Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315663
Type: TESE
Title: Absorção, eficiência de uso e partição do fósforo em plantas cítricas
Title Alternative: Uptake, use and partitioning of phosphorous in citrus plants
Author: Zambrosi, Fernando César Bachiega
Advisor: Furlani, Pedro Roberto
Abstract: Resumo: A restrição ao desenvolvimento das mais variadas culturas agrícolas, devido à deficiência por fósforo (P), é uma condição comum na agricultura brasileira, incluindo a atividade citrícola. Estudos detalhados da nutrição fosfatada podem contribuir para auxiliar no manejo dessas plantas em solos com baixa disponibilidade do nutriente. Desta maneira, foram desenvolvidos quatro experimentos em condições de casa-de-vegetação, utilizando-se como ferramentas: a avaliação da atividade da fosfatase ácida, o fracionamento de P nas folhas, o emprego do radioisótopo 32P para estimativas de absorção e remobilização, medidas de crescimento e eficácia de uso de P, além da avaliação de forma da forma reduzida de P (fosfito, Phi) como fonte do nutriente. Para estes estudos, porta-enxertos cítricos (PE) (limão 'Cravo', citrumelo 'Swingle', tangerinas 'Cleópatra' e 'Sunki', citrange 'Carrizo' e 'Smooth Flat Seville') e combinações copa/porta-enxerto (laranja 'Pêra' sobre tangerina 'Cleópatra' ou limão 'Cravo') foram combinados com variado suprimento e/ou fonte de P. Houve diferenças de crescimento e estado nutricional por P entre os PE, mas todos eles responderam positivamente ao suprimento do nutriente. O limão 'Cravo' foi o PE mais eficiente para a absorção e utilização de P. A atividade da fosfatase ácida nas folhas (AFAF) e nas raízes (AFAR) dos PE foi negativamente correlacionada com os teores de P nesses órgãos. AFAF confirmou a deficiência por P nestas plantas, enquanto que AFAR contribui provavelmente para diferenças na eficiência de absorção de P. As faixas de teores máximos das frações de P nas folhas correspondem à: 1,25-1,32; 0,29-0,50; 0,68-0,83 e 2,5-3,2 g kg-1, para Pi, P-éster, P-ácido nucléico e P-total, respectivamente. A distribuição mais homogênea do fertilizante fosfatado no solo deficiente apresentou potencial para maximizar a absorção do nutriente e respostas de crescimento da laranjeira 'Pêra' enxertada sobre tangerina 'Cleópatra' ou limão 'Cravo'. A planta 'Pêra'/'Cravo' apresentou maior crescimento vegetativo, incluindo o sistema radicular, além de ter sido mais eficiente para absorção e acúmulo de P do que a combinação 'Pêra'/'Cleópatra'. Por outro lado, esta última combinação apresentou maiores taxas de remobilização do nutriente, sendo mais dependente das reservas internas de P para atender a demanda dos novos fluxos de crescimento. Esta constatação esteve de acordo com a maior AFAF das plantas 'Pêra'/'Cleópatra'. As plantas deficientes por P apresentaram maiores taxas e eficiência de absorção do nutriente após o ressuprimento. Houve alta participação do P remobilizado (média de 92%) nos novos fluxos de crescimento, mesmo com o suprimento adequado do nutriente na solução nutritiva. Embora os teores foliares de P-total dos PE citrange 'Carrizo' e 'Smooth Flat Seville' tenham sido incrementados com o uso de fosfito, isto não resultou em ganhos de biomassa vegetal. Desta maneira, o Phi demonstrou não ser uma fonte de P para plantas cítricas, comprometendo o crescimento, nutrição, eficiência e utilização de nutrientes e a assimilação de CO2

Abstract: The low phosphorus (P) availability is often a growth-limiting to a number of crops growing in Brazil, including citrus plants. Therefore, we expected that studies about P citrus nutrition could be useful to improve the management of these plants at low-P soils. Therefore, four experiments were carried out under greenhouse conditions. As strategy, acid phosphatase activity, P fractions in the leaves, the rate of P uptake and remobilization using 32P isotopic technique, growth parameters and P use efficiency as well as phosphite (a reduced form of P, Phi) as source of P were evaluated. For these studies, citrus rookstocks varieties (CRV, 'Cleopatra' mandarin, 'Rangpur' lime, 'Sunki' mandarin, 'Swingle' citrumelo, 'Carrizo' citrange and 'Smooth Flat Seville') and scion/rootstocks combinations ('Pêra' sweet Orange on 'Cleopatra' mandarin or 'Rangpur' lime) were seleted and combined with P supply and/or source. There were differences on plant growth and P nutrition of citrus rootstocks. But all of them responded positively to phosphorus supply. The 'Rangpur' lime rootstock showed the highest phosphorus uptake and utilization efficiency. Acid phosphate activity in the leaves was negatively related with P concentration and it comproved severe P deficiency of CRV. Differences in APA in the roots might contribute to variation on phosphorus uptake efficiency among CRV. The maximum values of P fractions in the leaves of CRV corresponded to: 1,25-1,32; 0,29-0,50; 0,68-0,83 and 2,5-3,2 g kg-1, for Pi, Péster, P-acid nucleic and P-total, respectively. More homogenous P fertilizer placement in the soil favored nutrient uptake and growth responses of 'Pêra' on 'Cleopatra' and 'Rangpur'. 'Pêra'/'Rangpur' plants growth more (including root system) and were more efficient in P uptake and meeting P requirements than 'Pêra'/'Cleopatra'. This latter scion/rootstock combination showed higher P remobilization and dependence of stored P pools to meet plant's demand. This result is in agreement with the higher APA in the mature leaves of 'Pêra'/'Cleopatra' than in 'Pêra'/'Rangpur'. The rate and phosphorus uptake efficiency were stimulated by P deficiency, while relative remobilization was reduced after P ressuply. Regardless of P avaibility in the nutrient solution, there was elevated contribution of remobilized P (average 92%) in the new shoot growth. Although the total P foliar concentration of 'Carrizo' citrange and 'Smooth Flat Seville' was increased by phosphite, this did not translate into plant growth. Phosphite use was harmful to plant growth, nutrient utilization efficiency and net gás Exchange. So, the use of phosphite did not meet the P requirements by citrus
Subject: Fósforo
Cítricos
Porta-enxertos
Nutrição mineral
Fosfitos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Zambrosi_FernandoCesarBachiega_D.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.