Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314812
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Taxonomia de Bauhinia sect. Pauletia (Leguminosae: Caesalpinioideae: Cercideae) no Brasil
Author: Vaz, Angela Maria Studart da Fonseca
Advisor: Tozzi, Ana Maria Goulart de Azevedo, 1954-
Abstract: Resumo: Esta tese teve como objetivo o estudo taxonômico de Bauhinia sect. Pauletia (Cav.) DC. no Brasil. O tratamento taxonômico foi baseado em mais de 1700 coleções e, também, em várias duplicatas destas coleções depositadas em mais de 65 herbários. Os caracteres taxonômicos macroscópicos foram também observados em indivíduos arbóreos de 6 espécies, cultivados no Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, por um período de dois anos (1995/ 1996). As observações de campo foram feitas nos estados do Rio de Janeiro, Bahia, Goiás e no Distrito Federal. Foram realizados experimentos de germinação de 11 espécies visando-se caracterizar a morfologia da plântula. Os grãos de pólen de 7 espécies foram analisados, com base em microscopia ótica. A tese apresentou como resultado chaves para identificação, sinonimia, distribuição geográfica e habitat, comentários sobre taxonomia, relação de coleções representativas para 58 táxons (53 espécies, 1 subespécie e 4 variedades) de Bauhinia sect. Pauletia (Cav.) DC., nativas e cultivadas no Brasil. As espécies estudadas foram incluídas em seis séries, uma delas inédita, Bauhinia ser. Aculeatae Vaz &Tozzi, além de Bauhinia ser. Acuminatae Wunderlin, B. ser. Ariaria (Cuerv. Marq.) Wunderlin, B. ser. Cansenia (Raf.) Wunderlin, B. ser. Pentandrae Wunderlin, B. ser. Perlebia (Mart.) Wunderlin. As decrições de trinta e cinco espécies da série Cansenia foram atualizadas. Três novas ocorrências - B. cinnamomea De., B. conwayi Rusby e B. tarapotensis Benth. foram relatadas para o Brasil. Um novo nome - B. quartzitica Vaz, além de 3 novas combinações para as variedades de B. ungulata, ainda inéditos, foram propostos. Quarenta e oito sinônimos taxonômicos (heterotípicos) foram aceitos, entre eles cerca de 25 novos propostos aqui. A distribuição dos 56 táxons de Bauhinia sect. Pauletia nativos no Brasil foi assinalada em 13 mapas. Quarenta e três pranchas ilustrativas foram apresentadas. A relação das coleções examinadas, por ordem alfabética de coletor com as respectivas identificações, foi apresentada no índice geral, sob a forma de uma lista de exsicatas
Subject: Botânica - Classificação
Leguminosa
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: VAZ, Angela Maria Studart da Fonseca. Taxonomia de Bauhinia sect. Pauletia (Leguminosae: Caesalpinioideae: Cercideae) no Brasil. 2001. 287p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/314812>. Acesso em: 27 jul. 2018.
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vaz_AngelaMariaStudartdaFonseca_D.pdf21.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.