Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314979
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Composição floristica e estrutura de cerrados do sudoeste de Minas Gerais
Author: Carvalho, Douglas Antonio de
Advisor: Martins, Fernando Roberto, 1949-
Abstract: Resumo: Objetivando a contribuir para o melhor conhecimento da composição florística dos cerrados brasileiros e das relações existentes entre os locais onde essa vegetação ocorre, foram analisadas três áreas de cerrados disjuntos, marginais, localizadas no sudoeste de Minas Gerais (20-23ºS e 44-47ºW). O cerrado de Alpinópolis apresenta fisionomia de cerrado sensu stricto com área de 16,32 há; o de Campo do Meio também é um cerrado sensu stricto com 73,80 ha de área, e o de Pimenta é quase um cerradão com área de 50,00 ha. Em cada um desses cerrados efetuou-se o levantamento dos recursos dos solos e da flora fanerogâmica (exceção das famílias Gramineae e Cyperaceae). A amostragem dos espécimes com altura igual ou superior a um metro foi realizada através de 49 parcelas de 20 X 20m, distribuídas aleatoriamente nas áreas. Além disso, foram coletados todos os espécimes que se encontravam floridos durante os 2 anos em que essas áreas foram visitadas, através de caminhadas aleatórias feitas nas mesmas. Os espécimes com altura igual ou superior a um metro somaram 175 espécies (140 nas parcelas e 35 fora delas) pertencentes a 105 gêneros e 46 famílias e os com altura inferiores a um metro, trepadeiras e escandentes totalizaram 140 espécies pertencentes a 91 gêneros e 42 famílias. Considerada globalmente, a flora dos cerrados do sudoeste mineiro apresentou 315 espécies distribuídas em 181 gêneros e 73 famílias... Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital

Abstract: The present study aimed a better knowledqe of the floristic composition of the Brazilian Cerrados. Three distinct cerrado areas in the Southwest of the State of Minas Gerais were surveyed (20 ¿ 23ºS and 44 ¿ 47ºW) floristically and phytosociologically, and a comparation analyses of these areas was proceeded. The cerrados of Alpinopolis and Campo do Meio presented fisionomy of stricto sensu cerrado with an area of 16,32 ha and 73,80 ha respectively. The cerrado of Pimenta with an area of 50 ha has its fisionomy very similar to cerradao. In each area a survey of the soil resources and of the Fanerogamous flora (except for Gramineae and Cyperaceae) were made. Species with 1,0 m. tall or higher were sampled in 49 plots 20,0 X 20,0 m., randomly distributed in the cerrado areas mentioned above. Moreover, all species in flowering stage were coleted during the two years of study throuqh random walkings in those areas. The species with 1,0 m. tall or higher made up 175 species (149 within the plots and 35 outside them) belonging to 195 genera and 46 botanic families. Species less than 1,0 m. tall, climbing and scandent plants made up 140 species belonging to 91 genera and 42 families. Considered all together, the cerrado flora of the Southwest of Minas Gerais presented 315 species distributed among 181 genera and 73 botanic families... Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations
Subject: Cerrados - Minas Gerais
Vegetação e clima - Minas Gerais
Botânica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1987
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carvalho_DouglasAntoniode_D.pdf11.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.