Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315133
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Modelos numericos para a descrição do crescimento da planta de soja (Glycine max L. Merril, cultivar IAC-15) em condições saxonais diferenciadas
Author: Liedgens, Markus Michael
Advisor: Pinto, Hilton Silveira, 1942-
Abstract: Resumo: O presente trabalho tem por objetivo apresentar o levantamento das espécies de Aristolochia L. (Aristolochiaceae) que ocorrem de forma espontânea e subespontânea, e as cultivadas no estado de São Paulo. Verificou-se que ocorrem na área de estudo, dezesseis espécies, das quais treze são espontâneas, duas cultivadas e apenas uma subespontânea, originária do sul do Brasil, Argentina e Paraguai. As diagnoses específicas foram elaboradas através de coletas de dados de coleções herborizadas provenientes de diversos Herbários nacionais e estrangeiros. Informações a respeito da anatomia foliar de cinco espécies, bem como a descrição morfológica de estruturas vegetativas de propagação e reserva, e a observação de aspectos fenológicos foram obtidas através de materiais observados e/ou coletados diretamente no campo. Os critérios utilizados na elaboração da chave analítica dicotômica para a identificação das espécies, foram baseados em caracteres morfológicos vegetativos e reprodutivos. Procurou-se fazer um estudo comparativo da morfologia do perigônio juntamente com a presença ou ausência de pseudoestípulas, de forma a sugerir uma provável relação evolutiva das espécies envolvidas, bem como a sua relação com outros gêneros afins da faIll11ia, porém, este estudo não procura estabelecer a filogenia de Aristolochia, pois para isto o número de espécies envolvidas deveria ser muito maior, de forma a ser representativo, uma vez que este gênero é muito amplo. Observou-se que as espécies de Aristolochia incluídas neste levantamento, ocorrem em todos os tipos de vegetação natural de São Paulo, ou sejam; restingas, mata atlântica, matas de altitude, matas ripárias e cerrados. Em outros estados brasileiros, elas ocorrem, também, em campos rupestres e caatingas. A maior parte das espécies ocorre em clareiras, margens de cursos d' água, áreas de transição vegetacional, e podem, eventualmente, desenvolver-se em áreas de cultivo. Concluiu-se que este gênero necessita de uma revisão pois determinados grupos, como o das espécies bilabiadas, não apresentam caracteres taxonômicos consistentes para a separação a nível de espécies

Abstract: The present work has the objective to show the survey of the Aristolochia species (family Aristolochiaceae), that occurs from spontaneous, subspontaneous and cultured forms within São Paulo State. The specific diagnoses was elaborated through data in herborized collections from several national and foreign Herbarium. Information about leaf anatomy of five species, the organographic description of the vegetative structure of propagation and reserve, and the observations phenological aspect were obtained through observed materiaIs and
Subject: Modelos numericos
Soja
Crescimento (Plantas)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1993
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Liedgens_MarkusMichael_M.pdf8.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.