Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315336
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Patogenicidade de Bacillus thuringiensis Var. tenebrionis a coleopteros de produtos e subprodutos armazenados
Author: Waib, Claudia Maria
Advisor: Habib, Mohamed Ezz El-Din Mostafa, 1942-
Habib, Mohamed E. M.
Abstract: Resumo: A bactéria entomopatogênica Bacillus thuringiensis var. tenebrionis (H:82-8b), isolada em 1982 na Alemanha, tem sido considerada um agente promissor para o controle de coleópteros prejudiciais. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a patogenicidade de dois preparados experimentais à base desta bactéria (ABG-6256/ABBOTT e BSF) a espécies de coleópteros pragas de grãos e subprodutos armazenados. O estágio de desenvolvimento mais susceptível para cada espécie, assim como observações da sintomatologia externa da patogenia e dinâmica da germinação dos esporos em meio artificial são aspectos abordados. As espécies estudadas foram: Sitophillus zeamais (Curculionidae), Cryptolestes ferrugineus (Cucujidae), Lasioderma serricorne (Anobiidae), Carpophilus sp. (Nitidulidae), Tribolium sp. E Tenebrio molitor (Tenebrionidae). Estes coleópteros foram mantidos em criação de laboratório sob condições controladas de temperatura, umidade relativa e fotoperíodo, em suas dietas naturais. A susceptibilidade de cada espécie estudada foi avaliada através de bioensaios utilizando-se o critério de Tempo Letal Mediano (TL50), o qual foi calculado pelo método de regressão log-próbite. O plaqueamento dos preparados experimentais foi feito em meio nutriente completo e as contagens das colônias foram realizadas 8, 12 e 15 h após a inoculação do patógeno. Nenhum sintoma pré-mortal da doença foi constatado além de alterações comportamentais como lentidão de movimentos e ausência de respostas a estímulos mecânicos e físicos tanto nas larvas como nos adultos tratados. Sintomas externos pós-mortais da bacteriose, como a flacidez do corpo e escurecimento total de tegumento, foram observados nas larvas das espécies avaliadas. Já nos adultos, não foi possível a observação de tais sintomas. O preparado ABG-6256 mostrou-se mais eficiente que o da BASF para larvas de L. serricorne e larvas e adultos de T. molitor. Já para as larvas de Carpophilus sp., o preparado da BASF demonstrou uma maior eficiência. Para os adultos desta espécie não houve diferença significativa entre a eficiência dos dois preparados. Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital
Subject: Pragas - Controle biológico
Parasitologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: WAIB, Claudia Maria. Patogenicidade de Bacillus thuringiensis Var. tenebrionis a coleopteros de produtos e subprodutos armazenados. 1992. [103]f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315336>. Acesso em: 13 jul. 2018.
Date Issue: 1992
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Waib_ClaudiaMaria_M.pdf4.7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.