Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315016
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Ecologia de populações de Psychotria suterella Mull. Arg. (Rubiaceae) em uma paisagem fragmentada de Mata Atlantica
Title Alternative: Population ecology of Psychotria suterella Mull. Arg. (Rubiaceae) in fragmented Atlantic rainforest landscape
Author: Bertani, Daniela Fessel
Advisor: Santos, Flavio Antonio Maës dos, 1958-
Abstract: Resumo: Existe muita variação no grau de sensibilidade de populações de plantas à diminuição de habitats naturais e poucos estudos em áreas com prioridade de conservação.Este estudo teve como objetivo testar se a descontinuidade e qualidade de habitats de Mata Atlântica afetam a abundância, estrutura, relações alo métricas, dinâmica e germinabilidade de sementes de populações de uma espécie comum de sub-bosque, P_ychotria suterella (Rubiaceae). Foram amostradas nove populações dessa espécie em três áreas em uma floresta contínua, três tTagmentos conectados e três tTagmentos isolados em uma paisagem de Mata Atlântica tTagmentada no estado de São Paulo. A densidade de indivíduos foi menor e a taxa de mortalidade maior nos tTagmentos isolados. Todas as populações apresentaram padrão espacial agrupado, exceto a população de um fragmento isolado, que apresentou distribuição aleatória. As populações de menor tamanho apresentaram maior crescimento em altura e diâmetro, maior taxa de mortalidade e maior taxa de ingresso. Diferenças nas taxas de ingresso entre populações aparentemente não tiveram relação com a germinabilidade de sementes, pois a porcentagem de germinação não diferiu entre populações. A mortalidade aumentou em função do aumento da densidade intraespecífica. o crescimento negativo aumentou com o aumento da porcentagem de danos nos indivíduos. Indivíduos de classes de tamanho diferentes parecem ter sido afetados de forma oposta aos fatores analisados. Quanto menor o tTagmento, maior a abertura do dossel e o grau de perturbação antrópica, maior a proporção de indivíduos menores e menor a proporção de indivíduos de maior tamanho. Indivíduos menores apresentaram maior taxa de mortalidade e maior crescimento, quando comparados a indivíduos maiores. Em escala menor a disponibilidade de luz e a densidade afetaram as relações alométricas (diâmetro x altura) dos indivíduos. Em maior escala, populações com baixa densidade de indivíduos e sujeitas a maior luminosidade variam muito na forma de crescimento. Todas as populações apresentaram declínio populacional. As taxas de crescimento populacional ()v) variaram entre as áreas e no tempo, sendo que para a maioria das populações "A foi menor que 1. As classes de estase contribuíram mais para os valores de "A. As contribuições de transições para mudança de classe de tamanho (crescimento e regressão) apresentaram pouca contribuição à "A As taxas de crescimento populacional ("A) não diferiram entre as populações da floresta contínua e dos fragmentos. As contribuições para 11"A na estase variaram muito entre os anos amostrados. Existiu maior probabilidade nos fragmentos, de indivíduos passarem para uma classe de maior tamanho, e maior probabilidade na floresta contínua de indivíduos regredirem de tamanho. A combinação de diferentes fatores pode alterar a abundância e estrutura de populações de Psychotria sute re lia, e em situações extremas essas alterações podem ser negativas. A grande variação no tempo das taxas de dinâmica podem sugerir estocasticidade demográfica, e o declínio populacional lento das populações na paisagem podem indicar a possibilidade a longo prazo de extinção de algumas populações

Abstract: There is wide variation in the sensibility levei of plant populations to the decrease of their natural habitats. There are also few studies in priority conservation areas. The objective of this study is to test if the discontinuity and quality of the Atlantic Rainforest affect the structure, alometric relations, dynamics, and seed germinability of the populations of a common understory specie, Psychotria suterella (Rubiaceae). Nine populations of the species were sampled in three areas of continuous forests, three connected fragments, and three isolated fragments, in a landscape of fragmented Atlantic Rainforest in São Paulo State, southeastern Brazil. The density of individuais was smaller and the mortality rate of the isolated fragments was higher. All the populations presented a clustered spatial pattern except for a population of one isolated fragment which presented random distribution. The smaller populations presented higher growth, higher mortality rate, and higher recruitment rate. The ditTerences found in the recruitment rates between the populations have no apparently relation with the seeds germination. The germination percentage was not different among the populations. Mortality increased because the intraspecific density also increased. The negative growth increased with the increase of the damage percentage in the individuais. lndividuals of different size class appeared to be affected in the opposite way to the analyzed factors. The proportion of small individuais was higher according to a decrease on the size of the fragment, on increase of the canopy openness, and antropic disturbance. lt worked opposite with larger individuais. Smaller individuais presented a higher mortality rate and higher growth when compared to bigger individuais. ln small scale the density and light conditions affect the alometric relations of individuaIs. ln large scaIe populations with Iow density of individuaIs and higher light conditions may vary a lot in their way of growth. Ali the popuIations presented populational decline. The populations growth rate (À.) varied among areas and in time. For the majority of populations À. was less than 1. The stasis class contributed to the À. values. The contributions of transitions for the change of size class (growth and regression) presented little contribution to À.. The populational growth rate (À.) did not differ among the continuous forest populations and the fTagments. The contribution to /).À. in stasis varied considerably among the sampled years. In the fTagments there was higher probability of individuaIs to get to a class of larger size. In the continuous forest there was higher probability of individuaIs to decrease in size. The combination of different factors may alter the abundance and structure of the Psychotria sllterella populations. In extreme situations these alterations may be negative. The wide variation in time of the dynamics rate may show demographic stocasticity. The slow populational decline of the populations in the landscape may indicate the possibility of extinction of some populations in the long termo
Subject: Ecologia vegetal
Biologia - População
Psychotria
Mata Atlântica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BERTANI, Daniela Fessel. Ecologia de populações de Psychotria suterella Mull. Arg. (Rubiaceae) em uma paisagem fragmentada de Mata Atlantica. 2006. 126f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315016>. Acesso em: 6 ago. 2018.
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bertani_DanielaFessel_D.pdf1.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.