Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315659
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Biologia da polinização em orquideas nativas da região sudeste do Brasil
Author: Singer, Rodrigo Bustos
Advisor: Sazima, Marlies, 1944-
Abstract: Resumo: Estudou-se a biologia da polinização em vários grupos de orquídeas nativas da região sudeste brasileira. De um modo geral, as orquídeas terrestres da tribo Cranichideae (localmente representada pelas subtribos Goodyerinae, Prescottinae e Spiranthinae) mostraram-se autocompatíveis, mas polinizador-dependentes. Relata-se pela primeira vez a ocorrência de protandria na subtribo Prescottinae (Prescottia stachyodes), bem como em algumas espécies nativas das subtribos Spiranthinae (Sauroglossum elatum) e Goodyerinae (Erythrodes arietina). Foi verificada a polinização por beija-flores em Stenorrhynchos lanceolatus (Spiranthinae). A polinização por mariposas foi documentada em Sauroglossum elatum (Spiranthinae), bem como em Prescottia plantaginea e Prescottia stachyodes (prescottinae). A polinização por abelhas foi documentada para algumas espécies dos gêneros Cyclopogon, Pelexia e Sarcoglottis (Spiranthinae), bem como para Aspigogyne longicornu, Erythrodes arietina (Goodyerinae) e Prescottia densiflora (prescottinae). Documentou-se. a polinização por mariposas e Tipulideos (Diptera) em Habenaria parviflora (Habenarinae). Esta ultima espécie mostrou-se também autocompatível, mas polinizador-dependente. Tanto em Habenaria parviflora quanto nas orquídeas da tribo Cranichideae estudadas, um conjunto de caracteres morfológicos (textura friável do polinário, superficies estigmáticas amplas) favorece a polinização cruzada. O estudo da interação entre abelhas Euglossini (Apidae) e orquídeas da subfamília Epidendroideae na região de Picinguaba (Litoral Norte do Estado de São Paulo), mostrou que as abelhas Euglossa (em particular do subgênero Glossura) são localmente mais importantes no que diz respeito a polinização de oprquídeas nativas

Abstract: The pollination biology of diverse orchid groups native in southeastem Brazil was studied. In general, the species belonging to tribe Cranichidae (locally represented by subtribes Goodyerinae, Prescottinae and Spiranthinae) showed to be self-compatible, but pollinatordependent. Protandry is reported for the first time in subtribe Prescottinae (Prescottia stachyodes), and in a few species in subtribes Spiranthinae (Sauroglossum elatum) and Goodyerinae (Erythrodes arietina). Hummingbird pollination was verified in Stenorrhynchos lanceolatus (Spiranthinae). Moth-pollination was documented in Sauroglossum elatum (Spiranthinae), Prescottia plantaginea and Prescottia stachyodes (Prescottinae). Bee pollination was reported in some species of the genera Cyclopogon, Pelexia , Sarcoglottis (Spiranthinae), Aspigogyne longicornu, Erythrodes arietina (both, Goodyerinae) and Prescottia densiflora (Prescottinae). Pollination by moths and Tipulid crane-flies (Diptera) was reported in Habenaria parviflora (Habenarinae). The latter orchid species was also recorded as self-compatible but pollinator-dependent. Either in Habenaria parviflora or in the species belnging to the tribe Cranichideae, a set of morphological characters (pollinarium granular/sectile texture, wide stigmatic surfaces) favour crosspollination. The study of the interaction between Euglossini (Apidae) bees and the Epidendroideae orchids they pollinate in the region of Picinguaba (Northem Coastal São Paulo State), showed that the bees of the genus Euglossa (particularly these of subgenus Glossura) are locally more relevant in orchid poHination
Subject: Orquídea
Polinização
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Singer_RodrigoBustos_D.pdf2.99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.