Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315722
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Diversity, distribution and conservation of anurans from coastal plains of São Paulo state, Southeastern Brazil
Title Alternative: Diversidade, distribuição e conservação de anfíbios anuros das planícies costeiras do estado de São Paulo, Sudeste do Brasil
Author: Luiz, Amom Mendes, 1987-
Advisor: Sawaya, Ricardo Jannini
Abstract: Resumo: Indivíduos e espécies não são distribuídos aleatoriamente no espaço. Consequentemente, as metacomunidades formadas por tais organismos também apresentam uma organização espacial. Associado a isso, poucas espécies conseguem se distribuir na maioria dos ambientes possíveis. Portanto, as metacomunidades possuem uma variação em sua composição que pode ser espacialmente organizada, ou seja, existem locais que são mais similares em termos de composição de espécies do que outros. Robert Whittaker nomeou esse fenômeno como o componente beta da diversidade, ou simplesmente, diversidade beta. Entender quais processos geram e mantêm os padrões espaciais da diversidade beta é, portanto, uma questão central em ecologia de comunidades, além de auxiliar na proposição de formas apropriadas de manejo e conservação. O objetivo deste estudo foi descrever padrões de diversidade beta de anfíbios anuros das planícies costeiras do Sudeste do Brasil e investigar os possíveis processos que influenciam os padrões de diversidade detectados. A dissertação está dividida em dois capítulos. No primeiro capítulo, descrevo a diversidade beta de anuros da região de estudo e avalio como esses padrões estão protegidos atualmente, por unidades de conservação. No segundo capítulo, busco entender como múltiplos preditores poderiam estar relacionados com a variação na composição de espécies da região de estudo, dado o embasamento teórico e empírico da potencial influência de tais preditores sobre a diversidade de anuros. Os resultados do primeiro capítulo mostraram que existe um padrão claro de organização espacial na diversidade beta, estruturada em três áreas de forma congruente com a história geomorfológica da região. Os resultados evidenciam ainda, que a atual rede de unidades de conservação inclui padrões de diversidade beta semelhante às áreas não protegidas. No entanto, a representatividade dessas unidades em termos de área (~ 4000 km²) é pequena (11.3%). Os resultados do segundo capítulo demonstram a importância de diferentes preditores, incluindo clima, história geomorfológica e processos espaciais em diferentes escalas, para explicar a variação espacial da composição de espécies de anuros. Dentre esses preditores, as unidades geomorfológicas foram predominantemente importantes para explicar a diversidade beta. No entanto, outros processos que foram também importantes para a estruturação das comunidades, como o gradiente climático presente dentro das unidades geomorfológicas, possivelmente gerados pela estrutura geomorfológica da região e pela presença da Serra do Mar. Nossos resultados podem apresentar implicações práticas relacionadas à escolha de potenciais áreas para a conservação das planícies costeiras do Sudeste brasileiro. Tendo em vista a conservação dos padrões de diversidade beta e de seus processos subjacentes, associado à falta representatividade de em termos de tamanho de áreas protegidas na porção central do litoral paulista, sugerimos que tais áreas sejam priorizadas no planejamento e implementação de novas unidades de conservação

Abstract: Individuals and species are not randomly distributed in space. Hence, the communities composed by these species also show a spatial organization. Moreover, only few species can occur in many of the available environments. Therefore, the communities present a variation in their composition which can be spatially structured, that is, there are sites more similar each other in terms of species composition than other ones. Robert Whittaker named this phenomenon as the beta component of diversity or, simply, the beta diversity. The understanding of which processes generate and maintain beta diversity is a central question of the community ecology, also helping in the proposing and applying proper ways to its conservation and management. The aims of this study were to describe the anuran beta diversity patterns of coastal plains from southeastern Brazil and assess potential processes which influence such patterns. This study comprises two chapters. In the first one, I described aspects of the anuran beta diversity in the study region and evaluated how these patterns are protected in conservation units. In the second one, I seek to understand how multiple predictors could be related with the variation in species composition, given the theoretical and empirical framework on the influence of such predictors upon anuran diversity. The results of the first chapter showed a clear spatial pattern in the variation of species composition divided in three main areas that are congruent with the geomorphological history of the region. Still, we showed that the actual network of protected areas include similar beta diversity patterns to unprotected areas. However, the representativeness of these conservation units defined as the covered area (~ 4000 km²) is very small (11.3%). The results of the second chapter demonstrated the relative importance of distinct predictors, including climate, geomorphological history and spatial scales, to explain the spatial variation of the anuran species composition. The beta diversity is mainly associated with spatial structure of geomorphological units. However, other processes are also important in structuring anuran communities, such as climatic gradients possibly related to the geomorphological structure and the presence of Serra do Mar range and also broad scale processes. Our results have practical implications related to the choice of potential areas to coastal plains conservation in southeastern Brazil. In order to conserve the beta diversity patterns and their related processes, associated to unequal representativeness defined by the size area of protected areas, mainly on the central portions of São Paulo state coast, we suggested these areas as priorities in the planning and implementing of new conservation units
Subject: Diversidade beta
Anuro
Restingas
Ecologia de comunidades
Geomorfologia
Language: Multilíngua
poreng
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Luiz_AmomMendes_M.pdf2.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.