Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/314428
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo da variabilidade da frequencia cardiaca durante o exercicio fisico dinamico em voluntarios sadios
Author: Marães, Vera Regina Fernandes da Silva
Advisor: Gallo Junior, Lourenço, 1942-
Junior, Lourenço Gallo
Abstract: Resumo: O presente estudo tem como objetivo estudar a resposta da freqüência cardíaca durante o repouso, a manobra de Valsalva e determinar os padrões da variabilidade da freqüência cardíaca (VFC), nos domínios do tempo e da freqüência, durante a execução de exercício físico dinâmico de intensidades progressivas crescentes e alternadas, em voluntários sadios.Foram estudados 21 (vinte e um) voluntários considerados normais, do sexo masculino, com padrão ativo de vida; destes, dez eram pessoas jovens (J),com idades compreendidas entre 20 e 24 anos (mediana = 22,5) e onze outros eram pessoas de meia-idade (MI), com idades compreendidas entre 40 e 46 anos (mediana = 43). Os voluntários foram submetidos a: a) condição controle de repouso, nas posições supina e sentada; b) manobra de Valsalva (MV); c) Protocolo I: Teste de esforço físico dinâmico descontínuo (TEFDD) com potências progressivas: potência inicial de 25 Watts 0N) e incrementos de 10 em 10 W; d) Protocolo 11:TEFDO com potências alternadas; e) Protocolo 111:TEFDD com potência progressivas com medidas metabólicas: repetiu-se o protocolo I, utilizando-se a análise das variáveis ventilatórias; f) Protocolo IV: teste de esforço físico dinâmico contínuo em rampa, com medidas metabólicas: incrementos contínuos de 10 W a cada minuto, até a exaustão física. Antes de cada protocolo experimental os voluntários permaneceram por 15 minutos na condição de repouso supina e sentada. Os protocolos de TEFDD foram realizados em bicicleta de frenagem eletromagnética na posição sentada, e durante todos os protocolos experimentais a FC foi registrada e armazenada, batimento a batimento, em tempo real. A análise no domínio do tempo constou de: ajustes dos modelos autorregressivos-integrados-médias móveis (AR 1MA) para verificar o LA através da variabilidade da FC (protocolos I, 11, 111), cálculos dos índices de variabilidade (RMSM e RMSSD) dos intervalos RR (IRR) obtidos durante o repouso e durante potências dos TEFDD (protocolo I), cálculos dos deltas e índices de Valsalva. Por outro lado, para a análise no domínio da freqüência utilizou-se a transformada rápida de Fourier (TRF). Os resultados na condição de repouso mostram que os valores absolutos da FC são maiores na postura sentada comparativamente à postura supina para ambos os grupos (P<0,05); existe uma maior VFC no grupo J (P<0,05); e que as áreas de AF são maiores nos voluntários J comparativamente aos voluntários de MI. Os resultados dos TEFD, mostram que as potências de esforço físico expressas em mediana nas quais ocorreu o LA foram similares para o grupo J, onde o LA ocorreu em 75 e 85 W e para o grupo de MI em 60 e 75 W nos protocolos 1e 11(P>0,05), respectivamente; os índices espectrais não mostram diferenças estatisticamente significantes nas potências de esforço físico e entre os grupos estudados (P>0,05). Os resultados obtidos a partir da FC durante a MV sugerem que o índice de Valsava expressa melhor as diferenças de respostas entre os grupos estudados do que deltas (incrementos), uma vez que os valores (medianas) dos índices de Valsalva calculados com os dados de FC (J = 2,01 e MI = 1,75) e com os IRR (J= 2 e MI = 1,70) foram estatisticamente diferentes (P< 0,05). Os nossos resultados suportam a idéia de que os voluntários de MI possuem: 1) menor VFC (repouso, TEFDD) e menor resposta reflexa à MV, o que reflete uma diminuição da atividade parassimpática atuante sobre o nódulo sinoatrial e 2) menor nível do LA, expresso em potência, comparativamente aos voluntários J, refletindo uma menor capaci- dade aeróbia em tais voluntários. O método ARIMA mostrou um melhor ajuste ao conjunto de dados em relação a regressão linear (método dos mínimos quadrados) e a transformada rápida de Fourier, no que diz respeito à mudança do padrão de VFC, que expressa o limiar de anaerobiose
Subject: Sistema cardiovascular
Exercícios físicos
Sistema nervoso autônomo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Maraes_VeraReginaFernandesdaSilva_M.pdf9.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.