Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315791
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Estudo bioquimico, morfologico e morfometrico em orgãos de camundongos infectados pela cepa MC de Trypanosoma cruzi
Title Alternative: Biochimical, morphological and morfometric study in organs from infected mice with the MC strain of Trypanosoma cruzi
Author: Fonseca, Colete
Advisor: Albuquerque, Sergio de
Abstract: Resumo: Estudos histopatológicos e funcionais tem demonstrado inúmeras alterações teciduais em diferentes órgãos promovidas pelas infecções causadas por T. cruzi. Essas alterações estão associadas direta ou indiretamente às características morfológicas das cepas, como formas finas e largas existentes entre as diferentes sub-populações, bem como à interação parasita-hospedeiro. As cepas possuem capacidade de determinar lesões e tropismo tissular diferenciado. Sendo assim, o trabalho em questão teve como objetivo verificar as alterações morfológicas, morfométricas e bioquímicas desencadeadas pelo parasitismo nos tecidos de machos e fêmeas de Mus musculus infectados com 2 x104 formas tripomastigotas da cepa MC de T. cruzi, isolada de Cerdocyon thousazarae por RIBEIRO e BARRETO, 1968. Para a realização desse trabalho, utilizou-se quatro grupos: controle (macho e fêmea) e infectados (macho e fêmea). No pico parasitêmico, ocorrido no 10° dia pós-infecção, foi colhido o sangue desses animais para a análise dos parâmetros bioquímicos (glicose, uréia, creatinina, aspartato-transaminase-TGO, alanina-transaminase-TGP e glutamiltransferase-GGT) e em seguida, esses animais foram mortos e seus órgãos coletados e preparados para a análise histopatológica. Dos resultados obtidos, os parâmetros bioquímicos mostraram alterações dos níveis de glicose no plasma, caracterizando uma hipoglicemia mais acentuada nos machos do que nas fêmeas infectadas com relação aos grupos controle. Valores aumentados de uréia e creatinina foram significativos somente para os machos infectados. Com relação ao TGO, TGP e GGT, valores aumentados também foram observados nos grupos infectados, onde os machos apresentaram maiores níveis desses parâmetros. Essas alterações estão, provavelmente, associadas a parasitemia, a qual foi maior nos machos do que nas fêmeas. O mesmo foi observado com relação à análise histológica e histométrica dos animais infectados. Os machos apresentaram maior parasitismo tecidual e alterações nos valores médios dos parâmetros nucleares quando comparado com o grupo das fêmeas infectadas. Diante desses resultados foi possível concluir que a cepa MC de T. cruzi apresentou características morfológicas intermediárias, evidenciando um tropismo mais acentuado para musculatura cardíaca, fígado e baço, dentre os órgãos avaliados. Sendo assim, as alterações dos parâmetros bioquímicos e histopatológicas observadas possivelmente estão relacionadas com o dimorfismo sexual e características inerentes da cepa em questão

Abstract: Several tecidual alterations have been observed through hystopathological and functional studies in organs, from distinct experimental models infected with different strains of Trypanosma cruzi. Peculiar tecidual tropism, as well as, the ability to cause characteristic lesions in different organs are linked to the type of T. cruzi strains, which are responsible for the wide range of alterations showed during the development of Chagas'disease. The objectives of this work was to verify the morphological and morphometrical alterations, and some biochemical parameters (glucosis, urea, creatinin, aspartate-transaminase-TGO, alanine-transaminase- TGP and glutamiltransferase ¿ GGT). Male and female Mus musculus were infected with 2 x 104 blood trypomastigotes of the MC strain of T.cruzi isolated from Cerdocyon thousazarae (Ribeiro e Barreto, 1968). Animals were divided in four groups: infected males and females and control males and females. On the day of the peak of parasitemia (10° day after infection) animals were killed, blood was collected by heart punch and organs were harvested. Reduced levels of glucosis were observed in both infected groups, with an enhanced drop for infected males in comparison with infected females. Elevated levels of urea and creatinine were found only in infected males. Concerning to TGO, TGP and GGT, infected males also displayed higher serum values when compared to infected females. The hystopathological and histometrical analysis of the organs from infected animals revealed an enhanced tecidual parasitism for males, with bigger amastigote burdens, as well as its nuclear parameters. According to these data we conclude that MC strain of T.cruzi displays an intermediate morphological profile with an accentuated tropism for heart, liver and spleen tissues among all other studied organs. The hystopathological and biochemical data here presented indicate that, the intrinsic features of this strain are directly associated with sexual dimorphism in which steroid hormones certainly play a major role in directing the host's immune response towards a more effective resistance of females to infection
Subject: Trypanosoma cruzi
Histopatologia
Bioquímica
Chagas, Doença de
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fonseca_Colete_D.pdf8.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.