Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315673
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Embriologia de Miconia albicans (Sw.) Triana (Melastomataceae), especie agamospermica
Title Alternative: Embriology of Miconia albicans (Sw.) (Melastomataceae), agamospermous species
Author: Cortez, Priscila Andressa, 1980-
Advisor: Carmello-Guerreiro, Sandra Maria, 1963-
Abstract: Resumo: Miconia albicans (Melastomataceae) mostrou-se uma espécie com agamospermia obrigatória do tipo diplosporia e viabilidade polínica nula em populações do Cerrado e da Floresta Atlântica. A inviabilidade polínica não esteve restrita a um único estádio de desenvolvimento dos andrófitos e a principal anormalidade observada nas anteras de flores em pré-antese foi a deformidade das células reprodutivas, principalmente aquelas em estádio de andrósporos livres. A intensa vacuolação das células androsporogênicas e tapetais, bem como a precoce degeneração das células do tapete, podem ser características relacionadas à esterilidade masculina da espécie. A ontogenia dos estratos parietais diferiu da observada em outros membros do gênero, corroborando a sua classificação como irregular. Anteras em estádio de pré-deiscência apresentaram a região de deiscência coberta por uma provável epiderme com características distintas daquela observada no restante da mesma. Diferenças ambientais foram observadas apenas na quantidade de células encontradas nas anteras de flores em pré-antese, cerca de 50% maior nos indivíduos provenientes do Cerrado. A ontogenia do óvulo e do ginófito se assemelhou àquela observada em outras espécies do gênero, exceção feita a divisão da célula arquesporial e a supressão da meiose em M. albicans. Os embriões agamospérmicos foram originados no interior do ginófito, a partir da oosfera ou de uma das duas sinérgides. Evidências sugerem que o endosperma autônomo do tipo nuclear foi originado por expansões de cada um dos núcleos da célula central, e não por sua fusão. A porcentagem de aborto de óvulos na espécie foi de cerca de 50% e as sementes maduras produzidas apresentaram uma porcentagem de germinação bastante variável, provavelmente em decorrência da alta incidência de fungos observada nos experimentos realizados. Os frutos formados em botões florais apresentaram características semelhantes às observadas nas demais unidades, incluindo a viabilidade das sementes

Abstract: Miconia albicans (Melastomataceae) is a species with diplosporic obligate agamospermy and no pollen viability in ¿Cerrado¿ and Atlantic Forest vegetations. The sterility of pollen grains wasn¿t restricted to one developmental stage and the major abnormality of the cells from pre-anthesis flower anthers was the deformation of the reproductive cell wall, mainly in the free microspore stage. Intense vacuolation of both sporogenous and tapetal cells as well as the precocious degeneration of the tapetal cells may be related to male sterility in this species. The ontogeny of the parietal layers was different from that observed in another species of the genus and was in agreement with its classification of irregular type. The anthers in predehiscence stage showed the dehiscence region probable closed with an epidermis with papilous cells, differently from that observed in the another anther regions. Ambient differences were restricted to the number of cells observed in the pre-anthesis anthers, which was about 50 percent up in the Atlantic Forest vegetation in relation to the Cerrado one. The ovule and embryo sac ontogeny was similar to that observed in another species of the genus, except for the division of the arquesporic cell and the suppression of the meiotic division during the gametogenesis, both observed only in M. albicans. The agamospermous embryos were originated in the embryo sac from the egg cell or one of two synergids. Evidence suggested that the nuclear autonomous endosperm was originated from expansions in both nucleus of the central cell, and not from the fusion of both. The percentage of ovule abortion was about 50 percent and the mature seeds showed a variable germination percentage probably due to fungi incidence which occurred in the seeds from both environments. The ontogenetic characteristics observed in fruits from both floral buds and flowers were similar, as well as the seeds viability
Subject: Melastomataceae
Apomixia
Agamospermia
Esporogenese
Gametogenese
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CORTEZ, Priscila Andressa. Embriologia de Miconia albicans (Sw.) Triana (Melastomataceae), especie agamospermica. 2007. 149f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315673>. Acesso em: 9 ago. 2018.
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cortez_PriscilaAndressa_M.pdf139.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.