Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314593
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Implicações toxicologicas e bioquimicas de xenobioticos em Curimbata (Prochilodus scrofa, Steindachnner, 1881) um peixe tropical brasileiro
Author: Silva, Maria Eleonora Feracin da
Advisor: Meirelles, Nilce Correa, 1943-
Abstract: Resumo: Citocromos P450 formam uma superfamília de proteínas que metabolizam um grande número de substratos endógenos e xenobióticos. O metabolismo de xenobióticos pelo citocromo P450 é uma importante área da farmacologia molecular e da toxicologia que vem sendo usada nas últimas décadas como ferramenta de biomonitoramento contra os danos causados por poluentes. O objetivo deste trabalho foi estudar o sistema P450 (fase I da biotransformação), Glutationa-S-Transferase (GST - fase 11 da biotranformação) e enzimas antioxidantes (SOO, CATe GPx) no fígado de Curimbatá, um peixe brasileiro, frente à ação de três xenobióticos (Trifluoperazine, Triton X-100 e Tween 80), viabilizando o uso do citocromo P450 como biomarcador de poluição ambienta!. A caracterização espectral do sistema mostrou que Curimbatás têm um componente extra no sistema microssomal que se caracteriza por apresentar um máximo de absorção em 418-420nm e na presença de xenobióticos têm suas concentrações diminuídas sugerindo que seja uma hemeproteína de características espectrais semelhantes ao do P450. A purificação do citocromo P450 através de uma coluna de hidrofobicidade acoplada em HPLC se mostrou eficaz, mas não foi possível identificar as isoformas presentes no sistema. O método enzimático detectou apenas a presença da CYP1A. Todos os xenobióticos levaram à diminuição do conteúdo dos citocromos b5 e P450 dependente do tempo de incubação e da concentração do xenobiótico. As enzimas NAOPH citocromo P450 redutase e EROO (CYP1A) foram ativadas pela TFP e marcadamente inibidas pelo Triton X-100 e Tween 80, sugerindo que os xenobióticos interagem com os componentes da membrana microssomal. A TFP foi o único xenobiótico a ser parcialmente metabolizado e, além das alterações da membrana, também leva à inibição seletiva de algumas isoformas do P450, pois foi possível detectar a ativação da EROO (CYP1A). A causa desta inibição seria a interação de metabólitos da TFP com o citocromo P450. O Triton X-100 também destrói o P450 por alquilação do grupamento heme, sugerindo um efeito inibitório do surfactante ainda que na forma de monômeros. A GST foi induzida pelos três xenobióticos indicando a capacidade de Curimbatá em detoxificar tais compostos. A análise das enzimas antioxidantes e dos níveis de peroxidação lipídica mostraram que seu uso como ferramenta de bíomarcação deve ser sempre associado à atividade de outras enzimas. Portanto, embora o P450 seja um biomarcador em potencial, deve ser analisado conjuntamente com outras enzimas, pois os xenobióticos interagem diferentemente com cada componente do sistema levando à indução de algumas proteínas concomitantemente à inibição de outras

Abstract: Cytochromes P450 constitute a superfamily of hemeproteins that play a vital role in the metabolism of a wide variety of compounds such as steroids, fatty acids, drugs and environmental pollutants. Xenobiotic metabolism and role of cytochrome P450 are important areas of molecular pharmacology and toxicology, and of great interest mainly in the studies on prevention of the damage caused by chemical pollutants. In this work we investigated the interaction of Trifluoperazine, Triton X-100 and Tween 80 with cytochrome P450, phase I and 11 enzymes and antioxidants defenses in Curimbatá, a brazilian teleost fish. Spectral characterization indicated a possible presence of a hemeprotein, with similar characteristics of cytochrome P450, in liver of Curimbatá; a peak at 418-420nm ("P420") decreased in the presence of xenobiotics. Purification of cytochrome P450 had been succeded by HPLC on hydrophobic column (Il-Boundapak - C18). Only one isoform of P450 - CYP1A - could be detected in Curimbatá hepatic microsomes. EROD and NADPH cytochrome P450 redutase were strongly inhibited by Triton X-100 and Tween 80 in a time- and concentration-dependent way. Triton X-100 and Tween 80 inactivated the system by interacting with the membrane. In the case of Triton X-100, that cause the alkylation in the hememoiety, P450 inactivation occurred even in monomers. However these enzymes were activated by Trifluoperazine (TFP) suggesting that only TFP was being metabolized by P450 system and that its metabolites could interact with P450 and inativeted it. Glutathione-S-Transferase, a phase 11 enzyme, was activated by the xenobiotics, suggesting that Curimbatá could metabolize these compounds. Analyses of antioxidant enzymes activities, lipoperoxidation levels and P450 contents showed a non-significative correlation between antioxidant effects and P450 system. Our results suggested that P450 is a potential biomarker of xenobiotic exposure, but its use need to be associated with other enzymes because xenobiotics can distinctly interact with each component of the system leading to the activation of some enzymes and inhibition of others
Subject: Biotransformação (Metabolismo)
Xenobiotica - Toxicologia
Marcadores biológicos
Peixe
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Maria Eleonora Feracin da. Implicações toxicologicas e bioquimicas de xenobioticos em Curimbata (Prochilodus scrofa, Steindachnner, 1881) um peixe tropical brasileiro. 2002. 148p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/314593>. Acesso em: 1 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_MariaEleonoraFeracinda_M.pdf11.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.