Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314839
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Revisão taxonomica do genero Trembleya DC. (Melastomataceae)
Author: Martins, Eneida
Advisor: Martins, Angela Borges, 1943-
Abstract: Resumo: Este estudo apresenta a revisão taxonômica do gênero Trembleya DC. (Microlicieae Melastomataceae), com tipificações, sinonimías, descrições, ilustrações, relação de material examinado, comentários e distribuição geográfica de todos os taxa, além de chave dicotômica de identificação para as espécies do gênero. Após análise de cerca de 2000 exsicatas provenientes de 24 herbários nacionais e internacionais e observações realizadas em viagens de coleta aos principais locais de ocorrência das espécies, foram reconhecidas em Trembleya 18 espécies, incluindo 7 que estão sendo aqui propostas pela primeira vez. Os seguintes nomes não foram aceitos: Trembleya canescens, T. rynanthera e T. pradosiana, tratados como duvidosos; Trembleya selloana e T. stenophylla, sinonimizados; Trembleya warmingii, excluído. Classificações infragenéricas e infraespecíficas não foram admitidas. As espécies do gênero Trembleya se distinguem por apresentar flores pentâmeras bracteoladas em dicásios perfeitos ou reduzidos, nervuras secundárias evidentes, estames dimorfos com conectivos prolongados e formando apêndices ventrais, ovário livre, glabro, 3-5 locular. O gênero é endêmico no Brasil e suas espécies ocorrem especialmente nos campos rupestres da Cadeia do Espinhaço e Serra dos Pireneus. Apenas duas espécies apresentam distribuição ampla: Trembleya phlogiformis e T. parviflora

Abstract: ln the present work a taxonomic revision of Trembleya DC. (Microlicieae Melastomataceae) was conducted, comprising typifications, synonymy, species descriptions, illustrations, list of examined specimens, comments and distribution maps. A dichotomus key of all species is also included. As a result of a morphological study of about 2000 specimens from 8 national and 16 overseas herbaria, together with field observations and collections realized, 18 species are recognized, seven ofwhich are new to science and proposed here for the first time. T. warmingii was exc1uded from Trembleya; T. pradosiana, T. canescens and T. rynanthera are treated as doubtfull. Two others validly published names, were considered as synonyms: T. selloana (= T. phlogiformis) and T. stenophylla (= T. calycina). The infrageneric and infraspecific classifications by COGNIAUX (1883-1888) are not accepted. The species in this genus can be recognized by their pentamerous bracteolate flowers disposed in simple or reduced dichasia, conspicuous leaf venation, dimorphic stamens with basally prolonged connectives and ventral appendages, and a free glabrous, 3-5-locular ovary. The genus is endemic to Brazil, occuring especially in areas of "campo rupestre" in the Serra do Espinhaço, Minas Gerais State and Serra dos Pirineus in Goyas. Only two species are widely distributed, T. hlogiformis and T. parviflora
Subject: Botânica - Classificação
Melastomataceae
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1997
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Martins_Eneida_D.pdf14.94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.