Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315180
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação de metazoarios parasitos de Hoplias malabaricus (Bloch, 1794) (Pisces: Erythrinidae) como potenciais indicadores de qualidade ambiental
Title Alternative: Assessment metazoan parasites of Hoplias malabaricus (Bloch, 1794) (Pisces: Erythrinidae) as potential indicators of environmental quality
Author: Correa, Lincoln Lima, 1971-
Advisor: Ueta, Marlene Tiduko, 1941-
Abstract: Resumo: Este estudo teve como objetivo a associação entre os índices hematológicos de Hoplias malabaricus (traíra), o parasitismo por monogeneas e outras espécies de metazoários e os fatores ambientais. O estudo ocorreu nas lagoas do CEPTA/ICMBio, localizada no município de Pirassununga, SP (21º55'55"S e 47º22'37"W), no período de fevereiro de 2008 a março de 2009 em 187 traíras. Verificou-se que os parâmetros sanguíneos não sofreram alterações significativas em relação ao estágio de maturação, sexo, período de coleta e intensidade de infecção de monogeneas. Porém, os peixes apresentaram valores significativamente positivos para biometria peso/comprimento (r=0,89 e p<0,0001) e os parâmetros ambientais pH/temperatura (r=0,71 e p<0,0001). Verificou-se que os monogeneas não atuaram como indicador ambiental nas lagoas, porém os parâmetros hematológicos revelaram uma maior sensibilidade ao ambiente. Em relação à análise dos outros metazoários, verificou-se uma diferença significativa em relação ao estágio de maturação e intensidade de infecção na Lagoa I (p=0,002) e na Lagoa II não houve diferença. Houve correlação significativa entre peso do peixe e intensidade de infecção na Lagoa I (r=0,50; p<0,001) e entre comprimento e a intensidade de infecção dos metazoários (r=0,42; p<0,001). Contudo, a intensidade média de parasita diferiu significativamente entre as lagoas estudadas. Os metazoários presentes em H. malabaricus também não atuaram como indicador ambiental.

Abstract: This study aimed at the association between blood indexes of Hoplias malabaricus (betrayed), the parasitism by monogeneans and other metazoan species and environmental factors. The study took place in ponds CEPTA / ICMBio, located in the city of Pirassununga, SP (21 º 55'55 "S and 47 º 22'37" W), from February 2008 to March 2009 in 187 traíras. It was found that the blood parameters did not change significantly in relation to the stage of maturation, sex, time of collection and intensity of infection of monogeneans. But the fish had significantly positive for biometrics weight / length (r = 0.89 and p <0.0001) and the environmental parameter pH and temperature (r = 0.71 and p <0.0001). It was found that the monogeneans not acted as an environmental indicator in the lakes , but the haematological parameters showed a greater sensitivity to the environment. On the analysis of the Metazoa, there was a significant difference in the stage of ripeness and intensity of infection in the Lake I (p = 0.002) and in Lake II there was no difference. There was significant correlation between weight of fish and intensity of infection in the Lake I (r = 0.50, p <0.001) and between length and intensity of infection of metazoan (r = 0.42, p <0.001). However, the mean intensity of parasites differed significantly between the lakes studied. The metazoan present in H. malabaricus also did not act as an environmental indicator.
Subject: Testes hematológicos
Monogenea
Metazoario
Lagoas
Hoplias malabaricus
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Correa_LincolnLima_M.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.