Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315124
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo floristico e fitofisionomico das principais formações arboreas do Pantanal de Pocone-Mato Grosso
Author: Cunha, Catia Nunes da
Advisor: Leitão Filho, Hermógenes de Freitas, 1944-1996
Abstract: Resumo: Foram realizados estudos florlsticos e fisionômicos das principais formações arbóreas no Pantanal do Município de Poconé-Mato Grosso. O conhecimento das denominações regionais possibilitaram a identificação de várias unidades vegetacionais arbóreas Constatada as diferenças fisionômica e ou florística e baseando-se nos critérios de: uniformidade vegetacional, áreas não muito alteradas e facilidade de acesso, escolheu-se as áreas de estudo. O método de amostragem foi o de parcelas. Foram caracterizadas floristicamente e descritas: Três formações arbóreas de agrupamento de vegetais (capões) e duas formações arbóreas em paleodiques (cordilheiras). Para cada área estudada é apresentada a listagem das espécies encontradas.Os resultados mostram que o Pantanal da região de Poconé apresenta em termos de unidades vegetacionais arbóreas, dois padrões básicos: cerrados e florestas. Os cerrados ocorrem principalmente nas áreas periféricas situadas na região norte do Pantanal de Poconé, tendo o rio Pinxaim como limite sul de sua distribuição. Três tipos de Cerrados foram identificados: lixeiro (Cerrado_em ilhas); cerrado Mesosotrófico (Cerrado em Cordilheiras ou Capões); carvoeiro (Formação homogênea de Callistene fasciculata). As florestas ocorrem em três unidades fisionômicas: Capões, Cordilheiras ou em Linhas de drenagem. Foram identificadas dois tipos de Florestas: floresta semidecídua e floresta inundável. Não foi observado nenhum endemismo e a análise da vegetação e da composição floristica permite concluir que a atual cobertura arbórea do Pantanal de poconé representa espécies típicas de outras regiões, sendo a maior contribuição proveniente da Província do Cerrado, e espécies de Florestas Semidecidua de solo calcáreo. As Florestas do Planalto Central e do Sudoeste do Brasil tem também contribuição muito expressi- va, enquanto que as da Província Amazônica tem menos expressão

Abstract: Not informed.
Subject: Ecologia vegetal
Ecologia florestal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1990
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cunha_CatiaNunesda_M.pdf15.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.