Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315058
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Alguns aspectos epidemiologicos de geohelmintos em amostragem da população de Paulinia, SP
Author: Anaruma Filho, Francisco
Advisor: Dias, Luiz Cândido de Souza, 1943-
Abstract: Resumo: O município de Paulínia, São Paulo, é considerado como um modelo em termos de saúde pública dentre os municípios brasileiros. É um dos maiores pólos petroquímicos nacionais, e possui a sexta renda per capita nacional. Abriga o Centro de Saúde Escola da UNICAMP em suas unidades de saúde. Sua população foi estimada pelo censo do mGE (1991) em 36.629 habitantes, com 1 médico para cada 779 habitantes e a mortalidade infantil é de 16,5/1000. A falta de dados recentes de geohelmintíases e a raridade de censos coprológicos no país, levou-nos a realizar um inquérito por meio de amostragem aleatória nesta cidade. Foram visitadas 166 residências, sendo colhidas amostras de fezes em 101. Executaram­se exames quantitativos e qualitativos em 360 indivíduos de ambos os sexos e de todos os grupos etários. As condições sanitárias de cada habitação foram avaliadas por meio de questionário. Cada pessoa que forneceu fezes foi submetida a questionário individual. As técnicas de exames de fezes foram: Kato-Katz, Willis, Rugai e Harada-Mori. O índice geral de prevalência por todos os métodos foi 17,5%. O sexo masculino foi o mais acometido, na faixa etária de 10 a 20 anos.(73%). A prevalência pelo método de Kato-Katz foi 12,2%, obtendo-se 43 indivíduos infectados, predominando os ancilostomatídeos (37,2%). Pelo método de Willis, o índice de prevalência foi de 9,2%, sendo os ancilostomatídeos (63,6%) os mais frequentes. Pelo método de Rugai observamos 18 indivíduos parasitados apenas por larvas de Strongyloides stercoralis. Pelo método de Harada-Mori, diagnosticaram-se apenas larvas de Necator americanus. As maiores intensidades de infecção foram encontradas nos portadores de Ascaris lumbricoides e nos indivíduos do sexo feminino na faixa etária de 1 a 5 anoS'.Nos ancilostomatídeos só detectaram-se infecções leves; as infecções apenas ocorreram a partir dos 10 anos de idade, predominando no homem. Por meio de testes estatísticos houve, dependência de geohelmintíase nos seguintes casos: sexo; renda familiar; número de indivíduos por residência; nas diferentes áreas (bairros) de atuação do Centro de Saúde Escola; quando o indivíduo parasitado tinha contato com o solo no trabalho e na escola e nas diferentes profissões. As baixas prevalências e o predomínio de intensidades de infecções leves refletem a boa qualidade do serviço de Saúde Pública neste município
Subject: Helminto
Parasitismo - Aspectos sociais - Paulina (SP)
Fezes - Exame
Helmintologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ANARUMA FILHO, Francisco. Alguns aspectos epidemiologicos de geohelmintos em amostragem da população de Paulinia, SP. 1994. [109]f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, [SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315058>. Acesso em: 19 jul. 2018.
Date Issue: 1994
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
AnarumaFilho_Francisco_M.pdf4.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.