Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315674
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Desenvolvimento floral e expressão sexual em espécies de Ficus L. (Moraceae)
Title Alternative: Floral development and sex expression in species of Ficus L. (Moraceae)
Author: Basso-Alves, João Paulo, 1985-
Advisor: Teixeira, Simone de Pádua
Abstract: Resumo: A ausência de um dos verticilos reprodutivos em algumas flores pode decorrer da perda ou supressão de primórdios, o que pode ser elucidado por meio de estudos morfológicos do desenvolvimento floral. Ficus L. é um ótimo modelo para estes estudos, uma vez que possui representantes com sistemas sexuais diversos. Assim, o presente trabalho teve por objetivo comparar a morfologia da flor em desenvolvimento em Ficus citrifolia (monóica), F. hispida (ginodióica), F. racemosa (monóica secundária) e F. religiosa (monóica), a fim compreender as vias ontogenéticas que promovem a condição flor imperfeita. Para tal, sicônios em diversos estádios de desenvolvimento foram coletados, fixados em FAA 50, dissecados em lupa e preparados para observações de superfície em microscopia eletrônica de varredura (MEV) e histológicas em microscopia de luz. A organização dos meristemas florais e das flores no interior do sicônio é muito congesta na maioria das espécies estudadas, sendo menos acentuada em F. hispida (ginodióica). Diferenças no tempo de emergência dos meristemas e de alongamento do pedicelo em flores carpeladas foram observadas nas espécies monóicas (F. citrifolia, F. racemosa e F. religiosa) e parecem ser cruciais para a formação da heterostilia incompleta, típica de espécies monóicas deste gênero. As flores carpeladas de todas as espécies exibiram formação de sinestigma ao final do desenvolvimento (exceto aquelas do sicônio produtores de galha em F. hispida). Nossos dados, comparados aos de literatura, indicam que a ausência de estames nas flores carpeladas, tanto em espécies monóicas quanto em ginodióicas de Ficus, deve-se a um processo de perda, ou seja, os primórdios de estames não são iniciados no meristema floral. As flores estaminadas de F. hispida apresentaram supressão carpelar. A perda de primórdios estaminais é difundida no gênero e em Moraceae; já o carpelo pode ser perdido ou suprimido nestes grupos. Aspectos do desenvolvimento floral também são discutidos em relação à reprodução e biologia floral de Ficus

Abstract: The absence of reproductive organs in some flowers may ontogenetically arise by organ loss or suppression. Ficus L. is an interesting model for floral developmental studies, due to its diversity in sexual systems. The aim of this study was to compare the morphology of the floral development in Ficus citrifolia (monoecious), F. hispida (gynodioecious), F. racemosa (secondary monoecious) and F. religiosa (monoecious), to help understanding the ontogenetic pathways that promote the condition "imperfect flower". Thus, figs at various developmental stages were collected, fixed in FAA 50 and prepared for surface (scanning electron microscopy) and histological observations (light microscopy). The organization of the floral meristem and flowers inside the syconium is quite compressed, although F. hispida (gynodioecious) exhibits a less compressed floral arrangement inside the syconium. Variation in meristem inception time and pedicel elongation were observed in carpellate flowers of monoecious species (F. citrifolia, F. racemosa and F. religiosa) and should be crucial for establishment of incomplete heterostyly. The carpellate flowers of all species showed a sinstigma in the later developmental stages (except the gall-producing syconium in F. hispida). The staminate flowers of F. hispida showed carpel suppression. Our data, compared with those in the literature, indicate that the absence of stamens in carpellate flowers is due to loss of stamen primordium, both in gynodioecious and monoecious species. This condition is present in the genus and in Moraceae as a whole, while the carpel primordium may be lost or suppressed in this group. Aspects of floral development observed in Ficus are discussed in relation to their systematic and reproductive biology
Subject: Ginodioicia
Ficus (Botanica)
Ontogenia
Monoicia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Basso-Alves_JoaoPaulo_M.pdf5.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.