Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315546
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Variações mensais dos metabólitos secundários de duas espécies de plantas medicinais conhecidas como guaco : Mikania glomerata Sprenguel e Mikania laevigata Schultz, ao longo de um ano
Title Alternative: Variation monthly of secondary metabolites of two species of medicinal plants known as guaco : Mikania glomerata Sprenguel and Mikania laevigata Schultz, over one year
Author: Xavier, Renata Moura, 1984-
Advisor: Sawaya, Alexandra Christine Helena Frankland, 1958-
Abstract: Resumo: O uso de plantas medicinais e fitoterápicos na política de saúde do Brasil vem sendo incentivado de maneira crescente por diretrizes governamentais em todos os níveis. O xarope à base de Mikania glomerata Spreng é atualmente fornecido por postos do Sistema Único de Saúde (SUS) como fitoterápico para bronquite e tosse. Porém, variações nas concentrações de princípios ativos, afetando a segurança, qualidade e eficácia esperada dos fitoterápicos, podem ocorrer devido à época do ano que a droga é coletada e hora do dia da coleta. O estudo realizado foi referente às variações mensais dos princípios ativos das duas espécies de guaco de interesse terapêutico (M. glomerata e Mikania laevigata Schultz). Como ambas constam do 1º Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira, aparentemente podendo ser usadas indiscriminadamente, elas foram estudadas em paralelo. As folhas de exemplares das duas espécies foram coletadas em três horários diferentes, em um dia por mês durante um ano, imediatamente congeladas, mantidas congeladas, liofilizadas e os metabólitos extraídos com água e com solução hidroalcoólica. A composição dos extratos foi avaliada por cromatografia líquida com espectrometria de massas, acompanhando o teor do seu marcador (cumarina) e do ácido clorogênico bem como o perfil dos outros componentes majoritários. A maior variação entre os metabólitos secundários foi encontrada entre as duas espécies: Mikania glomerata e Mikania laevigata, para os dois tipos de solventes extratores, sendo que o solvente hidroalcoólico foi mais eficiente para extrair compostos bioativos das duas espécies de guaco. Maiores teores de cumarina em M. laevigata foram encontrados nos períodos mais frios, o que mostra um possível efeito da temperatura média do ar na produção dos metabólitos secundários para esta espécie. Já para M. glomerata foi possível notar a influência de fatores ambientais como chuva e temperatura média do ar na produção dos metabólitos secundários

Abstract: The use of medicinal plants and herbal medicine have been encouraged by Brazilian health politics, in a increasing manner, by government directives in all levels. The syrup of Mikania glomerata Sprend, is currently provided by health care system (SUS) as a herbal medicine for bronchitis and cough. However, variations of the active principle, affecting its safety, quality and effectiveness which is expected from herbal medicines, may occur because of the time of the year when the drug is collected and also the time of the day in which it's collected. The study was related to the variation monthly of the active principle of two species of the guaco as in a therapeutic interest ( M. Glomerata and Mikania Laevigata Schultz). With both of them being in the 1st form of herbal medicines at the Farmacopeia Brasileira, apparently being used indiscriminately, were studied in parallel. The leaves of the two species were collected in two different time schedules, in three different times, once a month for a year, and immediately frozen and kept in such a manner, and finally extracted with water and in a hydro alcoholic solution. The composition the extracts were then reviewed by a liquid chromatography with a mass spectrometry, followed by the level of its marker(coumarin) as well as the profile of the other components. The main variation between secondary metabolites was found between the species: Mikania glomerata e Mikania laevigata, for both extractive solvents, but the hydroalcoholic solvent extracted more efficiently the bioactive compounds of both species of guaco. M. laevigata seems to suffer principally the influence of air temperature on the production of secondary metabolites; higher yields of coumarin are found in the colder periods. Diversely, for M. glomerata it was possible to note the influence of rainy periods and temperature on the production of secondary metabolites
Subject: Metabólitos
Mikania glomerata
Mikania laevigata
Espectrometria de massas
Cumarinas
Editor: [s.n.]
Citation: XAVIER, Renata Moura. Variações mensais dos metabólitos secundários de duas espécies de plantas medicinais conhecidas como guaco: Mikania glomerata Sprenguel e Mikania laevigata Schultz, ao longo de um ano. 2015. 1 recurso online ( 78 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315546>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Xavier_RenataMoura_M.pdf6.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.