Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315623
Type: TESE
Title: Fisiologia do crescimento em Hippeastrum hybridum cv. apple blosson : relações fonte - dreno
Author: Stancato, Giulio Cesare
Advisor: Magalhães, Antonio Celso Novaes de, 1937-2001
Magalhães, Antonio Celso N.
Abstract: Resumo: Com o objetivo de conhecer o particionamento da matéria seca em duas fases do ciclo de Hippeastrum hybridum cv. apple blossom através de índices fisiológicos de crescimento e metabolismo de carboidratos no orgão de reserva, foram montados dois ensaios: 1. crescimento de bulbilhos através de propagação pelo método de escama dupla, em estufim. Os resultados obtidos nesse ensaio permitem, dentre outras, as seguintes conclusões (i) ocorre transferência das reservas das escamas interna e externa para a formação do bulbilho, folhas e raízes em todos tratamentos, sendo que a escama externa cede mais material; (ii) numa primeira etapa (62 dias), nos três tratamentos, as reservas contidas na escama dupla são responsáveis pelo desenvolvimento do bulbilho. Na segunda etapa do processo de propagação tratamento notam-se diferenças entre os tratamentos. Os bulbilhos do tratamento luz mostraram intenso crescimento enquanto os bulbilhos mantidos no escuro acumularam matéria seca 48.5% menos quando comparado ao tratamento de luz. Os bulbilhos transferidos do escuro para a luz responderam rapidamente à condição de irradiância, e tiveram a taxa de acúmulo de matéria seca aumentada a partir dos 62 DAP. 2. crescimento de bulbos de um ano sob o efeito de sombreamento e plena irradiância, em casa de vegetação. Sob a óptica do particionamento da matéria seca, em dois níveis de irradiância, conclui-se que: (i) inicialmente o bulbo atua como fonte de assimilados, que resultam da mobilizatão das reservas do órgão subterrâneo; (ii) os resultados das análises dos teores de carboidratos nos bulbos permitem avançar algumas conclusões sobre a dinâmica das relações fonte: dreno das plantas, sendo que na fase fonte do orgio de reserva ocorreu intensa hidrólise, principamente de amido, e mobilização de açucares para os drenos em desenvolvimento; posteriormente esse fluxo foi revertido em tôrno dos 50 DAP para o tratamento plena luz e 76 DAP no tratamento sob sombrite 50% (iii) sob cultivo com baixos níveis de irradiância o crescimento do bulbo foi prejudicado, já que por um período, folhas e bulbo competiram por assimilados, como consequência das alterações no particionamento de matéria seca sob estas condições; (iv) Dos valores de RAF e AFE pode-se inferir que em ambos tratamentos houve uma fase de grande expansão foliar, como resultado do aumento de temperatura e grande demanda exercida pelas folhas, com valores maiores no tratamento sombrite 50%, para o estabelecimento do aparelho fotossintetizador

Abstract: The partitioning of dry matter and carbon fractions in two stages of development of Hippeastrum hybridum cv. apple blossom, were studied in relation to growth irradiance regimes, in the greenhouse. The analysis of growth of twin scaIe propagated bulbils, subjected to full sunlight, continuos darkness, and dark-light transition, indicated the occurrence of an active transfer of reserves from both external and internal scales to the developing bulbils, leaves and roots. In the first 62 days of growth bulbil development was entirely dependent on scale's reserves, irrespective the imposed treatments. During the second period dark-grown bulbils accumulated 48.5% less dry matter compared with the light exposed ones, while the bulbil that have been transferred from darkness to full irradiance showed a rapid growth response similar to the light treatment. The second set of experiments considered the growth analysis of one year old bulb propagated plants, under full and 50% irradiance treatments. Our data showed that during the initial phase of development, the underground storage organ, the bulb, functions as an efficient source of assimilates that rapidly mobilizes reserves for shoot and root growth. Actually, during this phase the starch reserves, as well as the soluble sugars are intensively mobilized to the developing leaves. This flux is reversed as the plants reach the 50th day after planting, in the full irradiance treatment, and the 76th day in the shaded plants. Under low irradiance level it was observed a decrease of final bulb growth, accompanied by larger leaf expansion, as indicated by the high values of leaf Area Ratio (lAR) and Specific leaf Area (SlA)
Subject: Fisiologia vegetal
Plantas - Desenvolvimento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1993
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Stancato_GiulioCesare_M.pdf2.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.