Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315348
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Do(as) macro(fitas) ao(s) micro(satélites) = caracterização da diversidade de plantas aquáticas e palustres no domínio norte-amazônico brasileiro = From macro(phytes) to micro(satellites) : characterization of aquatic and palustrine plants diversity in the Brazilian northern Amazon domain
Title Alternative: From macro(phytes) to micro(satellites) : characterization of aquatic and palustrine plants diversity in the Brazilian northern Amazon domain
Author: Barbosa, Tiago Domingos Mouzinho, 1983-
Advisor: Amaral, Maria do Carmo Estanislau do, 1958-
Abstract: Resumo: A Amazônia ocupa cerca de 7.590.000 km2 distribuídos entre oito nações da região norte da América do Sul. Desse total, 20% correspondem à áreas alagáveis. Quanto às pesquisas em áreas alagáveis na região amazônica brasileira, a maioria delas está concentrada em áreas maiores e corpos d'água próximos a grandes cidades, principalmente em áreas de várzea. Estudos em outras áreas da bacia e em áreas de igapó ainda são necessários. O Parque Nacional do Viruá (PNV) localizado em uma região amazônica ainda pouco estudada é formado em grande parte por ecossistemas que favorecem o crescimento de comunidades aquáticas em áreas com características de igapó, principalmente. Plantas aquáticas e palustres são altamente polimórficas e a identificação e delimitação das espécies necessita frequentemente de trabalhos que integrem estudos morfológicos, genéticos e ecológicos. O principal objetivo do presente estudo foi a caracterização da diversidade de plantas aquáticas que ocorrem no Parque Nacional do Viruá (PNV), no domínio norte-amazônico. Para tanto foi elaborado (no capítulo I) um tratamento florístico-taxonômico que resultou na descrição de 85 espécies de plantas aquáticas. As espécies distribuem-se em 51 gêneros e 30 famílias. Das 85 espécies, quatro são registradas pela primeira vez no Brasil, três pela primeira vez na Região Norte e 26 para o Estado de Roraima. São apresentadas chaves de identificação para as famílias, gêneros e espécies, ilustrações para espécies e comentários taxonômicos, ecológicos e de distribuição geográfica. No capítulo II, foi desenvolvido um conjunto de 13 marcadores microssatélites para subsidiar estudos taxonômicos e populacionais em Cabomba aquatica s.l., planta aquática com ampla distribuição na América do Sul e encontrada no Viruá. No capítulo III, 175 espécimes oriundos de quatro populações foram amostrados para que a estrutura genética de C. aquatica s.l. fosse avaliada junto com estudos morfológicos e, sendo assim, considerada a necessidade de se manter ou não C. schwartzii como sinônima de C. aquatica. O resultado do estudo integrado, sugere que as espécies sejam consideradas distintas. No capítulo IV, a diversidade e estrutura genética de C. aquatica e C. schwartzii foram detalhadas. A diversidade genotípica variou bastante entre as populações. C. aquatica demonstrou-se mais diversa quando comparada a C. schwartzii. A variação genética dentro e entre populações revelou que 7,41% da variação total ocorre entre C. aquatica e C. schwartzii, 58,84% entre as quatro populações e 33,75% dentro das populações. A diferenciação genética entre populações e espécies foi alta e não correlacionada com as distâncias geográficas (r = -0,002; p-valor = 0,245). Os valores de FST par a par entre as populações variou de 0,50 a 0,74. O FST global observado entre espécies foi de 0,29

Abstract: The Amazon covers about 7.590.000 km2 distributed among eight nations of the northern region of South America. Of this total, 20% correspond to wetlands. As for research on wetlands in the Brazilian Amazon, most of which is concentrated in larger areas and water bodies near large cities, especially in várzea's areas. Studies in other areas of the basin and igapó areas are still needed. The Viruá National Park (VNP) located in an Amazonian region still poor studied is formed largely by ecosystems that favor the growth of aquatic communities in areas with mainly igapó characteristics. Aquatic and palustrine plants are highly polymorphic and the species identification and delimitation often needs to integrate morphological, genetic and ecological studies. The main objective of this study was to characterize the diversity of aquatic and palustrine plants that occur in the Viruá National Park (VPN), in north Amazonian domain. For this purpose has been prepared in Chapter I a floristic-taxonomic treatment that resulted in the description of 85 species of aquatic plants. The species are distributed in 51 genera and 30 families. Of the 85 species, four are registered for the first time in Brazil, three for the first time in the North Region and 26 in the State of Roraima. Identification keys are presented to families, genera and species, illustrations for species and taxonomic, ecological and geographical distribution comments are also offered. In Chapter II, a set of 13 microsatellite markers was developed to support taxonomic and population studies in Cabomba aquatica s.l., an aquatic plant widely distributed in South America and also found in Viruá. In Chapter III, 175 specimens from four populations were sampled so that the C. aquatica s.l. genetic diversity and structure were assessed together with morphologic studies and, thus, considered the necessity to maintain C. aquatica and C. schwartzii as synonymous. The results of the integrated study suggest that the species should be considered distinct. In Chapter IV, C. aquatica and C. schwartzii genetic diversity and structure were detailed. Genotypic diversity varied widely among populations. In terms of species, C. aquatica demonstrated to be more diverse when compared to C. schwartzii. Genetic variation within and among populations and species revealed that 7.41% of the total variation occurs among C. aquatica and C. schwartzii, 58.84% among the four populations and 33.75% within populations. Genetic differentiation among populations and species was high and not correlated with geographical distances (r = -0.002; p-value = 0.245). Pairwise FST values between populations ranged from 0.50 to 0.74. Global FST between species was 0.29
Subject: Genética de populações
Taxonomia vegetal
Marcadores moleculares
Plantas aquáticas - Amazônia
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbosa_TiagoDomingosMouzinho_D.pdf7.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.