Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315622
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Influencia da irradiancia e do nitrogenio na fotossintese e crescimento de plantas jovens de cafe (Coffea arabica)
Author: Fahl, Joel Irineu
Advisor: Magalhães, Antonio Celso Novaes de, 1937-2001
Novaes, Antonio Celso
Abstract: Resumo: A taxa de fotossíntese aparente foi estudada em folhas intactas de plantas jovens de café, cultivadas em vasos contendo uma mistura de terra e composto, e mantidas em casa de vegetação. As medidas da concentração de C02 no ar efetuadas por cromatografia de gás com detecção por condutividade térmica, mostraram linearidade na resposta dentro da faixa estudada (200 a 340 vpm) e um grau de precisão da ordem de 1°/°°. A otimização da metodologia para estudo da fotossíntese em folhas intactas de plantas de café mostrou que as taxas máximas de fotossíntese aparente e sua estabilização são alcançadas após duas horas de exposição à luz, e em velocidade de fluxo de ar na Câmara de Assimilação de Co2 (CAC) de 1,20 cm.s-1. Valores máximos e estáveis na taxa fotossintética em folhas aclimatadas por um período de duas horas de exposição a condições ambientais (luz e temperatura) semelhantes às de medidas, foram obtidas 15 minutos após a colocação da folha na CACo A taxa fotossintética em função da idade fisiológica da folha se caracteriza por apresentar valores baixos em folhas em expansão (par + 1), atingindo valores máximos em folhas recém expandidas (par + 2), declinando posteriormente com a idade (pares + 3 e + 4). Os teores de nitrogênio total e de clorofilas (a, b e protoclorofila), aumentaram até a expansão total da folha (par + 2) e permaneceram aproximadamente constantes nas folhas fisiologicamente mais maduras (pares + 3 e + 4). Com relação à influência de níveis de irradiância de nitrogênio no crescimento da planta, verificou-se que a suplementação nitrogenada causou aumento na altura da planta, área foliar, número de pares de folhas presentes e matéria seca das folhas, independente da irradiância durante o crescimento, enquanto que o peso foliar específico de plantas crescidas a pleno sol foi sensivelmente maior em relação às plantas crescidas à sombra (50% da luz solar), independente da disponibilidade de nitrogênio. A espessura total da folha rias plantas crescidas pleno sol foi 11% maior comparada às plantas de sombra, em a decorrência, principalmente, do aumento nas dimensões dos parênquimas paliçádico e lacunoso. A quantidade de tilacóides por granum, e o número de grana por cloroplasto, aumentaram consideravelmente nas folhas de plantas crescidas à sombra, e tal efeito foi acentuado pela maior disponibilidade de nitrogênio. o teor de nitrogênio total por área foliar nas plantas suplementadas com nitrogênio e conduzidas a pleno foi 54% superior ao teor de folhas de plantas de sombra. Por outro lado, a relação clorofila total: nitrogênio total, por área foliar, foi cerca de duas vezes e meia maior nas plantas cultivadas à sombra, independente da disponibilidade de nitrogênio. Os teores de clorofila (a, b e protoclorofila) foram maiores nas folhas de plantas crescidas à sombra e suplementadas com nitrogênio, contudo,a taxa fotossintética por unidade de peso de clorofila, por unidade de área, foi maior nas plantas cultivadas a pleno sol, sendo essa relação diminuída pelo fornecirnento de nitrogênio....Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital

Abstract: The rate of net photosynthesis of young coffee leaves was studied in greenhouse-grown plants. The rate of net photosynthesis of young coffee leaves in the ambient air showed a linear response in the Gas chromatographic measurements of CO2 concentration range 200 to 340 vpm, with precision of 1º/ºº. Calculation of net photosynthesis of intact coffee leaves indicated that maximum rates were reached after hours exposure to light, using an air flow of 1.20 cm.s-l. The CO2 assimilation chamber. Steady values of maximum photosynthetic rates obtained in leaves previously acclimatized for two hours the saroe light and temperature conditions established for measurements, 15 minutes after the leaf was placed in chamber. During ontogeny lower photosynthetetic rates measured in expanding leaves (pair + 1) , the maximum observed immediately after expansion was completed (pair declining thereafter in mature leaves (pair + 3 and + 4) . two in were to the were values +2), Total leaf nitrogen and chlorophyll(a, b, and protochlorophyll) contents increased up to stage of full leaf expansio, and the values were mainteined approximately constant mature leaves (pairs + 3 and + 4) . Nitrogen supplement to the plants caused in the increased height, leaf area, number of leaves, and leaf dry matter, this pattern being independent of leveI of the incident irradiance during growth. However, fairly high values of specific leaf weight were observed in plants exposed to full sunlight aompared to the low light intensity treatments (50% irradiance), independent of nitrogen availability. Measurements of leaf width showed an 11% increase in plants under high light intensity, compared to shaded plants, due to larger leaf palisade and spongy parenchyma....Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis
Subject: Café - Cultivo
Plantas - Efeito da radiação
Plantas - Efeito da luz
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FAHL, Joel Irineu. Influencia da irradiancia e do nitrogenio na fotossintese e crescimento de plantas jovens de cafe (Coffea arabica). 1989. 84f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, [SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315622>. Acesso em: 14 jul. 2018.
Date Issue: 1989
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fahl_JoelIrineu_D.pdf6.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.