Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315737
Type: TESE
Title: Utilização de recursos e potencial reprodutivo dos leptodactilideos (Amphibia-Anura) de uma floresta semidecidua de altitude no sudeste do Brasil
Author: Giaretta, Ariovaldo Antonio
Advisor: Cardoso, Adão Jose, 1951-1997
Abstract: Resumo: Desenvolvi a parte de campo deste estudo no Parque Florestal do Itapetinga (46º25'W; 23º10'S, 900-1100 metros acima do nível do mar, aprox. 1600 mm de chuvas por ano), Município de Atibaia, Estado de São Paulo, Brasil. Esta localidade, incrustada nos contrafortes da Serra da Mantiqueira, abriga cerca de 1800 ha de Floresta Semidecídua de Altitude relativamente bem conservada. O clima local é caracterizado por duas estações bem definidas, uma quente e úmida, de setembro a março e outra fria e seca, de abril a agosto. Os principais corpos d'água naturais são pequenos riachos de serra e poças formadas em braço morto de rio. Efetuei viagens semanais regulares durante um ano, de 25/6/1992 a 29/6/1993, e considerei também dados coletados em 10 viagens preliminares e mais 17 complementares ao referido período. Trabalhei no campo principalmente à tarde e à noite e, em algumas viagens, cheguei ao local antes do nascer do sol. Estudei as espécies de anuros pertencentes à família Leptodactylidae quanto às seguintes dimensões de recursos reprodutivos: Macrohabitat, microhabitat, turno diário e sazonalidade. Crossodactylus sp. E Hylodes sp. foram também estudados quanto a fidelidade ao sítio de canto e capacidade de domiciliação. Utilizando Análise Multivariada comparei as espécies quanto às seguintes características eco1ógico-reprodutivas: dimensões de recurso produtivo; comportamento; potencial reprodutivo (fecundidade) . Treze espécies de Leptodactilideos foram identificadas e estudadas, as quais são: Crossodactylus sp. , Eleutherodactylus guentheri, Eleutherodactylus gr. guentheri, E. juipoca, E. parvus, E. randorum, Hylodes sp., Leptodactylus cf. ocellatus, Megaelosia sp., Odontophrynus americanus, Physalaemus cuvieri, P. olfersii e Procexatophrys boiei. As três espécies de Hylodinae ainda não têm nome científico disponível. Considerei a espécie de Megaelosia do Parque em perigo de extinção devido às suas especializações biológicas, seu provável endemismo e às ameaças de degradação ambiental na área. A sazonalidade climática local teve grande influência na temporada de reprodução das espécies, com uma maior concentração de atividade na época quente e chuvosa (out-jan.). Reconheci 4 modos reprodutivos entre as treze espécies de leptodactilídeos do Parque. A Análise de agrupamento sugeriu pares de espécies (como Crossodactylus sp. X Hylodes sp.), semelhantes na forma de utilização de recursos e características reprodutivas. A Análise de Ordenação sugeriu a existência de 3 guildas, as quais são: 1) Espécies de Riacho de Interior de Mata (composta pelos Hylodinae), 2) Espécies de Corpos D'água Temporários (Leptodactilinae e Odontophrynini) e 3) Espécies com Desenvolvimento Larvário Direto (Eleutherodactylus spp). Alguns atributos gerais das guildas acima são: 1 - Hábitos diurnos, elementos comportamentais de defesa territorial, fidelidade ao sítio de canto, fecundidade média/baixa e ovos relativamente grandes; 2 - Relação com área aberta ou borda de mata, fecundidade média/alta, ovos pigmentados (exceto Physalaemus spp.), agregação entre machos formando coros, ausência de canto agressivo em resposta ao "playback" do canto de anúncio; 3 - Sítio de vocalização distante de corpos d'água, poleiros como sítio de vocalização (exceto E. parvus), fecundidade baixa, ovos grandes despigmentados e postos em terra. Indivíduos de duas espécies de Hylodinae (Crossodactylus sp. e Hylodes sp.) mostraram, em testes de campo, fidelidade ao seu sítio de canto e capacidade de domiciliação. Além do levantamento de informações biológicas básicas este trabalho permitiu o reconhecimento de guildas reprodutivas, dentro das quais fenômenos de interação interespecíficas (eg. hibridação) teriam maiores chances de poderiam ocorrer

Abstract: The field work of this study was done at the "Parque Florestal do Itapetinga (PFI)" (46º25'W; 23º10'S; between 900-1100m above the sea level; about 1600mm of annual rainfall), Municipality of Atibaia, São Paulo State, Southeastern Brazil. The PFI is lied in Serra da Mantiqueira and has about 1800 ha. of "Altitudinal Semideciduous Forest", relatively well apreserved. This environment is characterized by two defined seasons, one warm and wet (September-March) and another cold and dry (April-August). Natural water bodies are oxbow ponds and small clear water streams. I visited the area weekly from 25/6/1992 to 29/6/1993, and also worked on data collected during 10 preliminary and 17 complementary journeys. The species of Leptodactylidae were studied in regard too four resource dimensions: Macrohabitat; Microhabitat; Daily turn and Seasonality. Crossodactylus sp. And Hylodes sp. were also investigate in their abilities on homing behavior and site fidelity. I used Multivariate Analysis to compare the species in relation to their ecological and reproductive characters, such as reproductive resource dimension, behaviour, reproductive potential (fecundity). Thirteen species of Leptodactylids were identified and studied, namelly: Crossodactylus sp. , Eleutherodactylus guentheri, Eleutherodactylus gr. guentheri, E. juipoca, E. parvus, E. randorum, Hylodes sp., Leptodactylus cf. ocellatus, Megaelosia sp. , Odontophrynus americanus, Physalaemus cuvieri, P. olfersii and Proceratophrys boiei. The three species of Hylodinae have not been described yet. I considered the species of Megaelosia endangered due to its biological specializations, probablebly endemism and local forest degradation. The seasonality had high influence in breeding patterns, with the majority of species in reproductive activity from September to March (during the warm and wet station). Four reproductive modes were found among the 13 leptodactilid species from PFI. The cluster analysis suggested "Pairs of Species", such as Crossodactylus sp. And Hylodes sp., similar in resource utilization and reproductive characters. The Principal Coordenate Analysis suggested the existence of three reproductive guilds: 1) Stream Species (Hylodinae); 2) Temporary pond species (Leptodactylinae and Odontophrynini) and 3 ) Species With Direct Development (Eleutherodactylus spp. ) . Some general features of guilds mentioned are: 1) Diurnal habits, territoriality, site fidelity, homing behavior, medium/low fecundity, large and unpigminted eggs; 2). Lack of vocal aggressive response to playback, medium/high fecundity, pigmented eggs (except Physalaemus spp.), aggregation between males to vocalization, related to open areas and forest edges; 3) Vocalization site distant from water, call perched on leaves or branches on low vegetation (20-130cm) (except E. parvus), low fecundity, large and pigment-less eggs, deposited on the soil. Individuals of two species of Hylodinae (Crossodactylus sp. and Hylodes sp.) showed site fidelity and homing behavior in field tests. This work provide basic data about the leptodactylid frogs of the PFI as well as allowed me recognize three reproductive guilds among which interespecific interactions (e.g. hybridization) are more likely to occur
Subject: Anfibio - Reprodução
Anuro - Reprodução
Nicho (Ecologia)
Ecologia florestal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1994
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Giaretta_AriovaldoAntonio_M.pdf7.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.