Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315892
Type: TESE
Title: Distribuição de abundância de espécies arbóreas ao longo de gradiente de alumínio no solo
Title Alternative: Tree species abundance distribution along a soil aluminium gradient
Author: Azevedo, Mario José Marques, 1981-
Advisor: Martins, Fernando Roberto, 1949-
Abstract: Resumo: O padrão de utilização de recursos e a teoria de nichos ecológicos constituem elementos importantes na compreensão de como comunidades ecológicas são estruturadas. A maneira como os recursos são partilhados entre as espécies é refletida na sua distribuição de abundância. Abundância e diversidade de espécie são resultantes de processos que determinam as comunidades. Um padrão frequentemente observado é a relação unimodal entre diversidade e produtividade. Processos competitivos são inferidos na determinação da diversidade ao longo do gradiente de produtividade. Devido à abundância das espécies serem resultantes de interações biológicas, os modelos de distribuição de abundância de espécies (DAE) permitem inferir na maneira como o espaço de nicho é partilhado. Utilizamos os modelos de DAE proposto por Tokeshi e índices de concentração de dominância e equabilidade para testar por meio de regressões como a riqueza, biomassa e equabilidade variam ao longo de um gradiente de estresse nutricional definido pela concentração de alumínio no solo. Verificamos um padrão linear negativo entre a riqueza e gradiente de estresse nutricional com fragmentos de floresta estacional semidecídua no extremo de menor estresse e cerradão no extremo oposto do gradiente. A biomassa apresentou um padrão em forma de "U" quando relacionado ao mesmo gradiente. Os índices e os modelos foram condizentes na verificação da concentração de dominância por poucas espécies nos extremos do gradiente, porém somente o índice Evar verificou a maior equabilidade nos valores intermediários do gradiente. Nossos resultados permitiram inferir que tal gradiente foi importante na determinação da riqueza e biomassa das comunidades. Os modelos e índices permitiram verificar o padrão de partilha de nicho, porém não foi possível afirmar o processo que resultou tal partilha

Abstract: The resource utilization patterns and ecological niche theory are important in understand how communities are assembled. The way how resources are apportioned between species are showed in its abundance distribution. Abundance and diversity are outcome of process that structure communities. The pattern frequently found is a "hump-back" relationship between diversity and productivity. Competitive processes are inferred in determination of diversity along productivity gradient. Due to species abundance are outcome of biological interaction, models of species abundance distribution (SAD) allow us to infer how niche are apportioned. We use Tokeshi's SADs models and dominance and evenness index to test, using regression, how richness, biomass and evenness change along stress nutrition gradient defined by aluminium concentration in soil. We verified a negative linear pattern between richness and nutrition stress gradient with semideciduous forest fragment at extreme of lesser stress gradient and cerradão at opposite extreme gradient. The biomass showed a "U" shape pattern along the same gradient. The index and SADs models showed similar result measuring dominance of few species at extremes of gradient, however only Evar index measured more evenness between extremes of gradient. Our results allow inferring that such gradient war important to define community richness and biomass. The models and index allowed testing the patterns of niche apportionment, however its do not allowed us confirm the process of niche apportionment
Subject: Distribuição de abundância de espécies
Solos
Partilha de recursos (Ecologia)
Estrutura da comunidade ecológica
Dominância
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Azevedo_MarioJoseMarques_M.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.