Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315911
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Fatores moduladores da assembleia de Tanaidacea (Crustacea) associada às algas calcárias em costões rochosos
Title Alternative: Modulators factors of Tanaidacea (Crustacea) assembly associated with coralline algae in rocky shores
Author: Dena Silva, Simone Aparecida, 1989-
Advisor: Leite, Fosca Pedini Pereira, 1947-
Abstract: Resumo: A variação temporal, o nível de exposição às ondas e a seleção de habitat são fatores moduladores importantes sobre a distribuição da fauna associada às macroalgas na região entremarés dos costões rochosos. O objetivo desse trabalho foi investigar como estes fatores influenciam a distribuição dos tanaidáceos associados às algas coralináceas, além da biomassa dessas algas, a quantidade, o diâmetro e o grau de seleção do sedimento retido por estas. Para tal, foram amostrados quatro costões rochosos em Ubatuba (SP - Brasil), sendo dois expostos à ação das ondas (Bravinha e Praia Grande) e dois abrigados (Enseada e Itaguá) durante as quatro estações por um ano. O tapete de algas foi raspado, o seu peso seco e as características do sedimento retido foram mensurados, ademais, os tanaidáceos foram identificados e tiveram sua densidade estimada. Além disso, experimentos de escolha de habitat foram conduzidos em laboratório, oferecendo microhabitats com areia grossa, média e fina às espécies de tanaidáceos mais abundantes, já que estudos anteriores realizados na mesma área de estudo demonstraram uma segregação espacial das espécies entre costões contendo areia fina e grossa. A variação temporal influenciou a quantidade de sedimento retido, com maior acúmulo durante o inverno, sugerindo um ciclo de deposição de sedimento intensificado nesta estação. A seleção dos grãos foi afetada pela variação temporal e os efeitos locais dos costões rochosos, variando entre as estações do ano em todos os costões (exceto na Praia Grande). O nível de exposição às ondas foi importante para o diâmetro dos grãos aprisionados pelas algas, de forma que os costões abrigados apresentaram grãos de maior diâmetro, enquanto que costões expostos, menor diâmetro, esses resultados foram o contrário do esperado de acordo com a literatura. A quantidade de matéria orgânica e a biomassa das algas variaram de acordo com as características dos costões de forma que a Bravinha obteve maior biomassa e, juntamente com o Itaguá, maior quantidade de matéria orgânica; essas variações locais se deveram às diferenças na estrutura dos tapetes de algas e a presença de grandes quantidades de moluscos Mytilidae na Bravinha e de esponjas no Itaguá. A assembleia de Tanaidacea nas algas coralináceas foi composta por duas espécies: Leptochelia aff. dubia e Zeuxo coralensis. O nível de exposição às ondas determinou a distribuição de L. aff. dubia, cuja densidade foi maior em costões abrigados das ondas, corroborando a hipótese inicial e o padrão já demonstrado na literatura. A densidade populacional de Z. coralensis variou de acordo com as estações do ano e as características locais dos costões rochosos, sendo mais maior na Praia Grande e Bravinha (ambos costões expostos às ondas), especialmente durante a primavera e o verão. L. aff. dubia e Z. coralensis não apresentaram preferência por microhabitats com diferentes diâmetros dos grãos, mas ambas conseguiram manipular e construir tubos com os três tamanhos fornecidos, dessa forma, o tipo de habitat e o nicho ocupados não são explicados pela capacidade das espécies em manipular diferentes tamanhos de grãos, como sugerido na literatura

Abstract: Temporal variation, wave exposure and habitat selection are important modulatory factors for animals¿ distribution in the intertidal zone of rocky shores. In this study, we aimed to describe how these factors influence the Tanaidacea assemblage distribution in habitats formed by coralline algae. In addition, we wanted to evaluate the effects of temporal variation and wave exposure in the algal biomass, amount of sediment, diameter and sediment sorting. We collected samples of coralline algae from four rocky shores in Ubatuba (SP, Brazil), being two exposed to wave action (Bravinha and Praia Grande) and two sheltered (Enseada and Itaguá) during the four seasons over one year. The algal samples were collected, dry weight and the characteristics of the sediment retained were measured. Tanaidaceans were identified and their density (per g of algae) was estimated. We also conducted habitat selection experiments with the two most abundant species by offering them microhabitats containing fine, medium and coarse sand. These experiments were done to verify if the species spatial segregation shown in previous studies is caused by a selection of habitats with different grain sizes. The temporal variation influenced the amount of sediment retained in the algae, causing a sediment accumulation during the winter. Sediment sorting was affected by temporal variation and by the local effects of rocky shores, presenting a pattern that varied among the seasons on all rocky shores (except in Praia Grande). The wave exposure gradient was determinant to the diameter of the sand grains trapped by the algae, exposed rocky shores had smaller diameter grains, while sheltered rocky shores had bigger diameter. These results were contrary to the expectation, according to the literature. The amount of organic matter and algal biomass varied according to rocky shores characteristics. Bravinha showed higher biomass and, together with Itaguá, a larger amount of organic matter; these local variations are due to differences in the algae bed structure and to large amounts of Mytilidae in Bravinha and sponges in Itaguá. The Tanaidacea assemblage in coralline algae was composed by two species: Leptochelia aff. dubia and Zeuxo coralensis. The wave exposure was determinant on the distribution of L. aff. dubia, which density was higher in sheltered shores, corroborating the initial hypothesis and the pattern already demonstrated in the literature. The Z. coralensis population density varied according to the seasons and the local characteristics of rocky shores, being higher in Praia Grande and Bravinha (both exposed rocky shores), especially during the spring and summer. None of these species showed preference for microhabitats with different grain size, but they were able to manipulate and build tubes with those existing grains. Thus, the habitat occupied is not explained by the species ability to manipulate different grain sizes
Subject: Seleção de habitat
Crustáceo
Algas calcárias
Variação sazonal
Editor: [s.n.]
Citation: DENA SILVA, Simone Aparecida. Fatores moduladores da assembleia de Tanaidacea (Crustacea) associada às algas calcárias em costões rochosos. 2015. 1 recurso online ( 59 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315911>. Acesso em: 29 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
DenaSilva_SimoneAparecida_M.pdf1.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.