Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314629
Type: TESE
Title: Efeito da desnervação sino-aortica sobre a sensibilidade a agonistas B-adrenergicos de atrios direitos isolados de ratos
Author: Zanesco, Angelina
Advisor: Spadari-Bratfisch, Regina Celia, 1952-
Abstract: Resumo: A desnervação sino-aórtica (DSA), ao interromper a aferência neuronal dos baroceptores aórticos e carotídeos, libera o sistema nervoso simpático de uma fonte primária de inibição e causa imediatamente, hipertensão e taquicardia. A hipertensão pode persistir por alguns meses e caracteriza-se por extrema labilidade da pressão arterial. Enquanto que a taquicardia é transitória e dura cerca de duas semanas. Este estudo foi realizado para determinar o efeito da DSA na sensibilidade da resposta cronotrópica a agonistas b-adrenérgicos em átrios direitos de ratos. Os átrios direitos foram isolados 1, 3, 7, 15 e 30 dias após a cirurgia simulada ou a DSA, e curvas concentração-efeito aos agonistas plenos isoproterenol (ISO) e noradrenalina (NA) foram obtidas. O agonista parcial, prenalterol (PREN) foi utilizado somente em tecidos obtidos sete dias após a cirurgia. Os resultados dos estudos para determinar se a DSA produzia alterações nos sistemas de recaptação neuronal e extraneuronal, mostraram que a DSA não afetava esses sistemas de metabolização. A DSA causou diminuição na sensibilidade da resposta cronotrópica ao ISO e à NA de cerca de 3 a 4 vezes, a nível da pEC50 sem mudanças na resposta máxima. Subsensibilidade foi observada para os dois agonistas ISO e NA no terceiro e sétimo dias após a DSA., enquanto que no décimo-quinto dia foi observada subsensibilidade somente para a NA. Os tecidos atriais não foram subsensíveis tanto no primeiro quanto no trigésimo dias após a DSA. Análise dos subtipos de adrenoceptores b, que estariam mediando a resposta cronotrópica, a afinidade e a eficácia a agonistas e a densidade dos sítios ligantes desses adrenoceptores foram determinadas. A DSA causou uma diminuição na sensibilidade e na resposta máxima ao agonista parcial, PREN. Essas alterações foram associadas à diminuição na eficácia, sem mudança na afinidade do agonista. Os resultados dos estudos com antagonistas seletivos b1 e b2 mostraram que a população que está mediando a resposta cronotrópica às catecolaminas é homogênea b1 em átrios direitos isolados de ratos controles e com DSA. DSA não induziu o aparecimento de adrenoceptores b2 funcionais. Os resultados dos experimentos com radioligante 125 l-cianopindolol (125ICYP) confirmaram e mostraram que a DSA produziu diminuição no número de sítios receptores badrenérgicos, sem mudanças na afinidade tanto ao 125lCYP quanto ao PREN. Concluindo a DSA induziu uma diminuição na sensibilidade a agonistas em átrios direitos isolados que parece ser devida à down-regulation dos adrenoceptores b1

Abstract: Sino-aortic deafferentation (SAD) disrupts baroreceptor mediated regulation of blood pressure and heart rate. In rats, immediately following SAD, an increase in sympathetic tone occurs. The increased sympathetic tone is characterized by a long lasting labile hypertension and transient tachycardia. The elevated blood pressure may persist for up to one year after SAD. The tachycardia lasts only about two weeks. This study was performed to determine the effects of SAD on the chronotropic responses to agents acting at right atria b-adrenoceptors. At one, three, seven, fifteen, and thirty days after SAD or sham surgery, right atria were isolated and concentration response curves for the high efficacy agonists, isoproterenol (ISO) and norepinephrine (NE), were generated. The low efficacy agonist, prenalterol (PREN), was only studied on tissues obtained at seven days after surgery. The results of studies to determine if SAD produced an alteration in the uptake systems responsible for terminating the actions of catecholamines showed that SAD had no effect on the uptake systems. SAD did cause a three- to four-fold decrease in the potency of ISO and NE without changing their maximal chronotropic responses. The decreased potency was seen at three and seven days after SAD. Tissues obtained at one, fifteen, and thirty days after SAD were not subsensensitive to the chronotropic actions of ISO and NE. Tthe effects of SAD on the density, and sub-type of j3-adrenoceptor mediating the chronotropic response, agonist affinity and efficacy were determined in tissues obtained at seven days after SAD or sham surgery. SAD caused a decrease in the potency and maximal response for the low efficacy agonist, PREN. This change in agonist activity was associated with a decrease in agonist ejficacy that occurred in the absence of a change in affinity, and was evidenced throughout a lower sensitivity. The results of studies with selective b1- and b2 -antagonists showed that a homogenous b1-adrenoceptors population mediate the chronotropic response to catecholamines in right atria from naive controls, sham and SAD rats. SAD did not induce the appearance of functional b2-adrenoceptors. The results of radioligand binding assays using 125l-cyanopindolol (ICYP) confirmed that and showed that SAD produced a decrease in the maximum number of r3-adrenoceptor binding sites with no changes in the affinities of either 125lCYP or PREN. It is concluded that SAD induced a decrease in the sensitivity to agents acting at right atrial b -adrenoceptors is due to b1-adrenoceptor down-regulation
Subject: Hipertensão
Pressão arterial
Noradrenalina
Rato como animal de laboratorio
Receptores de substancias endogenas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Zanesco_Angelina_D.pdf4.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.