucesso como machos. Estes indivíduos foram mantidos em laboratório para acompanhar o destino dos poros genitais e, com base em informações morfológicas, comportamentais e populacionais, foi elaborada uma discussão sobre uma eventual possibilidade de hermafroditismo sequencial protogínico em ermitões. Um estudo descritivo sobre o desenvolvimento embrionário destas espécies de ermitão revelou que o tamanho dos embriões e o tempo de duração do desenvolvimento varia entre espécies, bem como algumas características morfológicas como c1ivagem e momento do surgimento da mancha ocelar. No entanto, sete estágios puderam ser identificados com base em características morfológicas e três em função da duração relativa desses. A relação entre o tamanho de ermitões e conchas selecionadas revelou que eles utilizam conchas sub-ótimas na natureza e que nem o tipo de concha (arquitetura) nem a espécie de ermitão têm influência sobre as relações entre suas dimenções (exceto para medidas da abertura das conchas). A hipótese do modelamento, ou seja, do efeito da experiência prévia dos ermitões com determinados tipos de concha na forma e padrões futuros de seleção de concha, foi comprovada. Ermitões criados em conchas com abertura estreita tomam-se dorso-ventralmente achados e tendem a selecionar estas conchas com mais frequência que indivíduos mantidos em conchas com abertura arredondada. Também foi demonstrado o efeito da partilha de recursos nos padrões de utilização de conchas por duas espécies simpátricas de ermitões, C. antillensis e P. criniticornis, bem como a influência de diferentes estratégias competitivas (exploração e interferência) na dinâmica de troca de conchas entre elas. Demonstrou-se ainda que P. criniticornis é um bom explorador, apresentando grande capacidade de resposta a eventos simulados de predação de gastrópodes. Entretanto, esta espécie perde as conchas recentemente obtidas para C. antillensis, o qual o domina em brigas por conchas. Por fim, verificou-se que a predação de caramujos por caranguejos quebradores de conchas pode influenciar positivamente a disponibilidade de conchas e sua futura utilização por ermitões, mas que este efeito depende da espécie de concha (diferentes graus de proteção) e de predador (diferentes estratégias e habilidades de predação), do tamanho do predador e do tamanho da presa em relação ao predador

Abstract: This study was conducted to furnish information on the natural history of hermit crab species (Crustacea, Decapoda, Anomura) from South-eastern Brazil. Some experiments were designed to focus behavioral, reproductive and ecological aspects of the biology of these organisms. A study on the periods of activity of some hermit crab species (C. antillensis, C. sclopetarius, C. vittatus and Pagurus criniticornis) showed that the activity patterns vary among species and may be related to circadian and circatidal cues, although all species presented high nocturnal activity. The reproductive behavior of these species was also evaluated and did not reveal marked differences in relation to previous descriptions for the studied species, genera and families. However, new behaviors were described as well as the possibility of intersex individuals of the three species of Clibanarius, with both mal e and female external characteristics, copulate successfully as males. Such intersex individuals were maintained in the laboratory to follow the fate of the gonopores and, based on morphological, behavioral and populational information, a discussion about an eventual possibility of sequential protogynic hermaphroditism in hermit crabs was elaborated. A descriptive study on the embryonary development of these species revealed that egg size and developmental time varied among species as well as some morphological characteristics as cleavage and the time the eye pigment appeared. However, seven stages were identified based on morphological characteristics and three on their relative duration time. The relationship between the sizes of hermit crabs and selected shells revealed that the crabs are using sub-optimal shells in nature and that neither shell (architecture) nor hermit crab species influence the size relationships between crabs and selected shells (except for measures of shell aperture). The molding hypothesis, i.e., the effect of previous utilization of certain shell types on form and future patterns of shell selection in hermit crabs, was corroborated. Hermit crabs maintained in narrow-aperture shells become dorso-ventrally compressed and tend to select such shells in a higher frequency than individuals maintained in rounded-aperture shells. The effect of resource partitioning on the shell utilization patterns of two sympatric hermit crab species (C. antillensis and P. criniticornis) was also demonstrated, as well as the influence of different competitive strategies (exploitation and interference) in shell exchange dynamics between them. It was shown that P. criniticornis is a good exploiter, presenting high ability to attend gastropod simulated predation events, but looses such newly acquired shells to C. antillensis, which dominates the former species in shell fights. Finally, the positive influence of shell-breaking crabs on shell availability and its future utilization by hermit crabs was demonstrated to be dependent on shell (variable protective degrees) and predator species (different predatory strategies and abilities), predator size and relative prey-predator size
Subject: Embriologia
Conchas
Predação (Biologia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Turra_Alexander_D.pdf7.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.