Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315922
Type: TESE
Title: Distribuição espacial e dispersão entre manchas da macrofauna associada a alga parda Sargassum stenophyllum (Mertens) Martius
Author: Tanaka, Marcel Okamoto
Advisor: Tanaka, Marcel Okamoto
Leite, Fosca Pedini Pereira, 1947-
Abstract: Resumo: Macrófitas marinhas constituem manchas de habitat para a macrofauna vágil associada. Vários fatores contribuem para sua distribuição em diversas escalas espaciais, como diferenças na dispersão das espécies e coloniação de manchas de habitat. O objetivo deste estudo foi descrever a distribuição espacial da macrofauna associada à alga parda Sargassum stenophyllum e analisar o tempo de recolonização de manchas de algas a diferentes distâncias da fonte de colonizadores. Foi realizado um estudo inicial para verificar a eficiência relativa de diferentes tamanhos de malha usados comumente na triagem de amostras de comunidades fitais. Os resultados indicaram que a malha de O,5mm é a mais eficiente para se amostrar a fauna. A descrição da fauna associada aS. stenophyllum foi realizada através de um desenho de amostragem hierarquizado em duas praias do litoral norte do Estado de São Paulo, efetuado em quatro ocasiões ao longo de um ano. As análises indicaram que os principais componentes da fauna ocorrem em diferentes densidades em algas a distância de metros, dezenas e milhares de metros. Portanto, indivíduos de S. stenophyllum a poucos metros de distância podem abrigar comunidades diferentes. Para verificar a habilidade de dispersão e colonização da fauna, foram realizadas experimentos de colonização de algas previamente defaunadas colocadas a diferentes distâncias da faixa de Sargassum. Os anfipodos são os principais componentes da fauna colonizadora, atingindo densidades similares ou maiores que o controle em algas a 8m de distância em poucos dias. Outros grupos com diferentes graus de mobilidade também se dispersaram até estas distâncias. Não houve nenhum padrão claro na distribuição espacial ou dispersão de gamarídeos com diferentes hábitos de vida. A variação em pequena escala é influenciada pela distn"buição de espécies, possiveJmente devido a diferenças no sucesso de colonização de manchas de melhor qualidade

Abstract: Marine macrophytes constitute habitat patches for the associated macrofa_ such as amphipods, polychaetes, and gastropods. Diferences on species dispersa! and habitat colonization hability may influence fauna! distn'bution in several spatial scales. The goal of this study was to deseriOO the spatial distribution of the macrofauna associated with the brown alga Sargassum stenophyllum and to determine the time needed to recolonize previously defaunated plants at distinct distances :&om the source of colonizers. A previous study was made to determine the relative efficiency of different mesh sizes common1y used to sieve phytal samples. The results indicated that the O,5mm mesh was the most efficient to sample the macrofauna. The spatial distn'bution of the fauna associated with S. stenophyllum was descriOOd through a nested sampling design at two shores in northem São Paulo State coast, in four occasions along a year. The analyses indicated that the main fauna! components occurred at distinct densities in algae at distances of meters, tens and thousands of meters. Thus, S. stenophyllum individuaIs distant a few meters :&om each other may shelter different assemblages. Dispersa! and colonization hability ofthe fauna were analysed experimenta11y by deplotin previousl defaunated S. stenophyllum at several distances :&om the Sargassum OOlt. The amphipods dominated the colonizing fa_ reaching similar or greater densities than controls in algae at 8m in just a few days. Other taxonomic groups that differed in vagility also dispersed to the experimental algae. There was no clear pattem on spatial distn'bution or dispersal of gammarids with distinct life habits. Small-scale variation of phytal communities may 00 influenced by species distribution, possibly due to differences on successful colonization of higher quality algal patches
Subject: Alga parda
Biologia espacial
Colonização
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tanaka_MarcelOkamoto_D.pdf6.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.