Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314872
Type: TESE
Title: Variações na composição e estrutura da comunidade arborea de um fragmento de floresta semidecidual em Bauru (SP), relacionadas a diferentes historicos de perturbações antropicas
Author: Toniato, Maria Teresa Zugliani
Advisor: Oliveira Filho, Ary Teixeira de
Oliveira-Filho, Ary T. de
Abstract: Resumo: Este estudo descreve e compara a composição florística e estrutura fisionômica dos estratos arbóreo e subarbóreo, entre trechos conservados e secundários de um ftagmento de floresta estacional semidecidual, cujo histórico de perturbações é conhecido e documentado. O estudo foi realizado na Estação Ecológica "Sebastião Aleixo da Silva", município de Bauru, SP, com os objetivos de avaliar as conseqüências de perturbações antrópicas e do pisoteio pelo gado na regeneração da floresta. Os trechos secundários correspondem a àreas que antigamente foram desmatadas e ocupadas por lavouras e pastagens, abandonadas cerca de 40 anos antes deste estudo. Os conservados correspondem às porções do ftagmento onde a floresta foi mantida, embora com impactos menores. A amostragem da vegetação arbórea (diâmetro à altura do peito ou DAP _ 5cm) foi realizada em 20 parcelas de 40 x 40m e da vegetação subarbórea (diâmetro à altura do solo ou DAS < 5cm e altura _ 0,5m), em subparcelas de 40 x 2m. Foram amostrados, ao todo, 3903 indivíduos arbóreos e 2239 subarbóreos, pertencentes a 139 espécies e 44 famHias botânicas. Avaliações fisionômicas da vegetação, como abundância de lianas e trepadeiras e área de clareiras, foram realizadas por estimativa visual. Amostras compostas de solo foram coletadas para análises químicas e granulométricas. Os efeitos do pisoteio sobre a vegetação eram esperados na estrutura da vegetação do sub-bosque, mas não foram detectados pelo método empregado neste estudo. Os trechos secundários apresentaram valores semelhantes aos conservados em algumas características relativas à estrutura fisionômica (número de indivíduos, área basal e diâmetro médio no estrato arbóreo), diversidade de espécies (valores equivalentes ou superiores aos dos trechos conservados) e parte da composição florística, sugerindo que 40 anos foram suficientes para a restauração de algumas características da vegetação destes trechos. No entanto, a abundância relativa das espécies, a composição de guildas de regeneração e as propriedades do solo foram notavelmente diferentes entre os trechos. Os trechos conservados foram caracterizados principalmente por espécies tolerantes à sombra que foram marcadamente mais abundantes que nos trechos secundários, os quais, por sua vez, apresentaram maiores concentrações de espécies pioneiras. Os solos dos trechos secundários mostraram-se mais arenosos e pobres em nutrientes minerais que os trechos conservados, provavelmente em conseqüência de perdas por erosão e lixiviação nestas áreas. Os resultados sugerem que as diferenças ainda observadas na distribuição da abundância das espécies e demais características de solo e vegetação, entre os trechos, estão relacionadas às diferentes intensidades de perturbações antrópicas a que esta área esteve sujeita no passado

Abstract: The present study describes and compares the floristic composition and physiognomic structure of the arboreal and sub-arboreal strata among secondary and preserved sectors of a fragment of tropical seasonal semideciduous forest with well-known and documented history of man-made disturbance. The study was carried out in the Ecological Station Sebastião Aleixo da Silva, municipality of Bauru, São Paulo state, Brazil, with the purpose of assessing the consequences of man-made disturbance and cattle trampling on forest regeneration. The secondary sectors corresponded to forest tracts that were felled and occupied by crops and pastures in the past and then abandoned to forest regeneration ca. 40 years before this sturdy. The preserved sectors corresponded to areas of the fragment where the forest have been maintained although with minor human impacts. The arboreal vegetation (diameter at breast height or dbh _ 5cm) was sampled in 20 plots with 40 x 40 m of dimensions, and the sub-arboreal vegetation (diameter at the base of the stem or dbs < 5 cm and height _ 0,5 m) in sub-plots with 40 x 2 m. The total sample included 3903 and 2239 arboreal and sub-arboreal individuals, respectively, which were all distributed into 139 species and 44 families. A physiognomic assessment of the vegetation, as abundance of lianas and climbers and area of canopy gaps, was made through visual estimation. Soil bulk samples were collected for chemical and textural analyses. The expected effects of cattle trampling on the vegetation were not detected by the methods adopted in this study. The secondary sectors showed similar values to those of the preserved sectors for some characteristics related to the physiognomic structure (number of individuals, basal area and mean diameter of the arboreal stratum), species diversity (values equivalent to or higher than those of preserved sectors), and part of the floristic composition, suggesting that 40 years were enough to restore some aspects of the vegetation of these sectors. Nevertheless, the relative abundance of the species, the composition of species regeneration guilds, as well as soil properties were remarkably different among the sectors. The preserved sectors were characterized mainly by shade-tolerant species, which were notably more abundant than in the secondary sectors, which, in turn, showed higher concentrations of pioneer species. The soils of the secondary sectors showed higher proportions of sand and lower levels of mineral nutrients than the preserved sectors, probably because of higher losses by leaching and erosion. The results suggest that differences still observed on the distribution of abundances among species as well as differences in soil properties among the forest sectors are related to the different intensities of past man-made disturbances
Subject: Regeneração (Biologia)
Florestas - Avaliação
Reflorestamento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Toniato_MariaTeresaZugliani_D.pdf16.94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.