Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315837
Type: TESE
Title: Efeitos das mudanças socioecológicas sobre a pesca artesanal e a captura incidental de Tartarugas Marinhas no Bairro São Francisco (São Sebastião, São Paulo)
Title Alternative: Social-ecological change effects on artisanal fisheries and sea turtle by cath in São Francisco (São Sebastião, São Paulo)
Author: Bahia, Natália Cristina Fidelis, 1985-
Advisor: Seixas, Cristiana Simão, 1970-
Abstract: Resumo: O objetivo deste estudo foi investigar como as mudanças sócio ecológicas afetam a pesca artesanal e a captura incidental de tartarugas marinhas no bairro São Francisco (São Sebastião, São Paulo) e como os pescadores estão respondendo às alterações nos últimos 60 anos. Para tanto, a capacidade adaptativa de sistemas complexos e o conhecimento ecológico local foram adotados como referencial teórico. Os métodos de coleta de dados consistiram na aplicação de entrevistas semi-estruturadas aos pescadores artesanais (canoa e batera), mapeamento participativo, acompanhamento de desembarque pesqueiro, observação direta e levantamento de dados secundários. Os pescadores observaram várias mudanças ao longo desse período que influenciaram na atividade pesqueira local, especialmente migração de pescadores catarinenses de arrasto de camarão, introdução de petrechos de pesca mais eficientes, aumento do esforço de pesca de embarcações de médio porte, surgimento de novas oportunidades de trabalho com o crescimento urbano e industrial do município e expansão do turismo. Como conseqüência, houve alterações nos petrechos de pesca e pontos de pesca utilizados, redução na quantidade de pescados capturados e aumento na ocorrência de capturas incidentais de tartarugas marinhas. Os desembarques pesqueiros amostrados foram analisados em dois conjuntos: pescarias provenientes de São Sebastião, especialmente da costa norte (Área 1) e da Costa da Ilhabela, Ilha de Búzios e Ilha Vitória (Área 2). Atualmente existe um predomínio do uso de rede de lanço bitana pelos pescadores de canoas e bateras da Área 1, enquanto o cerco-flutuante e a rede de emalhe de fundo foram os petrechos mais empregados na Área 2. A produção total registrada no período de outubro/2009 a setembro/2010 foi superior na Área 2, assim como a riqueza de espécies de pescados. Na Área 1, apenas quatro grupos de pescados (corvina - Micropogonias furnieri; parati - Mugil curema; tainha - Mugil liza e raias - Rajomorphii) foram responsáveis pela maioria das capturas registradas (71% do total). Dos 29% da produção restante, 11% são caratinga (Diapterus spp.) e canhanha (Archosargus rhomboidalis), pescados de baixo valor comercial e tamanhos menores. Houve ainda relatos de alterações no clima local, principalmente relacionadas a um aumento na instabilidade do tempo. As estratégias adaptativas adotadas pelos pescadores para lidar com as mudanças Sócio ecológicas incluíam principalmente, a procura por novas formas de trabalho (não relacionadas à pesca), a migração para a pesca de arrasto de camarão e o uso de petrechos de pesca multiespecíficos (por exemplo, rede de lanço bitana). A motorização das embarcações, além do alcance de áreas de pesca mais distantes, possibilitou que os pescadores enfrentassem a instabilidade do tempo de forma mais segura do que com embarcações a remo. Apesar da capacidade de se adaptarem demonstrada até o momento, o abandono da pesca artesanal por muitas famílias de pescadores associada ao acesso aos meios de comunicação em massa, pode contribuir para a perda do conhecimento ecológico local e sua transmissão. Essa perda pode comprometer a percepção dos pescadores e as estratégias adotadas para enfrentar as mudanças socioecológicas futuras, afetando conseqüentemente, a capacidade adaptativa da comunidade pesqueira do bairro São Francisco

Abstract: The aim of this study was to investigate how socio-ecological changes affect artisanal fishing and sea turtle bycatch in the São Francisco neighborhood (São Sebastião, São Paulo) and how the fishermen are responding to such changes during the last 60 years. For that, adaptive capacity of complex systems and local ecological knowledge were adopted as theoretical frameworks for data analysis. Data collection consisted of semi-structured interviews with artisanal fishers (those using dugout canoes and batera), participatory mapping, fish landings surveys, direct observation and secondary data analysis. Fishermen observed several changes that influenced local fisheries during the analyzed period, mainly the migration of shrimp bottom trawling fishermen, the introduction of more efficient fishing gears, the increase of fishing efforts of medium-sized vessels, the emergence of new jobs due to urban and industrial growth and tourism development. As a result, fishing gear and fishing areas were modified, the amount of fish catch was reduced and the occurrence of sea turtle bycatch increased. The sampled fish landings were divided in two sets for analysis: fisheries from São Sebastião, particularly the northern coast (Area 1) and from the coast of Ilhabela, Búzios Island and Vitória Island (Area 2). Currently, there is a predominant use of encircling nets (bitana) by dugout canoe and batera fishermen from Area 1, while floating fixed trap nets and bottom gill nets were the most used fishing gears in Area 2. Total production registered between October/2009 and September/2010 was higher in Area 2, as well as the richness of captured species. In Area 1, only four groups of fish (whitemouth croacker - Micropogonias furnieri; white mullet - Mugil curema; mullet - Mugil liza and rays - Rajomorphii) were responsible for most of the recorded catches (71% of total). Mojarra (Diapterus spp.) and Western Atlantic seabream (Archosargus rhomboidalis) represent about 11% out of the 29% remaining production, wich are small sized and low commercial value fish. Fishermen have been perceiving some climate changes, specially an increase in weather instability. The adaptive strategies adopted by artisanal fishermen to deal with socio-ecological changes included searching for new jobs (unrelated to fisheries), shifting to shrimp bottom trawling fishery and using multispecific fishing gear (for example, encircling bitana nets). The motorized vessels allowed the fishermen to face more safely the weather instability when compared to non-motorized canoes, and it also enabled them to reach more distant fishing areas. Despite the demonstrated adapting ability until the present moment, the abandonment of artisanal fishing by many fishing families, associated with urbanization and mass media access, can contribute to loss of local ecological knowledge and its transmission. This loss may compromise fishermen perception and the adopted strategies to address socio-ecological future changes, consequently affecting the adaptive capacity of São Francisco neighborhood fishing community
Subject: Mudanças ambientais
Conhecimento ecológico local
Pesca artesanal
Tartaruga marinha
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bahia_NataliaCristinaFidelis_M.pdf16.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.