Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314611
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Sensibilidade as catecolaminas dos atrios direitos das ratas : influencia das fases do ciclo estral e do "stress"
Author: Rodrigues, Monica Luiza Viegas
Advisor: Spadari-Bratfisch, Regina Celia, 1952-
Spadari, Regina Celia, 1952-
Abstract: Resumo: Os objetivos deste trabalho foram: analisar a sensibilidade ao efeito cronotrópico da isoprenalina, noradrenalina e adrenalina de átrios direitos isolados de ratas normais, em cada uma das fases do ciclo estral, ou após 50 minutos de natação, durante o estro ou o diestro; correlacionar as alterações de sensibilidade com as fases do ciclo estral e/ou com os níveis plasmáticos de corticosterona. Utilizamos ratas adultas, Wistar, normais, sedentárias, ou imediatamente após 50 min de natação, em água a 35°C, nas fases de estro ou diestro. As fases do ciclo estral foram determinadas por meio de esfregaço vaginal diário. Aquelas com ciclos regulares de 4 dias foram selecionadas. Para a análise da sensibilidade às catecolaminas, os animais foram sacrificados e seus átrios direitos preparados para registro isométrico dos batimentos espontâneos. Foram obtidas curvas para o efeito cronotrópico da isoprenalina, noradrenalina ou adrenalina. Em alguns experimentos, as curvas concentração-efeito à isoprenalina foram precedidas de desnervação da preparação e inibição do sistema de captação neuronal e extra-neuronal. Para avaliação dos níveis plasmáticos de corticosterona, os animais foram anestesiados com pentobarbital sódico (65 mg/Kg, ip) e o sangue foi coletado da veia renal. A corticosterona foi determinada no plasma por método fluorimétrico. Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital

Abstract: The purpose of this work was to analyse the female rat right atria sensitivity to the chronotropic effect of isoprenaline, noradrenaline and adrenaline, along the oestrous cycle phases and after stress applied during oestrous or dioestrous. We also correlated changes in sensitivity with oestrous cycle phases and/or plasmatic levels of corticosterone. Female adult Wistar rats were used. The phases of oestrous cycle were determined daily at 9:00 - 10:00 a.m. by means of vaginal smear. Those animals constituting the stressed groups were submitted to a 50 minute swimming session in water at 35ºC, during oestrous or dioestrous. Isolated spontaneous beating right atria were used to obtain cumulative dose-reponse curves to noradrenaline, isoprenaline and adrenaline. Some experiments were performed after in vitro denervation and inhibition of neuronal and extraneuronal uptake Corticosterone plasmatic levels were determined fluorimetricly. Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations
Subject: Rato como animal de laboratorio
Adrenalina
Stress (Fisiologia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1993
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rodrigues_MonicaLuizaViegas_M.pdf3.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.