Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315783
Type: TESE
Title: Biologia populacional do poliqueta Polydora neocaeca associado a bancos de Mytella charruana = Population biology of the polychaete Polydora neocaeca associated with Mytella charruana mussel beds
Title Alternative: Population biology of the polychaete Polydora neocaeca associated with Mytella charruana mussel beds
Author: Daolio, Rachel Furioso, 1985-
Advisor: Amaral, Antonia Cecília Zacagnini, 1948-
Abstract: Resumo: Os polidorídeos são poliquetas da família Spionidae cuja característica principal é a presença de cerdas em forma de ganchos no 5° setígero. Algumas espécies habitam fundos não consolidados, enquanto que outras, como Polydora neocaeca, habitam substratos consolidados, podendo ou não perfurar estruturas calcárias como corais e conchas de moluscos. A forma de perfuração é pouco compreendida, existindo hipóteses de que seja mecânica, química ou a combinação desses processos. A infestação raramente causa a morte direta dos hospedeiros, porém os torna suscetíveis a outros parasitas e doenças. Por essa razão, os polidorídeos são considerados pestes pela indústria de moluscos. Polydora neocaeca parasita o mexilhão Mytella charruana que pode ser encontrado formando bancos na região entremarés de praias abrigadas. Dois bancos de M. charruana localizados nas praias do Camaroeiro e da Cidade na enseada de Caraguatatuba (Litoral Norte do Estado de São Paulo) foram estudados de março de 2006 a março de 2007. Na porção central de cada banco, foram traçados transectos perpendiculares à linha d¿água, sendo sorteado mensalmente um de cada banco para amostragem. Em cada transecto, substratos de três níveis foram coletados com o auxílio de um delimitador de 0,04 m² para a triagem dos mitilídeos e dos polidorídeos. O presente trabalho teve como objetivo (1) caracterizar as duas áreas de estudo quanto a variáveis ambientais (perfil praial, salinidade da água intersticial, temperaturas do ar e do sedimento e granulometria, teor de calcário e conteúdo de matéria orgânica do sedimento) e estrutura (densidade de M. charruana); (2) analisar a morfometria dos dois grupos de P. neocaeca (do Camaroeiro e da Cidade); e (3) avaliar a biologia populacional destes, incluindo sua dinâmica, estrutura etária, recrutamento, crescimento e mortalidade. O perfil da praia do Camaroeiro permitiu classificá-la como de dissipativa a intermediária e, o da Cidade, como intermediária do tipo terraço de baixamar. A densidade de M. charruana, o conteúdo médio de calcário e a fração do sedimento de silte + argila foram maiores no banco da Cidade. As demais variáveis foram semelhantes entre os dois bancos. O único modelo de crescimento alométrico que apresentou um bom suporte ás medidas morfométricas dos dois grupos de P. neocaeca foi o modelo de dois segmentos. Esses polidorídeos apresentaram alometria negativa, ou seja, ao longo do seu desenvolvimento o aumento no número total de setígeros é proporcionalmente menor do que o aumento no comprimento total. A largura do setígero 5 foi selecionada como a medida parcial mais adequada para a estimativa do tamanho total dos indivíduos. Apesar da diferença estrutural entre os bancos, P. neocaeca apresentou padrão temporal de recrutamento e parâmetros de crescimento semelhantes entre os dois grupos. Isso sugere que há fluxo gênico (via dispersão) entre eles, tratando-se de uma única população. Porém, a abundância, o tamanho médio da largura do setígero 5 e a longevidade desses polidorídeos foram maiores na Cidade, enquanto que sua mortalidade foi maior no Camaroeiro. Essas diferenças estão mais relacionadas á densidade de mitilídeos hospedeiros (maior no banco da Cidade) do que ás demais variáveis analisadas

Abstract: Polydorids are polychaetes from the Spionidae family whose main characteristic is the presence of modified hooks on the 5th setiger. Some species inhabit soft substrata, while others, such as Polydora neocaeca, inhabit hard substrata, boring or not self-excavated burrows on calcareous structures such as corals and mollusk shells. The boring mechanism is poorly understood and might be mechanical, chemical or the combination of these processes. The infestation rarely causes the direct death of hosts, but makes them susceptible to other parasites and diseases. Thus polydorids are considered as pests by the fishery industry. Polydora neocaeca parasites the Mytella charruana mussel, which can be found forming beds on the intertidal region of sheltered beaches. Two M. charruana beds located at the Camaroeiro and the Cidade beaches from Caraguatatuba Bay (North Coast of São Paulo State) were studied from March 2006 to March 2007. On the central portion of each mussel bed, transects were delimited perpendicular to the waterline, with one from each mussel bed being monthly sampled. On each transect, three levels of substrata were collected with a 0.04 m² corer in order to sample the mytilid and the polydorid individuals. This study aimed to (1) characterize the two sites regarding their environmental variables (beach slope, interstitial water salinity, air and sediment temperatures, and sediment granulometry, calcareous content and organic matter) and structure (M. charruana density); (2) analyze the morphometrics of the two groups of P. neocaeca (Camaroeiro and Cidade); and (3) assess the population biology of these groups, including their dynamics, size structure, recruitment, growth and mortality. The Camaroeiro beach slope enabled its classification as a dissipative to intermediate beach, and the Cidade one, as a low-tide terrace intermediate beach. The M. charruana density, the mean calcareous content, and the silt + clay sediment fraction were higher at the Cidade mussel bed. The other variables were similar between the two beds. The only allometric growth model that showed good support as to the morphometric measures of both P. neocaeca groups was the two segments model. These polydorids showed negative alometry, which indicates that, along their development, the total number of setigers increase is proportionately smaller than the total length increase. The width of the setiger 5 was selected as the most appropriate partial measure for estimating the individuals total size. Despite the structural difference between the mussel beds, P. neocaeca presented similar recruitment temporal pattern and growth parameters between the two groups. This suggests that there is a gene flow (by dispersal) between them, which constitute a single population. However, the abundance, the mean width of the setiger 5 and the longevity of these polydorids were higher at Cidade, whereas their mortality was higher at Camaroeiro. These differences are more related to the host density (higher at the Cidade mussel bed) than to the other analyzed variables
Subject: Poliqueta
Mytilidae
Morfometria
Dinâmica populacional
Animais - Crescimento
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Daolio_RachelFurioso_M.pdf2.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.