Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314575
Type: TESE
Title: Efeito da polpa de laranja sobre parametros fisiologicos, morfologicos e a absorção intestinal de glicose e metionina em ratos normais jovens e adultos
Author: Cardoso, Silvana Maria Guida
Advisor: Areas, Miguel Arcanjo, 1952-
Abstract: Resumo: As fibras alimentares exercem efeitos fisiológicos importantes na prevenção e tratamento de diversas doenças. Isso implica na necessidade de se ampliar os conhecimentos sobre os alimentos fibrosos existentes como também caracterizar outras opções como fonte de fibras: A fonte de fibra escolhida para este estudo foi a polpa de laranja, subproduto da rodução de suco, em função de resultados obtidos anteriormente em nosso laboratório. Este trabalho teve como objetivo a avaliação das características fisico químicas da polpa de laranja utilizada, bem como os efeitos da sua ingestão sobre o teste de tolerância à glicose, taxa de absorção intestinal "in vivo" de glicose e metionina e parâmetros fisiológicos e morfológicos em ratos Wistar normais jovens e adultos. A polpa de laranja apresentou a seguinte composição e características: 71,1% de . ,fibra alimentar total (55% fibra solÚvel e 45% fibra insolÚvel); 10,7% de proteína; 1,2% de gordura; 9,9% de carboidrato; granulometria com 69,83%, 29,82% e 0,34% de partículas médias (200 a 500 µm), pequenas (menor que 200 µm) e grandes (maior que 800 µm) respectivamente; densidade aparente de 0,79 g/rnL.; capacidade de hidratação de 8,03 g de água/g de amostra seca. Para a realização do ensaio biológico foram utilizados ratos Wistar formando grupos controle jovens (.1-5) e adultos (A-S), que consumiram dieta contendo 5% de microcelulose e grupos tratados jovens (.1-20) e adultos (A-20), que consumiram dieta contendo 20% de polpa de laranja. Os grupos J-S e J-20 permaneceram 6 semanas em gaiolas metabólicas, enquanto os grupos A-S'e A-20 permaneceram 4 semanas. Todos os grupos de animais receberam dieta e água ad libitum. Verificou-se que não houve variação significativa na ingestão alimentar e hídrica entre os grupos jovens e adultos. O ganho de peso corpóreo entre os grupos adultos não apresentou diferenças significativas; porém, o grupo J-20 apresentou resultado significativamente inferior. Provavelmente, tal resultado foi devido à menor utilização dos nutrientes da dieta na presença da polpa, à idade dos animais e aos diferentes tempos de tratamento com a fibra. Durante o teste de tolerância à glicose (G.T.T.) observou-se redução da glicemia aos 30 e 60 mino após a sobrecarga oral de glicose + a polpa de laranja em IV todos os grupos de animais, devido, provavelmente à dimmuição na taxa de esvaziamento gástrico em função da alta capacidade de hidratação proporcionada pela ftação solúvel dessa fonte de fibras. Com relação aos resultados obtidos através da perfusão intestmal, verificou-se que os grupos adultos (A-5 e A-20) e jovens (J-5 e J-20) não apresentaram diferenças nas taxas de absorção de glicose e metionrna quando perfundidas em soluções sem a polpa de laranja; porém, quando a polpa de laranja foi acrescida às soluções anteriores os grupos Jovens (J-5. e J-20) apresentaram significativa redução da taxa de absorção mtestinal. Assim como observado durante a realização do G.T.T., nossos resultados podem ser creditados à elevada capacidade de hidratação da polpa de laranja que, provavelmente, aumentando a viscosidade do lúmem mtestmal, reduziu as taxas de , absorção mtestmal das substâncias estudadas. Por outro lado a polpa de laranja não lesou a mucosa absortiva mtestmal dos grupoS' estudados, apesar do aumento do peso e comprimento dos mtestmos delgado e grosso dos grupos J-20 e A-20. Portanto, conclui-se que a polpa de laranja em estudo reduziu a biodisponibilidade de nutrientes, podendo ser recomendada como recurso alimentar preventivo ou terapêutico, em determmadas patologias que admitam esse procedimento como, por exemplo, o diabetes e a aterosclerose

Abstract: The dietary fibers shows important effect in the prevention and treatment of several diseases. That implies in the need of to knowledge on the existent fibrous as well as to characterize other options as source of fibers. The source of fiber for this study went to orange pulp, in function of results obtained previously in our laboratory. This work had as objective the evaluation of the characteristics phisico-chemical of the orange pulp, as well as the effects of its ingestion on the tolerance test, absorption intestinal rate "in vivo" of glucose and methionine and physiological and morphological parameters in young nOTroal Wistat and adults rats. The orange pulp presented the following composition and characteristics: 71,1 % oftotal dietary fiber (55% soluble fiber and 45% insoluble fiber); 10,7% ofprotein; 1,2% offat; 9,9% ofcarbohydrate; size particles with 69,83%,29,82% and 0,34% od medium particles (200 to 500 µm), small (smaller than 200 µm), and big (larger than 800 200 µm) respectively; apparent density of 0,79 g/mL; capacity of hydration of 8,03 g of water/g of dry sample. For the accomplishment of the biological assay were used Wistar rats forming young groups (J-5) and adults (A-5), that consumed diet contends 5% of microcelulose and ybung (J-20) and adults (A-20) treated groups, that consumed diet contends 20% of orange pulp. The groups J-5 and J-20 stayed 6 weeks in metabolic cages while the groups'A-5 and A-20 stayed 4 weeks. All the groups of animaIs received diet and water ad libitum. It was verified that there was not significant variation in the food and water ingestion among the youngs and adults groups. The body weight gain among the adult groups didn't present significant differences; even so, the group J-20 presented smaller ,result than controls. Probably, these result went due to reduce of the biovailability of the diet's nutrients in the presence of the orange pulp, to the animal's age and the different times oftreatment with the fiber. During the glucose tolerance test (GTT), reduction was observed ofthe glycemia to the 30 and 60 min after the oral overload of glucose + the orange pulp in all the groups due, probably, to the decrease in the rate of gastric emptying by the high capacity of hydration that source of fibers. In relation to intestinal absorption, it was veried that the adult groups (A-5 and A20) and young (1-5 and 1-20) didn't present differences in the rates of glucose and methionine absorption without the orange pulp; even so, when the orange pulp was present the young groups (1-5 and 1-20) showed significant the rate reduction of intestinal absorption. As well as having observed during the accomplishment ofGTT, our results can be credited to the high capacity ofhydration ofthe orange pulp, that, probably, increase the viscosity of the intestinal lumen; it reduced the rates of intestinal absorption of the studied substances. On the other hand the orange pulp didn_t alter absorptive intestinal mucous ofthe studied groups, in spite of the weight increase, length and thick of the small intestine of the 1-20 and A-20 groups. Therefore, the orange pulp reduced the biovailability of diet's nutients, coul be recommended as preventive or therapeutic dietary component in certain diseases as, for example, the diabetes and atherosclerosis
Subject: Absorção intestinal
Glicose
Metionina
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cardoso_SilvanaMariaGuida_M.pdf5.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.