Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315165
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: Ivany Ferraz Marques Valiopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologiapt_BR
dc.format.extent126f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeTESEpt_BR
dc.titleEstudo sobre o controle da brotação das gemas epifilas em Bryophyllum Calycinumpt_BR
dc.contributor.authorMontedioca, Simonept_BR
dc.contributor.advisorValio, Ivany Ferraz Marques, 1938-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Instituto de Biologiapt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Ciências Biológicaspt_BR
dc.subjectHormonios vegetaispt_BR
dc.subjectPlantas - Reproduçãopt_BR
dc.subjectCrassulaceapt_BR
dc.subjectFisiologia vegetalpt_BR
dc.description.abstractResumo: Estudando os fatores que controlam a brotação das gemas epifilas em Bryophyllum calycinum, pode-se verificar que fatores endógenos a planta é que estariam controlando o processo de brotação. Foi verificado que, com a remoção dos ápices e das gemas laterais ou do floema em duplo anelamento ocorre a liberação das gemas epifilas. Também em folhas destacadas observa-se a brotação das gemas epifilas. Dos hormônios testados, as auxinas se mostraram efetivas em inibir a brotação das gemas epifilas. Já as citocininas estimularam a brotação das gemas. A aplicação de sacarose promove a brotação das gemas, indicando que fatores nutricionais estariam influenciando a brotação das gemas. tratamentos de estresse hídrico mostraram urna aceleração significativa da brotação. A explicação para o controle da brotação das gemas epifilas baseia-se na presença de um fator indutor de brotação na folha que promoveria a brotação das gemas epifilas. Este fator indutor poderia até mesmo ser sintetizado pela própria folha. Em plantas intactas, este fator indutor normalmente não permaneceria na folha devido sua saída via floema indo em direção a outras partes da planta. Portanto, o controle de brotação das gemas epifilas em B. calycinum se daria endogenamente pela presença ou ausência do fator promotor de brotação na folhapt
dc.description.abstractAbstract:It was studied the control of the epiphyllous buds development in Bryophyllum calycinum. The epiphyllous buds exhibit dormancy and the results suggest that the bud development is controlled by endogenous factors. he epiphyllous buds imediately grow up when apex and lateral buds are removed, showing an apical dominance on them. Exogenous hormones like auxins applied on the buds inhibit their growth. On the other hand, exogenous citocynins stimulate the epiphyllous buds. The buds develop if the leaf is detached from mother plant or when it is isolated from the floem flux, by an Malpighi ring. So, these evidences indicate that the factor which controls the bud development is present in the vascular system. In fact, the epiphyllous buds are controled by a factor present in the leaf. The presence or abscence of this factor is that determine the begining or not of the epiphyllous bud developmenten
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued1996pt_BR
dc.identifier.citationMONTEDIOCA, Simone. Estudo sobre o controle da brotação das gemas epifilas em Bryophyllum Calycinum. 1996. 126f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315165>. Acesso em: 23 jul. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelDoutoradopt_BR
dc.description.degreenameDoutor em Ciências Biológicaspt_BR
dc.contributor.committeepersonalnamePereira, Maria de Fatima Aleixopt_BR
dc.contributor.committeepersonalnamePaulilo, Maria Terezinhapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameSchiavinato, Marlenept_BR
dc.contributor.committeepersonalnameShepherd, Simone L.K.pt_BR
dc.date.defense1996-12-12T00:00:00Zpt_BR
dc.date.available2018-07-23T03:13:35Z-
dc.date.accessioned2018-07-23T03:13:35Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-07-23T03:13:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Montedioca_Simone_D.pdf: 33866226 bytes, checksum: eddd715f2c4774b892d6a7b345ada949 (MD5) Previous issue date: 1996en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315165-
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Montedioca_Simone_D.pdf33.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.