Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315379
Type: TESE DIGITAL
Title: Função da heteranteria em duas espécies de Tibouchina (Melastomataceae) : atração de abelhas e dinâmica de pólen
Title Alternative: Heteranthery function in two Tibouchina (Melastomataceae) species : attraction of bees and pollen dynamics
Author: Leite, Fernanda Barão, 1989-
Advisor: Sazima, Marlies, 1944-
Abstract: Resumo: Plantas que oferecem apenas pólen como recurso podem enfrentar um dilema, pois o pólen é seu vetor de gametas masculinos e alimento para visitantes florais. Uma possível solução para esse dilema é a heteranteria - presença de estames de diferentes tamanhos em uma só flor. Essa diferença de tamanho pode evidenciar funções diferentes. Uma hipótese para essas diferentes funções é a divisão de trabalho, em que os estames grandes seriam os de polinização e os pequenos, os de alimentação. Porém, ainda não se sabe o papel desses estames e de outros elementos florais na atração de polinizadores em espécies da família Melastomataceae. O presente estudo teve como objetivo entender como a morfologia e a biologia floral estão relacionadas à função reprodutiva de duas espécies de Melastomataceae, Tibouchina granulosa e Tibouchina pulchra, e ao comportamento de seus visitantes florais. Para verificar se havia preferência por algum elemento floral, realizamos testes de preferência entre tratamentos com flores manipuladas, utilizando como modelo suas principais abelhas polinizadoras, Bombus morio e Xycolopa frontalis. Para determinar a função da heteranteria do ponto de vista das espécies de planta, fizemos experimentos de dinâmica de liberação de pólen para as duas espécies, utilizando dois tratamentos diferentes, "acumulado" e "efeitos de remoção", controlando, assim, o efeito da visitação em relação à liberação do pólen. As abelhas polinizadoras mostraram preferência apenas frente a flores com pétalas, indicando que as mesmas são essenciais para a atração dos polinizadores à longa distância. Do mesmo modo, as abelhas polinizadoras apenas conseguem discernir o recurso a curta distância, por meio da vibração das anteras. Em relação à dinâmica de liberação de pólen, verificamos que a disponibilidade de pólen varia ao longo da antese e aumenta em ambas as espécies de Tibouchina, significando que a porção de pólen disponível às 1100h é maior do que às 0700h, por exemplo. Em relação aos dois tipos de antera, os resultados mostraram que a taxa de liberação de ambas os tipos nas duas espécies de plantas é semelhante proporcionalmente, porém, as anteras grandes liberam quantidade maior de pólen do que as pequenas. Podemos concluir que a divisão de trabalho não ocorre do ponto de vista dos polinizadores, sendo que a pétala é o elemento floral responsável pela visita dos mesmos às flores. Nas espécies do nosso estudo, a divisão de trabalho ocorre apenas no nível de dinâmica de liberação de pólen, sendo uma divisão de trabalho do tipo sensu strictu

Abstract: Plants that offer only pollen as a reward may face a dilema, because the pollen is its vector of male gametes and food to floral visitors. A possible solution to this dilemma is the heterantery - presence of stamens of different sizes in one flower. This size difference can mean different functions. One hypothesis for these different functions is the division of labor, in which large stamens would be pollination stamens and small, feeding stamens. However, the role of these stamens and other floral elements in pollinator attraction of Melastomataceae species it is not known. This study aimed to understand how the morphology and floral biology are related to the behavior of floral visitors and reproductive function of two species of Melastomataceae, Tibouchina granulosa and Tibouchina pulchra. To verify if there was a preference for some floral element, we conduct preference tests among manipulated flowers, using as models its main pollinating bees, Bombus morio and Xycolopa frontalis. To determine the function of heterantery on the point of view of plant species, experiments of pollen dynamics were conducted for both species, using two different treatments, "cumulative" and "removal effects", controlling the effect of visitation on pollen release. The pollinators showed a preference just across from flowers with petals, indicating that these are essential for attract bees at long distance. Similarly, the pollinating bees just can discern the resource at short distance, through the vibration of the anthers. Regarding the pollen dynamics, we found that pollen availability varies throughout anthesis and increases in both species Tibouchina, meaning that the portion of pollen available at 1100h is greater than 0700h, for example. For the two types of the anther, the results showed that the release rate of both types in both plant species is similar in proportion; however, larger anthers release greater amounts of pollen than small ones. We can conclude that the division of labor does not occur from the point of view of pollinators, because the petal is the floral element responsible for the visits of the bees. In the species in our study, the division of labor occurs only in the level of pollen dynamics, being a division of labor of the type sensu strictu
Subject: Antera
Pólen
Abelha - Comportamento
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Leite_FernandaBarao_M.pdf1.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.