Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314937
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudos citotaxonomicos em especies do genero Vermonia Schreb (Asteraceae: Vernonieae)
Title Alternative: Cytotaxonomic studies in species of genus Vernonia Schreb (Asteraceae: Vernonieae)
Author: Oliveira, Vanessa Mancuso de
Advisor: Forni-Martins, Eliana Regina, 1957-
Abstract: Resumo: Foram estudadas, através da análise mitótica (técnica de Giemsa), 14 espécies do gênero Vernonia sensu Baker (Asteraceae, Vernonieae), pertencentes à seção Lepidaploa, correspondentes às subseções Axilliflorae, Macrocephalae, Oligocephalae, Paniculatae e Scorpioideae, objetivando subsidiar as propostas de seu desmembramento em gêneros menores (sensu Robinson) ou da manutenção de sua integridade (sensu Baker). As espécies foram coletadas em áreas de cerrado e campo rupestre, nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás. Foram realizadas contagens cromossômicas, que variaram de 2n=20 a 2n=ca.80 e, elaborados cariótipos, verificando-se o predomínio de cromossomos metacêntricos, e alguns submetacêntricos. Foram observados cromossomos B em uma das populações analisadas de V. geminata. O tamanho dos cromossomos variou de 0,9 a 4,9µm, o tamanho total de cromatina (CTC) de 29,7 a 50,7 µm e, o índice de assimetria TF% de 41,2 a 46,9. O índice de assimetria intracromossômica (A1) variou de 0,13 a 0,29, enquanto o índice de assimetria intercromossômica (A2) de 0,14 a 0,21. A população 1 da espécie V. geminata foi a que mostrou ter cariótipo mais assimétrico. Foram observadas diferenças cariotípicas entre populações de V. remotiflora e V. polyanthes. Foram aplicados em V. geminata bandamentos C, NOR, CMA/DA/DAPI e a técnica de hibridação de DNA in situ para a seqüência de 45S de rDNA. A espécie apresentou dois pares de bandas C, sendo duas bandas terminais e duas centroméricas; um par de bandas CMA+ terminais; dois pares de bandas NOR, sendo duas bandas terminais e duas centroméricas. A hibridação in situ evidenciou dois pares de sítios de rDNA 45S, sendo dois sítios terminais e dois centroméricos. Houve coincidência de localização entre bandas C, CMA, NOR e sítios de rDNA 45S. Não foi possível comparar os resultados dos bandamentos e sítios de hibridação in situ com outras espécies de Vernonia, por não existir dados disponíveis para o gênero na literatura. Embora a representatividade da amostra seja pequena, os dados cariotípicos obtidos, no presente trabalho e em literatura, ainda não permitiram apoiar conclusivamente qualquer das propostas taxonômicas vigentes para Vernonia, devido à inexistência de um padrão cariotípico característico/distintivo para cada grupo taxonômico, ou seja, seções e subseções (sensu BAKER 1873) ou novos gêneros (sensu ROBINSON 1999a). No entanto, até o momento, parece existir, uma tênue relação com a conceituação de ROBINSON (1999a) para os gêneros Lessingianthus, Vernonanthura, e Chrysolaena

Abstract: We studied, from the mitotic analyses (Giemsa technique), 14 species of Vernonia sensu BAKER (Asteraceae, Vernonieae), belonging to Lepidaploa section, purposing to assistant the proposal of its separate in little genus (sensu ROBINSON) or maintenance of its complete (sensu BAKER). We colleted species in ¿cerrado¿ and ¿campo rupestre¿ areas, in São Paulo, Minas Gerais and Goiás states. Chromosome numbers (2n=20 to ca.80) and karyotypes are analyzed, with predominance of metacentric and some submetacentric chromosomes. We observed B chromosomes in a population of V. geminata analyzed. Chromosomes size varied 0,9 to 4,9µm, total size of chromatin 29,7 to 50,7 µm and, asymmetry index TF% 41,2 to 46,9. The intrachromosomal asymmetry index (A1) varied 0,13 to 0,29 and, the interchromosomal asymmetry index (A2) varied 0,14 to 0,21. The population 1 of V. geminata showed the most asymmetric karyotype. Some differences of karyotypes are observed in V. remotiflora and V. polyanthes populations. We applied banding in V. geminata neither C, NOR, CCD and in situ hybridization technique for 45S rDNA sequences. It showed two pairs of bands C, it are two terminal bands and two centromeric; one pair of CMA+ terminal bands; two neither pairs of NOR band, its are two terminal and Two centromeric. The in situ hybridization showed two pairs of rDNA 45S sites, two terminal and two centromeric bands. There are coincidence of localization among C, CMA, NOR bands and rDNA 45S sites. We can not compare the results of the banding and in situ hybridization sites with others Vernonia species, because there are not datas for the genus in literature. The karyotype datas obtained here do not permitted support conclusively the taxonomic proposes to Vernonia, because the inexistence of a characteristic/distinctive karyotype pattern for each taxonomic group, ou seja, sections and subsections (sensu BAKER 1873) or new genus (sensu ROBINSON 1999a). Além disso, the representative of the samples is little. However, while, look exist, a little relationship between the chromosomes number obtained here and in the literature with RobiNSON¿s propose (1999a) for the genus Lessingianthus, Vernonanthura e Chrysolaena
Subject: Vernonia
Hibridação - Técnica
Cromossomos vegetais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_VanessaMancusode_M.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.